COM MENA E FELIPE GUTIÉRREZ, CHILE CHAMA 17 NOMES PARA A COPA DAS CONFEDERAÇÕES



21/05/2017

Outros velhos conhecidos são o volante Charles Aránguiz, ex-Inter, e o atacante Eduardo Vargas, ex-Grêmio. Pizzi, no entanto, deixou de fora o meia Jorge Valdivia, ex-Palmeiras

O técnico Juan Antonio Pizzi anunciou nesta sexta-feira 17 nomes que representarão a seleção chilena na Copa das Confederações. O treinador argentino optou por revelar primeiro os nomes dos atletas que atuam fora do país e deve completar a lista nos próximos dias com seis jogadores que defendem clubes do Chile.

Entre os chamados, destaque para dois jogadores que atuam no Brasil. Pizzi convocou o lateral-esquerdo Eugenio Mena, ex-Santos, Cruzeiro e São Paulo e atualmente no Sport, e o volante Felipe Gutiérrez, do Internacional. Por conta da Copa das Confederações, os clubes ficarão sem seus jogadores por um longo período no meio do ano.

Outros velhos conhecidos da torcida brasileira são o volante Charles Aránguiz, ex-Inter, e o atacante Eduardo Vargas, ex-Grêmio. Pizzi, no entanto, deixou de fora o meia Jorge Valdivia, ex-Palmeiras e atualmente no Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos.

Sem nenhuma grande surpresa, o atual bicampeão da Copa América terá na Copa das Confederações suas principais estrelas, já que o goleiro Claudio Bravo, do Manchester City, o meia Arturo Vidal, do Bayern de Munique, e o atacante Alexis Sánchez, do Arsenal, estão convocados.

A Copa das Confederações será disputada na Rússia entre os dias 17 de junho e 2 de julho. O Chile está no Grupo B da competição, ao lado de Austrália, Alemanha e Camarões, seu adversário na estreia, dia 18 de junho, em Moscou.

Confira os 17 jogadores convocados para a seleção chilena:

Goleiro: Claudio Bravo (Manchester City)

Defensores: Mauricio Isla (Cagliari), Enzo Roco (Cruz Azul), Eugenio Mena (Sport Recife), Paulo Díaz (San Lorenzo).

Meio-campistas: Gary Medel (Inter de Milão), Francisco Silva (Cruz Azul), Charles Aránguiz (Bayer Leverkusen), Felipe Gutiérrez (Internacional), Arturo Vidal (Bayern de Munique), Pedro Pablo Hernández (Celta de Vigo), Martín Rodríguez (Cruz Azul), Marcelo Díaz (Celta de Vigo).

Atacantes: Alexis Sánchez (Arsenal), Eduardo Vargas (Tigres-MEX), Nicolás Castillo (Pumas-MEX), Edson Puch (Necaxa-MEX).

Fonte: Folha Vitória, com informações do Estadão Conteúdo

Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

SELEÇÃO BRASILEIRA: TITE COMENTA NOVIDADES DA CONVOCAÇÃO

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

21/05/2017

Na convocação para os próximos amistosos da Seleção Brasileira, marcados para junho, o técnico Tite listou algumas novidades em relação às últimas listas. Entre elas, nomes como Diego Alves, David Luiz, Jemerson, Alex Sandro, Rafinha e Rodriguinho.

Logo após o anúncio da manhã desta sexta-feira (19), o treinador concedeu entrevista coletiva na sede da CBF, no Rio de Janeiro, e comentou sobre a escolha dos “novatos”.

– O Rafinha tem 135 jogos, campeão alemão. Jemerson foi campeão francês e semifinalista da Champions, e acompanhamos in loco seu desempenho. Tem todas as credenciais neste aspecto. O Rodriguinho foi um dos destaques do Campeonato Paulista, ele concorria com o Diego. Eu procuro colocar e deixo claro que os atletas precisam concorrer com lealdade. Que os atletas produzam mais e elevem o nível técnico. Poderia ser o Diego, mas neste momento é Rodriguinho.

Tite também falou do retorno de David Luiz e sobre o papel que o jogador pode exercer dentro da Canarinho.

– Eu coloco que o David Luiz é versátil. Deve ter mais de 20 jogos como meio campista. Ele tem essa versatilidade na primeira função ou mais atrasado. Foi campeão inglês, em alto nível, merece estar nesta convocação – comentou.

Questionado sobre a formação da base da Seleção Brasileira para a disputa da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o treinador foi enfático ao falar sobre a consolidação da equipe.

– Há uma construção e consolidação de equipe, mas essa construção é no momento dos atletas. Ter uma certa coerência na utilização dos atletas. Serve para o Diego Souza, que entrou bem no jogo contra o Uruguai, apesar de pouco tempo, participou de duas jogadas. Então, que se dê oportunidade a ele e não seja "bota e tira". Dudu e Taison concorrem? Concorrem. O momento foi de Taison porque fez dez gols, deu assistências na Europa League. Estão concorrendo. Todos esses detalhes são levados em consideração para essa construção de equipe. Serão nove jogos até lá – finalizou.

Clique aqui e confira a lista completa dos convocados! O Brasil enfrenta a Argentina no dia 9 de junho, no Melbourne Ground Park, às 20h (7h de Brasília). No dia 13, o confronto será diante da Austrália, nos mesmos local e horário.

Fonte: CBF

Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

SELEÇÃO BRASILEIRA: TAISON CELEBRA NOVA CONVOCAÇÃO DE TITE: "CONCORRÊNCIA É BOA"

Taison durante entrevista pela Seleção em Quito, em setembro de 2016 
Foto: Pedro Martins / MoWA Press

20/05/2017

Atacante do Shakhtar Donetsk foi chamado pelo técnico para os amistosos da Seleção contra Argentina e Austrália em junho

Por GloboEsporte.com, Porto Alegre

Convocado mais uma vez pelo técnico Tite na manhã desta sexta-feira, Taison comemorou a nova chance de defender a Seleção Brasileira. O atacante do Shakhtar Donetsk foi chamado para integrar o grupo de 24 jogadores que disputarão os amistosos contra Argentina e Austrália nos dias 9 e 13 de junho, respectivamente, na cidade australiana de Melbourne.

– É importante receber mais uma oportunidade. A Seleção tem grandes jogadores disputando uma vaga e a concorrência é boa. Vou seguir trabalhando para sempre estar na lista – afirma Taison, via assessoria de imprensa.

Em grande fase no Shakhtar, clube pelo qual acabou de ser campeão ucraniano pelo terceiro ano seguido e da Copa do Ucrânia pela segundo, o atacante disse em entrevista recente ao GloboEsporte.com que sonha em disputar a Copa 2018. O atacante de 27 anos tem contrato até o final do ano e estuda propostas de outros times europeus.

A estreia de Taison na Seleção foi em agosto do ano passado, quando figurou na primeira lista de Tite como técnico do Brasil. O país estava em sexto lugar nas Eliminatórias para a Copa da Rússia e iniciaria naquele momento a trajetória de oito vitórias consecutivas que garantiriam de forma antecipada a vaga brasileira no Mundial.

O ex-atacante do Inter, porém, teve poucas chances. Ficou no banco contra Equador e entrou apenas aos 40 minutos do segundo tempo na partida seguinte, contra a Colômbia, no lugar de Gabriel Jesus.
No fim de setembro, com o corte de Douglas Costa, lesionado, Taison foi chamado de novo. Figurou mais uma vez no banco de reservas contra a Bolívia. Diante da Venezuela, substituiu Willian aos 44 minutos da etapa final.

Cursos Online na área de Ciências Exatas e Tecnologia

COM ASTROS DE FÉRIAS, SELEÇÃO TERÁ DAVID LUIZ E MUITOS TESTES EM AMISTOSOS

EFE/Sílvio Ávila

20/05/2017

O técnico Tite convocou nesta sexta-feira a seleção brasileira, para os amistosos contra Argentina e Austrália, que acontecerão no início de junho, em lista que tem o retorno do zagueiro David Luiz, do Chelsea, e a presença do meia Rodriguinho, do Corinthians, como principais novidades.

Já classificada para a Copa do Mundo de 2018, a seleção jogará contra a 'Albiceleste' no dia 9. Quatro dias depois, será a vez de encarar os 'Socceroos'. Os dois compromissos acontecerão Melbourne Cricket Ground, na Austrália.

Para montar o elenco que jogará as duas partidas, Tite deu oportunidade para diversos jogadores que não fizeram parte da maioria das convocações anteriores, especialmente, para as Eliminatórias para o Mundial.

"Eu disse que daria oportunidades não só de convocação mas também de colocar os jogadores em jogo. Uma avaliação é de treinos, outra é de jogos. É uma oportunidade de colocar os atletas para terem enfrentamos de alto nível", afirmou o comandante.

O preparador físico da seleção, Fábio Mahseredjian, explicou que Neymar, do Barcelona, e Daniel Alves, da Juventus, por exemplo, embora sejam titulares absolutos de Tite, serão poupados. Os dois não tiveram férias integrais desde 2013, devido as disputas de Copa das Confederações, Copa do Mundo e as duas últimas Copa América.

"Ele precisa ter uma pausa para estar bem em 2018", disse Mahseredjian, especificamente sobre a situação do camisa 10 dos pentacampeões mundiais.

Além disso, foram descartados jogadores que estão voltando de lesão ou longe dos 100% de condição física. A comissão técnica, em entrevista coletiva, chegou a citar os nomes do atacante Roberto Firmino, do Liverpool, e do meia Diego, do Flamengo.

Os integrantes dos elencos de Real Madrid e Juventus, que farão a final da Liga dos Campeões da Europa, no dia 3 de junho, em Cardiff, no País de Gales, quase na totalidade, ficaram fora da lista de hoje, entre eles, o lateral-esquerdo Marcelo e o volante Casemiro, do time 'blanco'.

O 'bianconero' Alex Sandro, que não atua pela seleção principal desde 2011, no entanto, foi chamado. O jogador foi medalhista de prata dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, com a equipe sub-23 do Brasil.

David Luiz, um dos destaques do Chelsea na conquista do título inglês, nesta temporada, e estava fora de convocações desde o fim de 2015. Esta é a primeira vez que Tite convoca o defensor, que foi titular na Copa do Mundo de 2014.

Rodriguinho, ex-comandado do treinador no Corinthians, poderá fazer estreia em seleção sem restrição. O jogador, de 29 anos, foi revelado pelo ABC, e também defendeu Bragantino, América Mineiro, Grêmio e Al-Sharjah. Em janeiro, o meia atuou no amistoso beneficente contra a Colômbia, ficando em campo 45 minutos.

Fonte: Agência EFE

Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais

NEYMAR TEM FOLGA DA SELEÇÃO JÁ COMO PLANEJAMENTO PARA A COPA DE 2018



20/05/2017     

Uma série de competições nos últimos anos foi a explicação da comissão técnica do Brasil para deixar Neymar de fora dos amistosos contra Argentina e Austrália, em junho.

O atacante do Barcelona até se colocou à disposição, segundo Tite, mas o período de férias no futebol europeu já terá começado, e ele precisa descansar.

"Sobre a ausência do Neymar, nós nos reunimos - eu, Edu (diretor de seleções), Rogério Caboclo (chefe executivo da CBF) e Marco Polo del Nero (presidente) -,e ele nos colocou da seguinte forma: 'O que é melhor para a seleção brasileira, façam'", disse o treinador.

"Neymar me falou que o Luis Enrique disse que daria tempo para ele descansar, mas Messi machucou, e ele acabou fazendo dez jogos seguidos pelo Barcelona. Tem que se preocupar para não expor o atleta e tentar vencer a qualquer custo", continuou.

O preparador físico da seleção, Fábio Mahseredjian, listou a série de competições disputada por Neymar para explicar sua folga.

"Neymar há anos não tem folga. Teve Copa das Confederações, Copa do Mundo, Olimpíadas... Ele precisa ter uma pausa para estar bem em 2018", lembrou o profissional.

O Brasil já está classificado para a Copa do Mundo da Rússia em 2018.

Fonte: ESPN

Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

SELEÇÃO BRASILEIRA: TITE CONVOCA 24 JOGADORES PARA AMISTOSOS EM JUNHO

Créditos: TN

20/05/2017

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, convocou 24 jogadores para os amistosos contra Argentina e Austrália no próximo mês, nos dias 9 e 13. As partidas serão disputadas em Melbourne, no Melbourne Cricket Ground. Confira a lista que o treinador divulgou na manhã desta sexta-feira (19), na sede da CBF. 

Goleiros:

Diego Alves - Valência

Weverton - Atlético Paranaense

Ederson - Benfica



Zagueiros:

David Luiz - Chelsea

Gil - Shandong Luneng

Jemerson - Monaco

Rodrigo Caio - São Paulo

Thiago Silva - PSG



Laterais:

Alex Sandro - Juventus

Fagner - Corinthians

Filipe Luis - Atlético de Madrid

Rafinha - Bayern de Munique 



Meio campistas:

Fernandinho - Manchester City

Giuliano - Zenit

Lucas Lima - Santos

Paulinho - Guangzhou Evergrande

Philippe Coutinho - Liverpool

Renato Augusto - Beijing Gouan

Rodriguinho - Corinthians

Willian - Chelsea



Atacantes:

Diego Souza - Sport

Douglas Costa -  Bayern de Munique

Gabriel Jesus - Manchester City

Taison - Shakhtar Donetsk

 Fonte: CBF

Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais

COM ASENSIO DE SURPRESA, ESPANHA DIVULGA CONVOCAÇÃO PARA JOGOS CONTRA COLÔMBIA E MACEDÔNIA

Com Asensio de surpresa, Espanha divulga convocação para jogos contra Colômbia e Macedônia


20/05/2017

Em grande fase, jovem meia do Real Madrid foi um dos 25 convocados por Julen Lopetegui

Nesta sexta-feira (19), Julen Lopetegui, técnico da Seleção Espanhola, anunciou a lista de 25 convocados para os duelos diante da Colômbia, em amistoso, e Macedônia, esse válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia 2018. A maior "surpresa" foi a convocação, justa, do jovem Marco Asensio, um dos destaques do Real Madrid na temporada. Além dele, o jovem goleiro Kepa Arrizabalaga, do Athletic Bilbao, também ganha uma chance, "substituindo" Sergio Rico.

Como de costume, a convocação de Lopetegui teve a predominância da dupla Barcelona e Real Madrid, tendo em vista que 11 jogadores, cinco dos catalães e seis dos merengues, estão nos 25 escolhidos. A terceira equipe que mais teve convocados foi o Chelsea, que "levou" três jogadores: Azpilicueta, Pedro e Diego Costa.

Além de Rico, citado no início do texto, outro que perdeu a vaga na seleção foi o meia Ander Herrera, do Manchester United, que acarretou, provavelmente, na convocação de Asensio. De resto, os outros convocados são os mesmos da última chamada de Julen Lopetegui.

Confira os 25 convocados por Lopetegui

Goleiros: David De Gea (Manchester United), Pepe Reina (Napoli) e Kepa Arrizabalaga (Athletic Bilbao). 

Defensores: Dani Carvajal (Real Madrid), Sergi Roberto (Barcelona), Gerard Pique (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid), Nacho Fernandez (Real Madrid), Cesar Azpilicueta (Chelsea), Nacho Monreal (Arsenal) e Jordi Alba (Barcelona). 

Meio-campistas: Sergio Busquets (Barcelona), Asier Illarramendi (Real Sociedad), Koke (Atlético de Madrid), Thiago Alcantara (Bayern de Munique), Andres Iniesta (Barcelona), Isco (Real Madrid), David Silva (Manchester City) e Marco Asensio (Real Madrid).

Atacantes: Pedro (Chelsea), Gerard Deulofeu (Milan), Vitolo (Sevilla), Diego Costa (Chelsea), Alvaro Morata (Real Madrid) e Iago Aspas (Celta).

Fonte: Vavel.com

Cursos Online na área de Ciências Exatas e Tecnologia

FIFA ANUNCIA QUE TECNOLOGIA DO HAWK-EYE SERÁ UTILIZADA NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Fifa utilizará a tecnologia como teste na Copa das Confederações (Divulgação)

20/05/2017

Estadão Conteúdo

A Fifa informou nesta sexta-feira que utilizará a tecnologia do Hawk-Eye (olho de falcão) para auxiliar a arbitragem durante a Copa das Confederações na Rússia, que será disputada entre 17 de junho e 2 de julho deste ano, como prévia à Copa do Mundo de 2018.

A tecnologia também será testada em outros dois importantes torneios organizados pela Fifa: o Mundial Sub-20 da Coreia do Sul, que ocorre entre este sábado e 11 de junho, e o Mundial de Clubes, que ocorrerá no Emirados Árabes, já no final do ano.

Utilizado no tênis e na Eurocopa de 2016, entre outras importantes competições, o Hawk-Eye foi escolhido após a Fifa testar ao menos 11 tecnologias no último ano. O próprio Mundial de Clubes de 2016 teve o auxílio do árbitro de vídeo, mas não conseguiu evitar alguns graves erros.

A Fifa espera que a tecnologia seja “ampliada” e utilizada em quatro situações claras de erro: gols, pênaltis, expulsões e identificação de jogadores. Mas, para ser aprovada e oficializada por seu painel para os próximos anos, ela ainda será atentamente analisada nessas três competições de 2017.

“A Fifa confia que a escolha do Hawk-Eye como tecnologia para as próximas competições cumprirá as exigências tecnológicas necessárias para uma inovação importante, com a esperança de que exista mais integridade e justiça no nosso jogo”, afirmou Zvonimir Boban, secretário-geral adjunto da Fifa.

Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

FIFA CONFIRMA QUE TRIPLICARÁ INDENIZAÇÃO A CLUBE QUE CEDER ATLETA À COPA



20/05/2017 

A Fifa confirmou às associações filiadas durante seu Congresso no Bahrein, na semana passada, que repassará US$ 209 milhões (R$ 655 milhões) aos clubes que cederem jogadores para as seleções que disputarem a Copa-2018, na Rússia. Havia dúvida se a quantia seria essa depois das crises financeira e política que assolou a entidade nos dois últimos anos.

O valor é quase o triplo do que foi pago na Copa-2014, no Brasil – US$ 70 milhões (R$ 219 milhões) divididos entre 396 agremiações. O aumento foi uma forma que a Fifa encontrou de agradar aos clubes, principalmente aos europeus, e evitar protestos ao inchaço do número de participantes do Mundial a partir de 2026, dos atuais 32 para 48.

Apesar de a Fifa garantir que não haverá aumento no número de datas para se jogar a Copa, mantendo-se 31 dias, o acréscimo de 16 seleções fará com que os clubes tenham que ceder mais atletas para participem do torneio (serão 368 inscritos a mais), perdendo período de férias e, claro, sempre correndo risco de se lesionarem.

O dinheiro é dividido por alguns critérios, os principais: o número de jogadores cedidos por cada clube (quem envia mais, ganha mais) e o tempo que eles ficam à disposição da seleção durante a Copa (clubes que têm jogadores avançando à final, por exemplo, também recebem mais).

A Fifa adotou a compensação financeira na Copa da África do Sul, em 2010, quando distribuiu US$ 40 milhões (R$ 125 milhões). Na época ocorreu o auge da reclamação de times europeus em ceder jogadores para seleções nas datas-Fifa (quando ocorrem amistosos ou partidas de eliminatórias da Copa), e também na fase final do Mundial.

Houve movimentação, inclusive, para boicote em ceder jogadores, o que contraria as regras da entidade, que exige a liberação nas datas especificadas no calendário. Além da questão física dos atletas, que se desgastam em partidas e viagens por suas seleções, havia também a questão financeira, já que os altos salários pagos continuavam a ser obrigação apenas dos clubes.

Na mesma época, a Fifa introduziu outro benefício, que é o de compensação financeira em caso de lesão do jogador em ação pela seleção nas datas-Fifa ou torneios oficiais, como a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. A entidade reserva para isso cerca de US$ 100 milhões (R$ 313 milhões) por ciclo, que para a Fifa são quatro anos, entre as Copas do Mundo.

Em 2014, os clubes ingleses foram os que mais receberam por cederem atletas, mais de US$ 10 milhões (R$ 31 milhões). O clube que mais ganhou, porém, foi alemão, o Bayern de Munique, com US$ 1,73 milhão, seguido por Real Madrid-ESP (US$ 1,29 milhão) e Chelsea-ING (US$ 1,25 milhão).

Foram 11 os clubes brasileiros ressarcidos, totalizando US$ 1,21 milhão (R$ 3,8 milhões):

Atlético-MG – US$ 300,5 mil (R$ 941,7 mil)

Botafogo – US$ 218,4 mil (R$ 684,4 mil)

Palmeiras – US$ 154 mil (R$ 482,5 mil)

Fluminense – US$ 128,8 mil (R$ 403,6 mil)

Santos – US$ 117,6 mil (R$ 368,5 mil)

Inter – US$ 89,6 mil (R$ 280,7 mil)

São Paulo – US$ 44,8 mil (R$ 140,3 mil)

Vasco – US$ 44,8 mil (R$ 140,3 mil)

Corinthians – US$ 42,9 mil (R$ 134,4 mil)

Flamengo – US$ 40,6 mil (R$ 127,2 mil)

Grêmio – US$ 29,8 mil (R$ 93,3 mil)

Fonte: Coluna do Flamengo, com informações do UOL

Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

HONOUR EXPERIENCES VENDE PACOTES PARA COPA DE 2018

O evento acontecerá na Rússia (foto divulgação/Honour Experiences)

20/05/2017

Por: Juliana Borges

Mesmo a mais de um ano do início dos jogos da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, fãs brasileiros de futebol já garantiram pacotes para as finais e semifinais do evento com a Honour Experiences. A agência de viagens oferece opções para todos os perfis de viajantes: os que viajam sozinhos, os que vão com os amigos e os que acompanharão o campeonato mundial com a família.

Os pacotes incluem  os serviços de hospitality (acessos aos jogos) e serviços terrestres (traslados de chegada e saída, hospedagem em Moscou e São Petersburgo, city tour panorâmico em ambas cidades, transporte entre as duas cidades em trem de alta velocidade, traslados in/out para os jogos e guia brasileiro) e custam a partir de € 4.730 por pessoa na categoria lazer. Até o dia 31 de maio, a Honour concede desconto de 5% e parcelamento em 12 vezes.

Mais informações pelo site: www.honour.com.br.

Cursos Online na área de Ciências Exatas e Tecnologia

A ÚLTIMA? FIFA PODE EXTINGUIR COPA DAS CONFEDERAÇÕES DEPOIS DA RÚSSIA

Ronaldinho ergue a Copa das Confederações em 2005 (Foto: Getty Images) (Foto: )

20/05/2017

Competição que serve como evento-teste para a Copa do Mundo deve sumir do calendário da Fifa, que estuda substituí-la pelo Mundial Sub-20

Por Martín Fernandez, São Paulo

A Copa das Confederações muito provavelmente vai acabar. A edição de 2017 do torneio, a ser disputada na Rússia, de 17 de junho a 2 de julho, deve ser a última. Segundo o GloboEsporte.com apurou em Manana, no Bahrein, durante o último congresso anual da Fifa, a entidade concluiu que não vale a pena insistir na competição.

A Copa das Confederações é sempre disputada no país que organizará a Copa do Mundo no ano seguinte e serve como evento-teste para o Mundial. Participam os campeões continentais, o campeão da Copa do Mundo anterior e o anfitrião da seguinte.

O que fazer no lugar da Copa das Confederações é a outra discussão – bem mais ampla e com muitas alternativas em debate. Uma ideia é que se dispute um evento-teste no país que receberá a Copa do Mundo um ano depois. O Mundial sub-20 é uma alternativa, como antece no futebol feminino. Um Mundial de Clubes é outra. Isso não vai ser definido tão rapidamente.

São vários os motivos que podem levar a Fifa a acabar com a Copa das Confederações da maneira como ela é organizada hoje.

Depois da Rússia-2018, a Copa do Mundo será disputada em 2022 no Catar e durante os meses de novembro e dezembro, numa tentativa de mitigar os efeitos do calor no Oriente Médio. Essa mudança no calendário – a Copa historicamente ocorre no meio do ano – já é motivo de uma guerra com os clubes europeus. Ninguém quer lidar com esse problema em 2021;

A partir de 2026, tudo indica que a Copa do Mundo passa a ser disputada por 48 seleções, e organizada em mais de um país. No caso específico de 2026, a única candidatura apresentada até agora é a conjunta de EUA, México e Canadá. Nesse contexto, faz pouco sentido um evento-teste nos moldes da atual Copa das Confederações;

A edição de 2017 é um fracasso comercial. A um mês do início do torneio, menos da metade dos ingressos foram vendidos. Só um jogo (entre Portugal e Rússia) conseguiu ter todos os bilhetes vendidos. Nenhuma emissora de TV russa chegou a um acordo com a Fifa para transmitir as partidas;
Do ponto de vista esportivo, a situação não é muito mais animadora. A Alemanha, atual campeã do mundo, deu férias para os principais jogadores e vai levar para a competição um time muito jovem. Neuer, Boateng, Hummels, Kroos, Khedira, Özil e Müller, por exemplo, não estarão na Rússia. Pior: Portugal pode ir sem Cristiano Ronaldo.

Após a publicação desta reportagem, a Fifa enviou uma nota ao GloboEsporte.com na qual diz que "vai analisar as melhores opções possíveis" para o futuro da competição.

– A Fifa está totalmente focada na próxima edição da Copa das Confederações, que promete ser uma competição fantástica. No que diz respeito às edições futuras, a Fifa vai analisar as melhores opções possíveis em consonância com as decisões já tomadas pelos respectivos órgãos da FIFA, incluindo a realização da Copa do Mundo da FIFA de 2022 em novembro/dezembro.

A Copa das Confederações nasceu como "Copa Rei Fahd" e suas primeiras quatro edições foram jogadas na Arábia Saudita. Em 1997, o torneio foi adotado pela Fifa e ganhou o atual nome. Em 2001, 2005, 2009, 2013 e 2017 serviu como teste para a Copa do Mundo que seria realizada um ano depois. O Brasil, campeão das últimas três edições, é o maior ganhador do torneio.


Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

POR COPA DE 2018, DESCHAMPS ACONSELHA MBAPPÉ A FICAR NO MONACO

Mbappé é disputado por gigantes europeus (Foto: Boris Horvat/AFP)

20/05/2017

O garoto Kylian Mbappé é a principal revelação do futebol europeu na atual temporada. Aos 18 anos, ele foi um dos principais destaques do Monaco, campeão francês e semifinalista da Liga dos Campeões, chegando à seleção francesa.

Na convocação divulgada pelo técnico Didier Deschamps nesta quinta-feira, o jovem esteve incluído. Na coletiva após revelar a lista, o comandante deu um conselho a Mbappé, que é cobiçado por diversos gigantes europeus.

“No próximo ano temos a Copa do Mundo, e creio que as decisões esportivas devem ser priorizadas nesta preparação. Para ele, creio que é arriscado sair do Monaco”, declarou o treinador.

O Real Madrid surge como principal candidato a levar a joia. A imprensa europeia noticia que o atual clube de Kylian está fazendo de tudo para mantê-lo, mas uma oferta vantajosa pode mudar a situação. Caso Mbappé feche com um time de maior expressão, é possível que ele perca tempo de jogo, indo para o banco de reservas.

“A pressão se torna muito grande quando se fala tanto de um mesmo jogador. Dou minha opinião, mas obviamente não sou o agente do jogador, não cuido de sua carreira”, finalizou Deschamps.

A França, atual vice-campeã da Euro, segue disputando as Eliminatórias para a Copa de 2018. Com 13 pontos, o país lidera o grupo A, garantindo até o momento a vaga no Mundial. A principal perseguidora é a Suécia, com dez. Apenas o primeiro colocado vai diretamente à Rússia, com o segundo disputando uma repescagem.


Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...