.

.

OITO MOTIVOS PARA IR A OITAVA COPA DO MUNDO DE FUTEBOL FEMININO

Crédito: Gregorio Fernandes/ Reproduçao CBF

03/11/2018

Faltam 217 dias para começar a oitava edição da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Aqui estão oito excelentes motivos para ir à França assistir ao maior torneio de seleções femininas do planeta.

A Copa do Mundo acontecerá entre os dias 7 de junho e 7 de julho, na França. Os estádios estão espalhados pelas cidades de Paris, Lyon, Nice, Montpellier, Valenciennes, Reims, Le Havre, Grenoble e Rennes. Mais de 1 milhão de ingressos serão colocados à venda para as 52 partidas das 24 seleções. Vamos aos motivos:

1. Paris

Charmosa, histórica, romântica e clássica. Paris definitivamente não é uma daquelas cidades que precisam de um motivo a parte para ser visitada. Berço da Revolução Francesa e da Belle Époque, a capital francesa apresenta um vasto e excelente cartão de visitas. Torre Eiffel, Champs-Élysées, Arco do Triunfo, Louvre, Montmartre, Sacré Coeur, Moulin Rouge, Notre Dame, Panthéon, Museu de Orsay, Palácio de Versalhes e Museu Rodin, são apenas algumas das experiências a serem vividas na cidade luz.

Agora imagina unir essa experiência a uma Copa do Mundo? Pois bem, o Parque dos Príncipes, em Paris, receberá cinco partidas da fase de grupos, uma das oitavas e uma das quartas de final da competição. A FIFA oferece cinco pacotes promocionais para estes jogos e os preços variam de 25 a 254 euros, podendo ter de três a sete partidas incluídas.

2. Eurotrip

Que tal aproveitar para estender a viagem e conhecer Londres, Bruxelas ou Amsterdã? A proximidade dos países europeus permite incluir até três cidades no roteiro em um curto espaço de tempo. O trem partindo de Paris em direção a Londres, por exemplo, leva um pouco mais de duas horas para chegar ao destino. Já da capital francesa para Amsterdã, gasta-se pouco mais de três horas. Para Lyon, sede da grande final da Copa, o trem leva cerca de duas horas.

Entre uma partida e outra, uma volta de roda gigante ou um passeio de bicicleta pela bela cidade holandesa podem ser uma boa pedida.

3. Ingressos em promoção

Os ingressos para a Copa do Mundo de Futebol Feminino na França em 2019 estão em promoção! A FIFA abriu a venda de pacotes promocionais no dia 19 de outubro. Nesta primeira fase os pacotes custam a partir de 25€ para três partidas, 41€ para cinco, 33€ para quatro 53€ pra seis e 67€ para sete. Ao todo, são dez pacotes diferentes oferecidos aos torcedores. Os ingressos para as semifinais e final em Lyon fazem parte de um pacote disponibilizado pela FIFA pelo menor preço (50€). A partir do dia 10 de dezembro, clientes VISA, parceira da FIFA na venda de ingressos, terão o direito de adquirir ingressos individuais para as 53 partidas da Copa.

A FIFA prevê ainda colocar mais ingressos em promoção no primeiro trimestre de 2019 de acordo com a disponibilidade.

Comprar ingressos aqui

PDF em inglês com descrição pacotes

4. Marta

Essa mulher é um fenômeno! Com 14ª nomeações e doze aparições entre as três melhores da FIFA, a alagoana foi eleita pela sexta vez como a melhor jogadora do planeta. A camisa 10 terá mais uma vez a missão de comandar a seleção brasileira no maior torneio de seleções do planeta.

Em entrevista ao site da FIFA logo após receber o prêmio The Best, Marta comentou sobre as expectativas em relação ao maior torneio de futebol do planeta “Primeiro, espero chegar motivada, me sentindo bem, mentalmente focada (…) quero ver algo especial na França!”.

Vale ressaltar que Marta completará 34 anos no dia 19 de fevereiro. Na próxima Copa, em 2023, ela terá 38. Mas se depender da motivação da craque, até lá ela ainda vai estar encantando nos gramados por ai “todos os dias quando vou treinar, eu quero ser a melhor. Quero ter o melhor chute, quero correr mais rápido, quero cabecear melhor, quero chegar primeiro em todas as bolas”, completou durante a entrevista ao site da FIFA.

6. As melhores atletas do mundo em um só lugar

Já falamos e sabemos todos os predicados da rainha Marta, mas ai vão algumas outras atletas pra ficar de olho:

Ada Hegerberg: Com apenas 23 anos, a jovem norueguesa foi um dos destaques do Lyon na campanha vitoriosa na Liga dos Campeões 2017/2018. Artilheira, quebrou o recorde de gols na UCL feminina marcando 15 gols em uma única edição. Além disso, marcou 31 gols em 20 jogos na Ligue 1. Ela já marcou mais de 250 gols na carreira.

Pernile Harder: Eleita a jogadora do ano de 2017/2018 pela UEFA, a dinamarquesa marcou oito gols na UCL, inclusive na final. Foi artilheira da Bundesliga com 17 gols ajudando o Wolfsburguer a levantar o título.

Dzsenifer Marozsan: Capitã da seleção alemã e camisa 10, a habilidosa Marozsan também fez parte da campanha vitoriosa do Lyon na Liga e na Liga dos Campeões.

Lindsey Horan: Ela fez uma temporada fantástica na Liga Nacional de Futebol Feminino (NWSL) pelo Portland Thorns FC. Eleita a melhor jogada da competição, a americana quer ajudar a manter a sua seleção no topo do mundo.

5. Reggae Girlz

O futebol é feito de grandes histórias e quando se trata de Copa do Mundo, elas aparecem antes mesmo do início da competição. A classificação da Jamaica vai muito além do futebol: As Reggea Girlz se classificaram pela primeira vez para uma Copa do Mundo e, além disso, a Jamaica é a primeira nação caribenha a participar da competição.

O técnico Jamaicano, Hue Menzies, declarou ao site da FIFA após a classificação histórica da sua seleção “Nós vamos mudar a cultura no nosso país. A maneira como eles percebem as mulheres mudou (…) E essas 20 garotas decidiram que elas fariam essa mudança (…) É muito mais que futebol”

A seleção do Panamá jogará a repescagem contra a Argentina e ainda tem chance de escrever mais um capítulo inédito na história da Copa do Mundo da França.

7. Brasil

Brasil, junto com Alemanha, Japão, Nigéria, Noruega, Estados Unidos e Suécia, são as únicas seleções que participaram de todas as edições de Copa do Mundo de futebol feminino. A melhor colocação da nossa seleção foi o vice campeonato em 2007, na China, quando perdeu para a Alemanha por 2×0.

É verdade que os últimos anos foram conturbados para a nossa seleção. A insatisfação gerada com a demissão de Emily Lima do comando parecia que ia agitar a CBF mas, de lá pra cá, pouca coisa se modificou. O descaso e o comando se mantém, mas a seleção campeã invicta da Copa América promete entrar forte nessa disputa para, quem sabe, levar o título inédito.

 8. É Copa do Mundo

As melhores seleções, as melhores atletas, a maior competição e torcedores do mundo inteiro reunidos em um só lugar. Próximo destino: França!

A Copa até aqui:
Até o momento, 18 das 24 seleções que disputarão a Copa já carimbaram seus passaportes para a França. São elas:

Brasil e Chile (CONMEBOL)

EUA, Canadá e Jamaica (CONCACAF)

França (país sede), Inglaterra, Escócia, Noruega, Suécia, Alemanha, Itália e Espanha (UEFA)

Japão, Austrália, China, Tailândia e Coréia do Sul (AFC)

A disputa da Taça das Nações Africanas definirá três vagas. Estão concorrendo Argélia, Camarões, Guiné Equatorial, Gana, Mali, Nigéria, África do Sul e Zâmbia. A competição ocorrerá entre os dias 17 de novembro e 1 de dezembro.

A Copa Feminina de Nações da Oceania será disputada entre 18 de novembro e 1 de dezembro. Nova Caledônia, Samoa, Papua Nova Guiné, Taiti, Tonga, Ilhas Cook, Figi e Nova Zelândia disputam uma vaga.

As duas vagas restantes serão decididas por repescagens. A 4ª colocada das Eliminatórias da CONCACAF, Panamá, e a 3ª colocada da Copa América, a Argentina, duelam por uma das vagas. A outra será definida nos playoffs das eliminatórias europeias. Holanda e Suíça despacharam Dinamarca e Bélgica respectivamente e seguem na luta pelo sonho de disputar a Copa. Os dois confrontos serão disputados em jogos de ida e volta entre os dias 5 e 13 de novembro.

Fonte: Torcedores


SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA É CONVOCADA PARA O ÚLTIMO AMISTOSO DE 2018

Treino da Seleção Feminina na Granja Comary - Vadão
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

02/11/2018

Técnico Vadão convocou 22 atletas para duelo com a França, marcado para o dia 10 de novembro, na casa das adversárias. Confira a lista completa

O técnico da Seleção Brasileira Feminina Principal, Vadão, convocou 22 atletas para o último amistoso da Canarinho em 2018. O Brasil vai enfrentar a França em amistoso no dia 10 de novembro, na Allianz Riviera, em Nice, casa das adversárias. O duelo será às 21h (17h de Brasília) e serve de preparação para a Copa do Mundo Feminina, que será disputada na França, em junho e julho do ano que vem.

O grupo completo da Seleção Brasileira Feminina se apresenta na cidade de Nice no dia 7 de novembro. Algumas atletas já estão concentradas com a delegação em Itu, no interior de São Paulo, disputando uma fase inicial de treinamentos.

Confira as relacionadas abaixo:

Goleiras

Bárbara - Kindermann
Aline - Tenerife (Espanha)

Defensoras

Mônica - Orlando Pride (EUA)
Kathellen - Bordeaux (França)
Daiane - Paris St Germain (França)
Tayla - Santos
Rilany - Atlético de Madrid (Espanha)
Letícia - Sportsclub Sand (Alemanha)
Poliana - Orlando Pride (EUA)
Tamires -Fortuna Hjorring (Dinamarca) 

Meio-campistas

Andressa Alves - FC Barcelona (Espanha)
Formiga - Paris St Germain (França)
Thaisa - Milan (Itália)
Andressinha - Iranduba 
Camila - Iranduba

Atacantes

Debinha - North Carolina Courage (EUA)
Kerolin - Ponte Preta
Adriana - Corinthians
Raquel - Ferroviária 
Ludmila - Atlético de Madrid (Espanha)
Darlene - Benfica (Portugal)
Geyse - Benfica (Portugal)

Fonte: CBF


PARCEIRA DO BOCA JUNIORS VAI PATROCINAR COMPETIÇÕES DA CONMEBOL



01/11/2018

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) chegou a um acordo de patrocínio com a companhia aérea Qatar Airways, que é a patrocinadora master do Boca Juniors, da Argentina. O acordo foi assinado na quarta-feira em Doha, capital do Catar. Os valores, não dvulgados, devem girar em torno de 15 milhões de dólares a 20 milhões de dólares, segundo o UOL.

Por meio deste deste acordo, a Qatar Airways será a companhia aérea oficial das competições de clubes da Conmebol na América do Sul para os próximos quatro anos e meio. O negócio valerá a partir de agora e durante todo o ciclo entre 2019 e 2022, incluindo a Copa Libertadores da América, a Copa Sul-Americana e a Recopa Sul-Americana.

O patrocínio é um dos passos da aproximação entre a entidade sul-americana e o país do Oriente Médio, que será a sede da Copa do Mundo de 2022. O Catar irá disputar a Copa América de 2019, no Brasil.

Fonte: ESPN


MARTA É HOMENAGEADA COM PAINEL NO MARACANÃ

Marta foi homenageada com painel na torre de vidro do Maracanã
Créditos: Fernando Torres/CBF

31/10/2018

No estádio mais famoso do mundo, Marta recebe homenagem idêntica à instalada na sede da CBF

Homenagear Marta nunca será demais. E agora é a vez do palco mais famoso do futebol mundial prestar sua reverência à Rainha. Quem visitar o Maracanã, no Rio de Janeiro, encontrará uma nova surpresa: a clássica torre de vidro foi envelopada com um painel gigante em homenagem a Marta.

Com uma foto da jogadora, o painel é idêntico ao que está exposto na fachada da sede da Confederação Brasileira de Futebol. Essa é uma ação conjunta entre o Maracanã e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e passa a ser mais uma atração do Maracanã e um local para fotos e admiração dos visitantes.

Maior jogadora da história do futebol, Marta conquistou recentemente o seu sexto prêmio de melhor do mundo da FIFA. Os seis troféus, incluindo o último, do FIFA The Best, estão expostos no Museu da Seleção Brasileira, na CBF. Alagoana, Marta é a única mulher a ter seus pés gravados na calçada da fama do Maracanã, onde conquistou o título do Pan-Americano de 2007.

Fonte: CBF


CBF BUSCA REALIZAR SONHO DE TITE E SE APROXIMA DE CONFIRMAR AMISTOSO NO MARACANÃ

Pedro Martins/MoWa

01/11/2018

A entidade têm conversas adiantadas por jogo da Seleção Brasileira no estádio em março de 2019
Ao que tudo indica, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) está perto de realizar o sonho de Tite em disputar um jogo com a Seleção Brasileira no estádio do Maracanã. A entidade entrou em contato com a concessionaria que administra o local com o objetivo de promover um jogo no estádio, e as conversas estão bem encaminhadas.

Tite teria à disposição o intervalo entre os dias 18 e 26 de março de 2019 para realizar dois amistosos. Palco da final da Copa do Mundo de 2014, o Maracanã ganhou destaque nos últimos dias após a declaração de Tite revelando o sonho de atuar com o Brasil no principal estádio do país.

"Um dos sonhos que eu tinha era de fazer um jogo como treinador da Seleção no Maracanã”, revelou.

A comissão técnica do Brasil já cogitava disputar uma partida em um dos principais palcos do futebol, desde o início deste ano. Incialmente, a ideia era atuar antes do Mundial na Rússia. Mas alguns compromissos ao longo do ano impediram a Seleção de jogar no Maracanã, como os amistosos disputados no Estados Unidos, Ásia e Europa.

Neymar in Brazil-Spain (Confederations Cup)
(Foto: Getty Images)

A última vez que o Brasil jogou no estádio foi em 30 de junho de 2013. Na ocasião, a Seleção conquistou o título da Copa das Confederações após derrotar a Espanha por 3 a 0. Já em 2016, foi a vez da Seleção Olímpica triunfar nos gramados do Maracanã, e garantir ouro inédito para o país.

Fonte: Goal

ESTÁDIO SANTA CRUZ PODERÁ RECEBER SELEÇÃO SUL-AMERICANA NA COPA AMÉRICA 2019



01/11/2018

O torcedor botafoguense teve um ano de 2018 inesquecível dentro de campo. Chegou as quartas de final jogando contra o Santos, e só foi eliminado nos pênaltis dentro da Vila Belmiro.

No Campeonato Brasileiro da Série C, a equipe tricolor se manteve entre os primeiros colocados durante quase toda a competição. A boa campanha foi coroada com o acesso para a Série B do campeonato nacional em um jogo emocionante que precisou ser decidido nos pênaltis.

Fora de campo, o sucesso tricolor foi tão igual quanto dentro dele. O clube conseguiu equacionar débitos através de parcelamentos dividas tributárias e trabalhistas. Quitou uma divida que parecia impagável de R$ 110 milhões com seus terrenos anexos ao estádio Santa Cruz e com uma permuta, a utilização da marca do credor na camisa do clube, e outros bons acordos.

E para concluir o ano virtuoso, o Botafogo ganhou um investidor apaixonado for futebol disposto a realizar muitos investimentos, entre eles a modernização de uma parte do estádio Santa Cruz que se transformará em uma bonita arena para shows. Obra estimada entre R$ 25 e R$ 30 milhões.

Mas, as boas noticias para a coletividade botafoguense não param de chegar. Com a realização da Copa América no Brasil no ano que vem, é possível que uma das 11 seleções que disputarão o torneio, exceto o Brasil,  possa demonstrar interesse em ter sua sede de treinamento na casa tricolor em Ribeirão Preto, como aconteceu em 2014, quando a Seleção de França escolheu Ribeirão Preto para ser sua sede de preparação para a Copa do Mundo.

Ao deixar o município, os franceses elogiaram muito a estrutura oferecida e a acolhida generosa dos ribeirãopretanos. Ribeirão Preto atenderia vários quesitos importantes para ser escolhida por uma seleção que disputará a Copa América no Brasil.

A cidade já foi sede de treinamentos de uma seleção campeão do mundo na copa realizada no Brasil. A avaliação dos exigentes franceses foi bastante positiva, o que referencia o estádio Santa Cruz e a cidade a receber qualquer outra seleção.

A cidade tem clima agradável sem chuvas regulares durante o período de treinamento e competição, garantindo a possibilidade de executar o cronograma de trabalho sem perder  dias de treinamento  por motivações climáticas.

Várias estádios onde serão realizados os jogos tem tempo der voo breve partindo de Ribeirão Preto com viagens que não chegariam a uma hora . Algumas destas capitais como São Paulo e Belo Horizonte, que serão sedes de jogos, o tempo de voo é inferior a 55 minutos. No caso do Rio de janeiro , pouco mais de uma hora. Lembrando que normalmente estas  seleções utilizam aviões fretados de seus países, por isso, algumas viagens são mais rápidas.

Com as mudanças a serem feitas no estádio Santa Cruz jogadores e seus familiares destas seleções terão a sua disposição um centro de entretenimento com bares, restaurantes , café temático, o Hard Rock Café e área de lazer.

O presidente do Botafogo considera a possibilidade ótima. “ Tivemos uma experiência muito boa recebendo a França. Foi bom para eles e para o Botafogo. Receber uma seleção sul-americana seria muito bom para clube institucionalmente”. Afirmou o dirigente.

Além de Japão e Catar, convidadas, farão parte da competição Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai, Peru, Equador, Venezuela, Colômbia e Bolívia. Ao que sabe somente o Brasil tem local definido para treinamentos. A Granja Comary no Rio De Janeiro.

A competição acontecerá entre 14 de junho e 7 de julho. Neste período os campeonatos brasileiro das Série A e B serão paralisados.

Confira a lista dos estádios da Copa América Brasil 2019:

Estádio do Mineirão – Belo Horizonte (MG)

Capacidade aproximada: 63 mil espectadores

Arena do Grêmio – Porto Alegre (RS)

Capacidade aproximada: 56 mil espectadores

Estádio do Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

Capacidade aproximada: 78 mil espectadores

Estádio do Morumbi – São Paulo (SP)

Capacidade aproximada: 67 mil espectadores

Allianz Parque – São Paulo (SP)

Capacidade aproximada: 42 mil espectadores

Arena Fonte Nova – Salvador (BA)

Capacidade aproximada: 48 mil espectadores

Foto – França treinando no estádio Santa Cruz – Federação Francesa de Futebol

Fonte: Wsposrts


O QUE ESPERAR DA COPA AMÉRICA NA ARENA E NO BRASIL

Arena terá uma das semifinais do torneio - Fernando Gomes / Agencia RBS

Publicado em 23/09/2018 por Zero Hora

Depois de receber a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, acontecimentos planetários, o Brasil será sede da Copa América, celebração continental, entre 14 de junho e 7 de julho de 2019. Com larga experiência em gestão no setor, Mauro Corrêa, da CSM Golden Goal, fala sobre o impacto do novo torneio no país, no Rio Grande do Sul, especialmente em Porto Alegre, com a Arena como sede dos jogos.

A Copa América começará em nove meses. O que esperar?

A Copa do Mundo deixou várias lições, algumas já aproveitadas na Rio 2016 e que seguramente serão transferidas para a Copa América. A primeira delas é que vários profissionais, com ampla experiência, migraram da organização desses dois eventos para a atual. O fato de termos mais sedes concentradas nas regiões Sul e Sudeste vai gerar menos custos e mais facilidades, teremos uma concentração de operações mais acirradas, e consequentemente para o espectador isso é mais acessível. Teremos menos custos e uma facilidade aeroportuária, viária e hoteleira que não tínhamos antes da Copa, agora estarão à disposição do público.

Algum outro legado da Copa?

Outro legado são as arenas. Sem contar o aprendizado que tivemos em outros setores, como controle de acesso e informação, sinalização, hospitalidade, atendimento ao espectador. Estamos em outro patamar. Vamos provar.

Anunciantes e espectadores estão interessados no torneio?

Provoca interesse porque são seleções protagonistas em torneios Fifa, com jogadores considerados os melhores do mundo e que estão atuando nos principais times do planeta. É um torneio muito competitivo, e o mercado local valoriza esse ambiente. Sem contar que não sediamos uma Copa América desde 1989 e agora teremos mais uma chancela de provar que sabemos organizar eventos deste porte.

O futebol ainda conta muito?

O futebol é predominante em comparação com outros esportes. Obviamente que o fato de vivermos um período macroeconômico de crise, não apenas em relação ao Brasil, mas toda América do Sul, prejudica no sentido de termos menos verbas de investimento, de compra de direitos e na demora em comunicar sobre os passos e projetos futuros do torneio. Mas temos nove meses até lá, e o fato de ser a principal competição das Américas e despertar o interesse europeu já fala por si só.

O fatos de os jogos estarem concentrados duas regiões podem representar benefícios?

Os benefícios são variados. Um mesmo turista que vem ao Brasil vai ter condições de ver mais jogos, as distâncias são menores. Também temos uma rede de hotelaria, de transporte, de malha viária, rodoviária e aeroportuária muito mais estruturadas, que não existia antes e durante a Copa. Também temos duas das melhores arenas do país, que não estavam na copa, e agora estarão, concentradas em regiões cheias de oportunidades, que são o Allianz Parque, em São Paulo, e a Arena do Grêmio. Por sua vez, teremos menos gastos com logística e vamos poder destinar mais verba com a competição, seja em bilheteria, em alimentos e bebidas, em merchandising, em serviços oferecidos nas cidades-sedes. Isso gera mais retorno ao público. Para as cidades que vão sediar, e citando especificamente Porto Alegre, vai trazer muita visibilidade para um turista que é estratégico, o sul-americano, que viaja ate com mais frequência ao Brasil do que para outros continentes.

O momento econômico do país pode influir na organização?

Influencia bastante. O comitê tem procurado racionalizar o orçamento ao máximo, e isso por sua vez torna as negociações mais difíceis. Mesmo com as arenas foram tratativas demoradas, pois eram agressivas em termos de custos. Isso faz com que o andamento da competição seja mais longo, gerando demora na comunicação das decisões, na divulgação do calendários e outros serviços. O tempo de preparação e organização fica menor. Menos tempo de divulgação, logo, menos tempo para captação de recursos.

E o preço dos ingressos?

O momento do país também pode gerar menos consumo no decorrer da competição, sem contar a pressão para que o ticket médio dos jogos seja inferior. Do ponto de vista de competição, vai ser mais do que em 2014, quando vivíamos outra situação econômica.

Qual o ganho do Estado? 

Vai ter muita visibilidade para os países vizinhos e também para japoneses, para turistas que venham do Catar ou de outros continentes. O ganho da região da Serra Gaúcha, que é um destino turístico natural, é enorme. Se for comunicado de forma acentuada, acessível e inteligente, como já foi na época da Copa, pode ser capitalizado ainda mais ao longo dos próximos anos. Outro ponto importante é a possibilidade do uso da Arena do Grêmio acoplado a questão da revisão da malha viária em seu entorno, com a ponte que liga diretamente o interior do estado. Isso vai facilitar a vida para que as pessoas do estado assistam aos jogos. É uma capital que está sempre investindo, além de toda a tradição futebolística, que é muito forte em todo o Rio Grande do Sul.

A Arena está preparada para, digamos, receber um Messi?

Está absolutamente preparada, em termos operacionais o nível é de excelência. A Arena tem experiência fortíssima de anos de capacidade máxima, que deve ser a realidade de jogos da Copa América, sem qualquer tipo de problema em relação aos outros estádios que foram sedes na Copa do Mundo de 2014. A Arena se destaca pela questão do número de elevadores, dos acessos, dos vestiários, da mobilidade, da proximidade com o aeroporto, do novo acesso para o interior do estado por meio de uma nova ponte. Uma competição como a Copa América sempre demanda ajustes finais, de segurança, efetivo, mas são serviços ligados ao entorno do complexo e não ao estádio em si.

Senior partner da CSM Golden Goal, empresa com enorme experiência em gestão e marketing esportivo do Brasil, Mauro Corrêa, 53 anos, trabalhou na Copa do Mundo de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016. Participou de ações envolvendo arenas, entidades, atletas e clubes em eventos mundiais.

O executivo é formado em gestão de negócios pela University of Illinois, nos Estados Unidos, administração de empresas na USP e é mestre em gestão empresarial pela INSEAD Business School.


JAPÃO E CATAR CONFIRMAM PARTICIPAÇÃO NA COPA AMÉRICA DE 2019



30/10/2018

As seleções do Japão e do Catar vão disputar a Copa América Brasil-2019 como convidadas, anunciou a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), depois dos dois países confirmarem oficialmente as suas participações.

"A presença de ambas as seleções obedece ao alto interesse que a Confederação Asiática tem demonstrado em participar nas competições da Conmebol e ao compromisso da Confederação Sul-americana em ajudar o desenvolvimento do futebol no mundo", indicou a entidade em comunicado.

A Copa América vai ser disputada entre junho e julho de 2019.

"A Copa América 2019 será uma competição apaixonante, em que qualquer um poderá ganhar o título", disse o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.

A Copa América é o torneio de seleções mais antigo do mundo, tendo sido disputado pela primeira vez em Buenos Aires, Argentina, em junho de 1916. Vai ser a quinta edição organizada no Brasil.


BRANCO É O NOVO COORDENADOR DA BASE DA SELEÇÃO BRASILEIRA

Branco é o coordenador das seleções de base da CBF Foto: Lucas Figueiredo/CBF

28/10/2018

Ex-lateral ocupou o cargo entre 2003 e 2007 e supre lacuna aberta desde o início de 2017

A CBF anunciou que o ex-lateral-esquerdo Branco é o novo coordenador das categorias de base da seleção brasileira. A escolha vem para preencher uma lacuna aberta desde a demissão de Erasmo Damiani, após o Sul-Americano Sub-20 de 2017. Desde então, Edu Gaspar vinha concentrando o comando de todas as seleções e não só a principal.

Aos 54 anos e tetracampeão do mundo em 1994, Branco executou entre 2003 e 2007 a função para qual foi contratado agora.

– Estou feliz em voltar, muito animado. Chego para fazer um trabalho alinhado com a Coordenação da Seleção Principal, acompanhando de perto as competições e jogadores da base e mantendo uma interlocução próxima com os clubes – destacou Branco, ao site da CBF.

Branco irá supervisionar diretamente o trabalho dos técnicos Carlos Amadeu (sub-20), Guilherme Dalla Déa (sub-17) e Paulo Victor Gomes (sub-15). O Sul-Americano Sub-20, no Chile, é a primeira competição no calendário de 2019.

Branco ainda faz parte do conselho de administração do comitê organizador da Copa América-2019.

Fonte: O Globo

FIFA APROVA PEDIDO E COPA AMÉRICA ACONTECERÁ A CADA QUATRO ANOS A PARTIR DE 2020

Nova edição da Copa América acontecerá em 2020
Reprodução

28/10/2018

Conmebol apresentou propostas para que torneio coincida com a Eurocopa. Edição de 2019 força entidade a realizar duas Copas Américas em sequência

O futebol de seleções do continente Sul-Americano acaba de ganhar mais uma edição da Copa América em 2020. A Conmebol fez um pedido formal à Fifa para que a competição fosse disputada em anos pares e a entidade aprovou. A partir de 2020 o torneio irá coincidir com as edições da Eurocopa.

De acordo com o calendário europeu, a nova edição da Copa América acontecerá a cada quatro anos. Desde sua criação, a Copa já foi realizada no intervalo de dois e de três anos. Por conta da mudança, os fãs de futebol terão duas edições consecutivas, já que no próximo ano o Brasil sediará a 46ª Copa América da história.

A competição no Brasil terá início em 14 de junho e o término é previsto para 07 de julho. As seleções convidadas para a disputa da Copa América 2019 são Japão e Catar.

“Após a rodada de consultas resultadas pela administração da Fifa com as comissões correspondentes, o Conselho da Fifa tomou a decisão de aprovar o pedido da Conmebol para mudar o ano da comemoração da Copa América dos anos ímpares aos pares da edição, que será realizada entre 12 de junho e 12 de julho de 2020”, diz comunicado da entidade.

A nova edição ainda não tem local definido para acontecer. Já a edição de 2024, o mais provável é que aconteça no Equador, já que no calendário anterior a edição do ano de 2023 ficaria com o país. O objetivo da Conmebol com a mudança na Copa América é harmonizar a sua competição com a da UEFA .

A Copa América é considerada a terceira competição entre seleções mais importante no mundo. A primeira é a Copa do Mundo seguida da Eurocopa.

Será a segunda vez na história que a Copa América terá duas edições seguidas. Em 2015 o torneio aconteceu no Chile e, no ano seguinte, em comemoração ao centenário da competição, a Copa foi jogada nos Estados Unidos. No total, com a nova edição da Copa América , a Conmebol organizará quatro torneios em quatro anos.

Fonte: IG Esporte

BEAUSEJOUR PROJETA CAMPANHA DA SELEÇÃO CHILENA NA COPA AMÉRICA 2019

Foto: AFP

28/10/2018

Jogador entende que equipe deva ser 'competitiva' e espera que entrosamento possa ajudar no futuro

Danilo Di Grado – Colaborador do Futebol Latino

Sendo um dos principais nomes na Seleção Chilena, o experiente jogador Jean Beausejour já tem pensado na Copa América 2019, cuja edição será realizada em gramados brasileiros.

Em entrevista à Rádio Agricultura, o atleta falou um pouco sobre o que pensa do trabalho de Rueda à frente da Seleção Chilena. Mesmo com uma possível renovação da base que vem atuando nos últimos tempos, Beausejour entende que deverá deixar de vestir a camisa da Roja em um futuro próximo.

“Há alguns que vão chegar sem problemas para a próxima Copa do Mundo, e outros que serão deixados na estrada”, declarou.

Caso venha disputar a competição de seleções em 2019, o jogador espera ver uma equipe competitiva para alçar voos maiores pensando no futuro. “É importante que tenhamos a obrigação de ser competitivos, a Copa América pode ser um bom ponto de partida para quem está se integrando”

Jean já disputou 100 jogos com a camisa do Chile. Em seis ocasiões, o lateral conseguiu balançar a rede dos adversários.

Fonte: LANCE!


SELEÇÃO BRASILEIRA: CONVOCADOS PARA AMISTOSOS COM URUGUAI E CAMARÕES

Convocação para os amistosos de novembro em Londres
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

26/10/2018 

Técnico da Seleção Brasileira, Tite, convocou grupo de atletas que disputarão os amistosos contra Uruguai e Camarões, nos dias 16 e 20 de novembro

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, convocou o grupo de atletas que disputarão os últimos amistosos de 2018 contra Uruguai e Camarões, nos dias 16 e 20 de novembro, respectivamente. Confira a lista:

Goleiros:

Alisson - Liverpool
Brazão - Cruzeiro
Éderson - Manchester City

Defensores:

Danilo - Manchester City
Dedé - Cruzeiro
Fabinho - Liverpool
Filipe Luís - Atlético de Madrid
Marcelo - Real Madrid
Marquinhos -  PSG
Miranda - Inter de Milão
Pablo - Bordeaux

Meio campistas:

Allan -  Napoli
Arthur - Barcelona
Casemiro - Real Madrid
Paulinho - Guangzhou Evergrand
Philippe Coutinho - Barcelona
Walace - Hannoverscher

Atacantes:

Douglas Costa - Juventus
Firmino - Liverpool
Gabriel Jesus - Manchester City
Neymar Jr - PSG
Richarlison - Everton
Willian - Chelsea

Fonte: CBF

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...