VOCÊ SABE COMO SERÁ A PARTICIPAÇÃO SOVIÉTICA NA COPA DA RÚSSIA?

Rússia será a seleção da casa na Copa do Mundo de 2018
Foto: Federação Russa / Divulgação

Narrador da Gaúcha fala sobre o Mundial de 2018

Por: Gustavo Manhago

Há um ano e um mês da próxima Copa, temos 2 países classificados: a Rússia, anfitriã do Mundial, e o Brasil, o primeiro time que garantiu vaga através das Eliminatórias. E olha que elas só acabam no fim de 2017.

E os soviéticos na Copa? Saiba que a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) existiu entre 1922 e 1991. Foram 69 anos marcados por Stalin, Lenin, Brejnev, Gorbatchov, entre outros. Neste período, a União Soviética disputou 7 Copas (58, 62, 66, 70, 82, 86 e 90) e o máximo que conseguiu foi chegar a Semifinal na Copa da Inglaterra em 66. Foram 31 jogos com 15 vitórias, 6 empates e 10 derrotas. Contra o Brasil, duas derrotas: 0x2 em 58 na Súecia e 1x2 em 82 na Espanha.

Quando acabou, no início da década de 90, a URSS se desmembrou em 15 novas repúblicas independentes: 11 delas na Europa e 4 na Ásia. Só das chegaram aos Mundias disputados após 1990. A Rússia disputou as Copas de 94, 2002 e 2014. Nunca passou da primeira fase. Quando encarou o Brasil, levou 2x0 nos Estados Unidos em 1994. Os russos tem duas vitórias, 2 empates e 5 derrotas em 9 jogos de Copa. 

Outros ex-soviéticos a disputarem uma Copa foram os ucranianos em 2006, na Alemanha. E conseguiram chegar as Quartas de Final com duas vitórias, um empate e duas derrotas em 5 jogos. A Ucrânia caiu diante da Itália e celebraram um honroso 8.º lugar na sua primeira e única participação na Copa do Mundo. 

E PARA 2018, QUEM VAI, QUEM PODE IR E QUEM TÁ FORA DOS SOVIÉTICOS?

Na Europa, já foram jogadas 5 partidas. Faltam outras 5 para todos os times.

Na Ásia, restam 3 rodadas.

ARMÊNIA (Europa - Capital: Erevã - População: 3 milhões).

Tem 6 pontos (duas vitórias e 3 derrotas). A Armênia tem chance de ir para Repescagem. A Polônia deve ser campeã da chave. Os armenios brigam com Montenegro, Dinamarca e Romênia.

AZERBAIJÃO (Europa - Capital: Baku - População: 9.5 milhões).

Tem 7 pontos (duas vitórias, 1 empate e duas derrotas). Situação semelhante com a da Armênia. Só repescagem para o Azerbaijão pois a Alemanha vai ficar em primeiro. Como adversários dos azeri estão Irlanda do Norte e República Tcheca.

BIELORRÚSSIA (Europa - Capital: Minsk - População: 10 milhões).

Tem apenas 2 pontos (2 empates e 3 derrotas). Só um milagre para chegar a repescagem, pelo menos. França deve vencer o grupo enquanto Suécia, Bulgária e Holanda brigarão pela segunda colocação. Tchau bielorrussos!

CAZAQUISTÃO (Europa - Capital: Astana - População: 15 milhões).

Está no mesmo grupo da Armênia e em situação bem pior. Tem apenas 2 pontos (2 empates e 3 derrotas. Fora da Copa, os Cazaques só pensam em 2022.

ESTÔNIA (Europa - Capital: Tallinn - População: 1.3 milhão).

Com apenas 4 pontos (uma vitória, 1 empate e 3 derrotas), os estonianos dependem de um milagre num grupo que tem belgas, gregos e bósnios bem a frente, brigando pelas duas vagas - uma na Copa e outra na repescagem. Até 2022!

GEÓRGIA (Europa - Capital: Tbilisi - População: 3.8 milhões).

Só com 2 pontinhos (2 empates e 3 derrotas), nem milagre salva os georgianos. Foco é 2022. No mesmo grupo, Sérvia, Irlanda, País de Gales e Áustria brigam pelas vagas.

LETÔNIA (Europa - Capital: Riga - População: 2 milhões).

Fora da Copa. Conquistou apenas 3 pontos (uma vitória e 4 derrotas). Suíça e Portugal, no mesmo grupo, ficarão com as vagas.

LITUÂNIA (Europa - Capital: Vilnius - População: 3 milhões).

Ainda sonha com a repescagem num grupo que terá a Inglaterra como campeã. Eslováquia, Eslovênia e Escócia são adversários. Os lituanos tem 5 pontos (uma vitória, 2 empates e duas derrotas.

MOLDÁVIA (Europa - Capital: Quichinau - População: 3.6 milhões).

Copa já era. Tem um ponto (1 empate e 4 derrotas). Os moldávios não serão mais "soviéticos" na Rússia em 2018.

QUIRGUISTÃO (Ásia - Capital: Bisqueque - População: 5 milhões).

Já foi eliminado nas Eliminatórias Asiáticas. Caiu na 2.ª Fase, num grupo em que a Austrália foi adiante. Fez 8 jogos com 4 vitórias, 2 empates e duas derrotas.

RÚSSIA (Europa - Capital: Moscou - População: 142 milhões).

Anfitriã. Sem stress com Eliminatórias. Sede da Copa 2018.

TADJIQUISTÃO (Ásia - Capital: Duchambe - População: 7.3 milhões).

Já foi eliminado nas Eliminatórias Asiáticas. Caiu na 2.ª Fase, num grupo em que a Austrália foi adiante. Fez 8 jogos com uma vitória, 2 empates e 5 derrotas.

TURCOMENISTÃO (Ásia - Capital: Asgabate - População: 5 milhões).

Os turquemenos caíram na Segunda Fase das Eliminatórias Asiáticas. Em 8 jogos, obtiveram 4 vitórias, 1 empate e 3 derrotas. No grupo, o Irã foi adiante.

UCRÂNIA (Europa - Capital: Kiev - População: 44 milhões).

A Copa ainda é possível. Pelo menos a repescagem já que a Croácia deve ser a campeã do grupo. Com 8 pontos (duas vitórias, 2 empates e uma derrota), os ucranianos brigam com islandeses e turcos pela segunda vaga.

UZBEQUISTÃO (Ásia - Capital: Tashkent - População: 27 milhões).

Único "soviético" na Ásia que ainda pode chegar a Copa. Os uzbeques brigam com a Coréia do Sul pela segunda vaga num grupo que deve ter o Irã como campeão. Faltam 3 rodadas e a diferença pró sul-coreanos é de apenas 1 ponto.

Resumo dos "Soviéticos" na próxima Copa

1 garantido: Rússia (país-sede).

9 eliminados: Bielorrússia, Cazaquistão, Estônia, Geórgia, Letônia, Moldávia, Quirguistão, Tadjiquistão e Turcomenistão (6 na Europa e 3 na Ásia). 

3 com chance: Armênia, Ucrânia e Uzbequistão (2 na Europa e 1 na Ásia).

2 com chance remota: Lituânia e Azerbaijão (2 na Europa).

Façam suas apostas: em junho, novos fatos serão definidos e mais ou menos "soviéticos" poderão sonhar ou dar Adeus a Copa da Rússia.

Fonte: ZH Esportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...