.

.

AMISTOSOS: BRASIL PERDE NEYMAR, EMPATA OUTRA E CHEGA AO QUARTO JOGO SEM VITÓRIA

Foto: Hoslan Rahman / AFP

13/10/2019  

A Seleção Brasileira já não vence há quatro partidas. Na manhã desse domingo (horário de Brasília), o time canarinho ficou no 1 a 1 com a Nigéria em Singapura em seu segundo amistoso contra africanos em menos de uma semana. Na quinta, o empate foi por 2 a 2 com Senegal. Antes, perdeu para o Peru e também ficou na igualdade com a Colômbia.

No Estádio Nacional, Aribo abriu o placar no primeiro tempo e Casemiro evitou a derrota com um gol no segundo tempo. Agora, o Brasil vai se preparar para amistosos contra Argentina e Coreia do Sul em novembro.

O início da Seleção Brasileira foi bastante promissor. Com pressão alta e o adversário assustado. O problema é que em pouco tempo o ímpeto caiu e jogo ficou equilibrado. A primeira chance de perigo foi dos africanos, com Osimhen, que bateu cruzado para boa defesa de Ederson.

Aos 12 minutos, Tite já ganhou o primeiro problema. Neymar sentiu o músculo posterior da coxa esquerda e não conseguiu ficar em campo. Philippe Coutinho entrou no lugar do camisa 10, que imediatamente iniciou o tratamento com gelo no banco de reservas.

A melhor chance brasileira antes do intervalo foi com Firmino, depois de tabela entre Cebolinha e Gabriel Jesus. Firmino mandou nas mãos do goleiro.

A queda de ritmo do Brasil custou caro. A Nigéria abriu o placar com Aribo, que infiltrou na área e passou fácil pro Marquinhos antes de mandar para as redes.

Para a etapa final, Richarlison voltou na vaga de Cebolinha. A resposta foi imediata. Em cobrança de escanteio, Casemiro aproveitou rebote de bola na trave de Marquinhos e empatou o jogo.

O próprio Casemiro ainda quase conseguiu a virada em nova cobrança de escanteio, mas dessa vez a bola parou no travessão.

Tite ainda apostou em Gabriel Barbosa, Fabinho e Lucas Paquetá nas vagas de Firmino, Arthur e Gabriel Jesus. O Brasil teve a melhor chance da virada nos pés de Coutinho, mas Ajayi salvou os africanos em cima da linha. Do outro lado, Ederson foi bem nos perigosos contra-ataques da Nigéria.

No fim, apesar do jogo aberto, não teve mais gols, e o Brasil teve de amargar mais um empate.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 1 X 1 NIGÉRIA

Local: Estádio Nacional de Kallang, em Singapura
Data: 13 de setembro de 2019, domingo
Horário: 9 horas (de Brasília) 20 horas (Local)
Árbitro: Foo Chuan Hui (SIN)
Assistentes: Abdul Hannan Bin Abdul Hasim (SIN) e Ong Chai Lee (SIN)Thiago Silva.385 pagantes
Público: 20.385 pagantes

GOLS
Brasil: Casemiro, aos 2 minutos do 2T
Nigéria: Aribo, aos 34 minutos do 1T

BRASIL: Ederson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos, Renan Lodi; Casemiro e Arthur (Fabinho); Gabriel Jesus (Lucas Paquetá), Neymar (Philippe Coutinho), Everton Cebolinha (Richarlison) e Firmino (Gabigol).
Técnico: Tite



NIGÉRIA: Uzoho (Okoye); Awaziem, Ekong, Ajayi e Collins; Aribo (Shehu), Ndidi e Iwobi (Azzez); Chukwueze (Olayinka), Simon (Dennis) e Osimhen (Onuachu)
Técnico: Gernot Rohr




AMISTOSOS: COM NEYMAR APAGADO, BRASIL EMPATA COM SENEGAL

Foto: Pedro Martins / Mowa Press

10/10/2019 

Na manhã desta quinta-feira, em partida de caráter amistoso, a Seleção Brasileira enfrentou Senegal no Estádio Nacional de Singapura e a partida acabou empatada por 1 a 1.

Realizando sua centésima partida com a Amarelinha, Neymar teve atuação apagada – sobretudo no primeiro tempo – e não conseguiu desenvolver o futebol que se esperava dele. Firmino abriu o placar aos oito minutos de jogo, após boa jogada de Gabriel Jesus. Aos 45, Diédhiou, de pênalti, empatou para Senegal.

Com isso, o Brasil chega a três jogos consecutivos sem vitória – antes, havia empatado em 2 a 2 com a Colômbia e perdido por 1 a 0 para o Peru – sequência essa que não ocorria desde 2013.

A equipe comandada pelo técnico Tite volta a entrar em campo já neste domingo, no mesmo estádio, novamente às 9h (horário de Brasilia), desta vez diante da seleção da Nigéria.

Brasil começa com ritmo forte e não demora para abrir o placar

A equipe comandada por Tite começou com uma marcação alta, pressionando a saída de bola de Senegal e forçando os erros do adversário. Quando tinha a bola nos pés, as jogadas eram sempre pelo lado direito, onde apareciam Gabriel Jesus e Daniel Alves.

Aos oito minutos de jogo, foi justamente por esse lado do campo que saiu o gol brasileiro. Jesus recebeu na ponta, fez boa jogada individual derivando pelo meio e descolou uma grande bola enfiada para Firmino, que entrou fazendo o facão. Frente a frente com o goleiro, o atacante do Liverpool teve calma para dar uma cavadinha e abrir o placar.



Após o tento, a Seleção continuou com um ritmo parecido, mas acabava esbarrando no bloqueio defensivo senegalês e não conseguia finalizar. A equipe africana, por sua vez, aos poucos ia se soltando em busca de um contra-ataque promissor. Aos 18 minutos, em uma das primeiras chances, Gueye arriscou de fora da área e mandou por cima do gol.

Senegal cresce na partida e busca o empate

Realizando sua centésima partida com a Amarelinha, Neymar estava muito apagado e chegou inclusive a errar alguns passes. Com isso, o desempenho ofensivo do Brasil caiu, e Senegal começou a gostar do jogo, chegando a ter maior posse de bola já a partir da metade do primeiro tempo. Aos 25, Mané parou na defesa de Ederson, e aos 38, foi a vez do goleiro brasileiro segurar a tentativa de Diédhiou. Os africanos eram superiores no jogo, e o gol parecia questão de tempo.

Já aos 44 minutos, Mané recebeu pela esquerda, ainda no campo de defesa, e avançou. Após passar por Daniel Alves, o camisa 10 derivou para o meio da área, deu uma caneta em Marquinhos e, na sequência, foi derrubado. O árbitro marcou pênalti, e na cobrança, Diédhiou bateu rasteiro, no canto esquerdo, sem chances para Ederson. Logo na sequência, o Brasil ainda teve a chance de ir para o intervalo em vantagem, mas de dentro da área, Neymar parou no goleiro Gomis.



Na etapa complementar, a Seleção Brasileira continuava no mesmo marasmo, e aos 15 minutos, Tite promoveu a entrada de Everton Cebolinha na vaga de Roberto Firmino. Aos 22, foi a vez de Matheus Henrique entrar no lugar de Arthur, e logo na sequência, em uma das poucas participações que fez no jogo, Neymar cobrou falta com muito perigo.

Em busca de novas alternativas de jogo, Tite começou a mexer mais na equipe, colocando Richarlison no lugar de Coutinho e Renan Lodi na vaga de Alex Sandro. As mudanças, contudo, não surtiram efeito, pois quem criou as melhores chances foi a seleção de Senegal. Aos 39, após boa troca de passes, Sidy Sarr chegou batendo da entrada da área e fez o goleiro Ederson trabalhar bem. Na sequência, foi a vez de Mané finalizar e carimbar a trave brasileira.

Aos 41, o Brasil respondeu com Neymar, que recebeu dentro da área, mas teve o chute bloqueado pela defesa adversária. Logo na sequência, o camisa 10 acionou Richarlison, que da entrada da área, bateu bem, mas a bola saiu à direita do gol. Dai para frente, a Seleção nada criou, e após cinco minutos de acréscimos, a partida acabou mesmo empatada em Singapura.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 1 X 1 SENEGAL

Local: Estádio Nacional, em Kallang (Singapura)
Data: 10 de outubro de 2019 (Quinta-feira)
Horário: 9h (de Brasília)
Árbitro: Muhammad Taqi Alliaffari (Singapura)
Público: 20.621 torcedores
Renda: Não divulgado
Cartões amarelos: Marquinhos e Alex Sandro (Brasil); Kouyaté e Koulibaly (Senegal)
Gols: Brasil: Roberto Firmino, aos oito minutos do primeiro tempo. Senegal: Diédhiou, aos 45 minutos do primeiro tempo.

BRASIL: Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro (Renan Lodi); Casemiro, Arthur (Matheus Henrique), Phillipe Coutinho (Richarlison); Gabriel Jesus, Neymar e Roberto Firmino (Everton)
Técnico: Tite




SENEGAL: Gomis, Gassama, Koulibaly, Sané e Coly; Kouyate (Sidy Sarr), Gueye (Ndiaye) e Diatta; Sarr (Thioub), Mané e Diédhiou (Diallo)
Técnico: Aliou Cissé




Fonte: Gazeta Esportiva


APÓS 40 ANOS, MULHERES RETORNAM A ESTÁDIO DE FUTEBOL NO IRÃ


10/10/2019 

Iranianas veem vitória da seleção masculina sobre Camboja

O Irã goleou o Camboja por 14 a 0 nesta quinta (10) em jogo válido pelas eliminatórias asiáticas para a Copa do Mundo de 2022. Mas, apesar do placar elástico, as atenções se concentravam nas arquibancadas no estádio Azadi, onde cerca de 4 mil mulheres acompanharam a partida.

Estas foram as primeiras mulheres em mais de 40 anos que viram um evento esportivo protagonizado por homens. Isto acontece porque desde a Revolução Iraniana, que aconteceu em 1979, as autoridades locais passaram a reprimir este tipo de iniciativa. O movimento tinha como uma de suas principais bandeiras afastar, e suprimir, as influências ocidentais na cultura local.

Segundo a agência oficial de notícias do Irã (Irna), a partida de hoje contou com um público de 6 mil pessoas, sendo 4 mil delas mulheres.

Posição da Fifa

Após a partida, o presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), o italiano Gianni Infantino, divulgou uma mensagem na qual afirmou que a entidade “continuará trabalhando (...) para ajudar a garantir que a coisa certa seja feita, que é permitir que todos os torcedores, independentemente do sexo, tenham a chance de ir aos estádios e desfrutar de uma partida de futebol”.

Essa mudança do governo do Irã em relação à presença feminina em eventos esportivos masculinos ocorre após pressão da Fifa, que enviou uma delegação a Teerã no mês de setembro para buscar formas de viabilizar o acesso de mulheres ao jogo contra o Camboja.

Críticas

Em setembro, o Irã se tornou alvo de críticas internacionais após uma mulher ter morrido ao colocar fogo em si mesma depois de ser condenada à prisão pela tentativa de assistir a um jogo de futebol.

A mulher teria tentado entrar no estádio vestida como homem.

Edição: Fábio Lisboa


DESFILE FARROUPILHA REÚNE 15 MIL PESSOAS EM PORTO ALEGRE; VEJA FOTOS

Desfile foi dividido em duas etapas: cívico-militar, às 9h30, e tradicionalista, às 11h 

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

20/09/2019

O Desfile Farroupilha de Porto Alegre contou com a presença de 15 mil gaúchos na manhã desta sexta-feira (20), feriado de Revolução Farroupilha. O evento faz parte da Semana Farroupilha, que se encerra na noite de hoje, com a extinção da Chama Crioula.

O desfile foi dividido em duas partes. A etapa cívico-militar começou por volta das 9h30. Servidores, viaturas e cavalos da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Susepe e IGP passaram pela avenida Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio). Às 11h, foi a vez dos tradicionalistas entrarem em cena. Cerca de 70 piquetes e 1,5 mil cavalarianos cumpriram o trajeto.

O governador Eduardo Leite marcou presença no desfile e falou sobre a importância da tradição no Rio Grande do Sul. “O desfile expressa o apreço e o carinho que o gaúcho tem pela sua história e tradição. É um reconhecimento importante dos nossos heróis farroupilhas e ao valor e sentimento que une nosso povo”, destacou.

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

Leite, que já participou do movimento tradicionalista quando mais jovem, fez questão de ir pilchado e citou seu apreço a Paixão Côrtes, que faleceu no ano passado, aos 91 anos. “Ele é um símbolo concretamente estabelecido, na medida que nosso laçador tem aspiração no Paixão Côrtes, mas não apenas isso. No trabalho que desenvolveu pela valorização da cultura gaúcha, da preservação da memória, da tradição, uma homenagem que é importante e um simbolo e ícone do nosso Rio Grande”, disse. A Semana Farroupilha deste ano teve como tema “Vida e Obra de Paixão Côrtes”.

Nairo Callegaro é presidente do MTG (Foto: O Sul)
O presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) Nairo Callegaro, elogiou o governo do Estado pela participação na organização do desfile. “O Governo do Estado foi muito participativo . A comissão estadual do festejo farroupilha está de parabéns porque foi atuante e decisiva na construção desse espaço”, comentou o tradicionalista.

Veja mais fotos:


(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)
(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)
(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

(Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)
Fonte: O Sul

SELEÇÃO BRASILEIRA CONVOCADA PARA AMISTOSOS CONTRA SENEGAL E NIGÉRIA

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

20/09/2019

Técnico Tite divulgou a lista com os nomes que estarão nos amistosos de outubro da Seleção Brasileira. Jogos serão em Singapura, no dias 10 e 13

O técnico Tite convocou a Seleção Brasileira para os dois próximos compromissos da equipe, marcados para os dias 10 e 13 de outubro, contra Senegal e Nigéria, respectivamente. Os dois amistosos serão disputados em Singapura. 

Com 23 nomes, a lista conta com alguns retornos e também três estreantes. Rodrigo Caio e Gabriel Barbosa, que conquistaram a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, estão de volta. Gabriel Jesus retorna após suspensão, assim como Danilo também foi chamado novamente . Já os convocados pela primeira vez são o goleiro Santos, o lateral-esquerdo Renan Lodi e o meia Matheus Henrique. 

- É desafiador ter bom senso. Eu procuro na minha vida profissional olhar os diferentes lados das situações para que todos possam ganhar. Nesse momento está a Seleção, estão clubes e estão atletas. O presidente Landim nos conhece muito bem, conhece o trabalho e nos acompanha. E sabe o quanto que a gente tem de cuidado quanto isso. Conciliar todos os fatores nesse ganha-ganha não dá, é impossível. Eu vi manifestação do Gabriel Barbosa de quanto teria de orgulho estar na seleção brasileira. Agora é o período de preparação, agora vai chegar período de Eliminatórias, Copa do Mundo e Copa América. Para formar essa equipe final, tenho que oportunizar - destacou o técnico Tite.

Desejo antigo da comissão técnica, enfrentar duas fortes seleções africanas será um excelente teste para a Seleção Brasileira. É o que garante o técnico Tite, que teve a oportunidade de enfrentar apenas Camarões até aqui. Na ocasião, Richarlison marcou o gol da vitória por 1 a 0.

Confira a lista de convocados:

GOLEIROS

Ederson - Manchester City (ING)
Santos - Athletico 
Weverton - Palmeiras

LATERAL DIREITA

Daniel Alves - São Paulo
Danilo - Juventus (ITA)

LATERAL ESQUERDA

Alex Sandro - Juventus (ITA)
Renan Lodi - Atlético de Madri (ESP)

ZAGUEIROS

Rodrigo Caio - Flamengo
Marquinhos - Paris Saint Germain (FRA)
Thiago Silva - Paris Saint Germain (FRA)
Eder Militão - Real Madrid (ESP)

MEIAS

Casemiro - Real Madrid (ESP)
Fabinho - Liverpool (ING)
Arthur - Barcelona (ESP)
Matheus Henrique - Grêmio 
Lucas Paquetá - Milan (ITA)
Philippe Coutinho - Bayern Munique (ALE)

ATACANTES

Richarlison - Everton (ING)
Gabriel Barbosa - Flamengo
Gabriel Jesus - Manchester City (ING)
Roberto Firmino - Liverpool (ING)
Neymar - Paris Saint Germain (FRA)
Everton - Grêmio 

Fonte: CBF

AMISTOSOS: PERU VENCE O BRASIL NOS EUA, E TITE CHEGA À 3ª DERROTA À FRENTE DA SELEÇÃO

Foto: Pedro Martins / Mowa Press

11/09/2019

A Seleção Brasileira somou sua terceira derrota sob o comando do técnico Tite na madrugada desta quarta-feira. Enfrentando o Peru no Los Angeles Memorial Coliseum, nos EUA, o time canarinho voltou a exibir problemas e novamente não conseguiu sair de campo com um resultado positivo. Graças ao gol de Abram, aos 39 minutos do segundo tempo, a seleção peruana vingou a derrota na final da Copa América e conquistou sua quinta vitória sobre o Brasil na história.

Nesta quarta-feira, Tite colocou em campo uma Seleção Brasileira com algumas mudanças. David Neres, Allan, Militão e Fagner começaram o jogo como titulares. No decorrer do duelo, Neymar, Fabinho, Lucas Paquetá, Bruno Henrique e Vinícius Jr, que estrou pelo time principal do Brasil, foram acionados, mas não conseguiram fazer a diferença.

O Peru, por sua vez, jogou sem seu principal atleta: Paolo Guerrero. O atacante pediu dispensa por estar prestes a disputar a final da Copa do Brasil com o Internacional. Desta forma, Ricardo Gareca teve de fazer algumas adaptações em sua equipe, mas provou que os dois confrontos com o Brasil na Copa América serviram de lição para o time andino, enfim, vencer o seu algoz.

O jogo – A primeira grande oportunidade da partida aconteceu aos 13 minutos e foi da seleção peruana. O time comandado pelo técnico Ricardo Gareca cobrou escanteio no primeiro pau, e Tapia se antecipou para cabecear com veneno, mandando rente à meta defendida por Ederson. Já aos 19 o Brasil respondeu com David Neres, que desperdiçou uma excelente oportunidade, talvez a mais clara do primeiro tempo, driblando o goleiro após receber de Firmino dentro da área, mas sendo travado por Advíncula na hora “h”.

Aos 22, o Peru voltou a assustar com Flores. Marquinhos cortou de cabeça o cruzamento vindo da direita, e a bola sobrou nos pés de Flores, que chutou de primeira, sem deixá-la pingar no gramado, e tirou tinta da trave direita de Ederson. Três minutos depois, a Seleção Brasileira mais uma vez respondeu ao ímpeto adversário, agora com Richarlison, que tabela com Firmino, aproveita o corte da defesa para continuar com a bola e bater cruzado, mandando muito próximo do cantinho direito de Gallese.

Antes de as equipes irem para o intervalo, o Brasil ainda teve uma última chance de assegurar a vantagem no placar, mas a sorte realmente não estava do lado do time verde e amarelo. Aos 43 minutos, Richarlison finalizou da entrada da área e forçou grande defesa do goleiro peruano, que se esticou todo para manter o 0 a 0 no marcador.

Segundo tempo

No segundo tempo o Brasil voltou mais ligado para o gramado e aos quatro minutos quase abriu o placar. Richarlison fez boa jogada individual, levou para o meio e tocou em profundidade para Allan, que saiu cara a cara com Gallese, mas chutou em cima do goleiro peruano. Aos oito, nova boa oportunidade para a Seleção. Firmino disputou bola no ataque, e ela sobrou para Coutinho, que chegou batendo de primeira, soltando uma bomba, mas o arqueiro rival fez outra importante defesa.

A blitz verde e amarela não parou por aí. Aos 17, Philippe Coutinho bateu no canto de Gallese, a bola desviou no meio do caminho e foi no cantinho, mas o goleiro peruano ficou com ela para frear novamente o ímpeto adversário. Sem conseguir estufar as redes, o Brasil sofreu algumas alterações no decorrer do duelo. Neymar, Paquetá e Fabinho entraram nas vagas de Firmino, David Neres e Casemiro, respectivamente, e a equipe melhorou.

Pouco depois, foi a vez de Vinícius Jr entrar em campo e fazer sua estreia pela Seleção Brasileira principal. Bruno Henrique também foi acionado pelo técnico TIte, mas, mesmo subindo de produção, a equipe canarinho acabou castigada já na reta final do jogo, mais precisamente aos 39 minutos, quando Abram completou de cabeça o cruzamento da direita, subindo mais alto que Militão, e garantindo o triunfo peruano por 1 a 0 que teve gosto de vingança depois de o país perder a final da Copa América para o Brasil.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 0 X 1 PERU

Local: Los Angeles Memorial Coliseum, em Los Angeles (EUA)
Data: 11 de setembro de 2019, quarta-feira
Horário: 00h (de Brasília)
Árbitro: Jair Marrufo (EUA)
Assistentes: Franck Anderson (EUA) e Corey Rockwell (EUA)
Gol: Abram, aos 39 do 2ºT (Peru)
Cartões amarelos: Alex Sandro (Brasil); Aquino (Peru)

BRASIL: Ederson; Fagner, Marquinhos, Militão e Alex Sandro; Casemiro (Fabinho), Allan e Philippe Coutinho (Bruno Henrique); Richarlison (Vinícius Jr), Firmino (Neymar) e David Neres (Paquetá)
Técnico: Tite



PERU: Gallese; Advíncula, Zambrano (Santamaría), Abram e Trauco; Tapia, Aquino (Christofer González), Yotún, Gabriel Costa e Flores; Ruidíaz (Reyna).
Técnico: Ricardo Gareca





AMISTOSOS: NEYMAR MARCA E BRASIL EMPATA COM COLÔMBIA NO 1º JOGO APÓS TÍTULO

Foto: Pedro Martins / Mowa Press 

06/09/2019 

A Seleção Brasileira disputou sua primeira partida após o título da Copa América na noite desta sexta-feira. Escalado como titular em sua volta ao time nacional, o atacante Neymar deu uma assistência e marcou um gol no empate por 2 a 2 contra a Colômbia, em Miami.

Na etapa inicial, Casemiro recebeu de Neymar e abriu o placar de cabeça. A Colômbia, no entanto, virou com dois gols de Muriel, o primeiro em cobrança de pênalti. No segundo tempo, o camisa 10 aproveitou assistência de Daniel Alves para empatar.

Após o amistoso contra a Colômbia, a delegação brasileira permanece em território norte-americano e, no sábado, segue para Los Angeles. Às 00 hora (de Brasília) desta terça-feira, a Seleção entra em campo para reencontrar o Peru, derrotado na final da Copa América.

O Jogo – A Colômbia foi superior no começo da partida, mas o Brasil conseguiu inaugurar o marcador aos 19 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de escanteio pela direita, Neymar levantou na área. Casemiro cabeceou firme e superou o goleiro Ospina.

A Colômbia não se abateu com o placar adverso e chegou ao empate aos 25 minutos da etapa inicial. Após cruzamento vindo da esquerda, Alex Sandro prestou atenção apenas na bola e cometeu pênalti claro sobre Muriel. Na cobrança, o próprio Muriel levou a melhor diante de Ederson.

O time comandado pelo técnico português Carlos Queiroz manteve o domínio das ações e alcançou a virada aos 34 minutos do primeiro tempo. Em jogada de contra-ataque, Zapata recebeu pelo meio de Martinez e tocou na direita para conclusão certeira de Muriel.

A Seleção Brasileira voltou melhor para a etapa complementar e empatou aos 13 minutos. Philippe Coutinho percebeu a infiltração de Daniel Alves e descolou belo lançamento. O lateral direito cruzou rasteiro e Neymar só precisou completar para o gol.

O time comandado por Tite procurou aumentar o volume de jogo em busca do terceiro gol e Alex Sandro lançou Neymar pela esquerda. O camisa 10 brasileiro chegou antes e, já dentro da área, tomou tranco de Sanchez. O árbitro Ismail Elfath não viu a falta e mandou seguir.

Tite sentiu a vulnerabilidade da Colômbia e mexeu no setor ofensivo ao colocar Bruno Henrique, David Neres e Lucas Paquetá nos lugares de Philippe Coutinho, Richarlison e Firmino. A despeito das alterações, o placar permaneceu empatado em Miami.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 x 2 COLÔMBIA

Local: Estádio do Miami Dolphins, em Miami (Estados Unidos)
Data: 6 de setembro de 2019 (Sexta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Ismail Elfath (EUA)
Assistentes: Corey Parker e Adam Wienckowski (EUA)
Público: 65.232 pagantes
Cartões amarelos: Casemiro (BRA)
Gols:
BRASIL: Casemiro, aos 19 minutos do 1º Tempo, Neymar, aos 13 minutos do 2º Tempo
COLÔMBIA: Muriel, aos 25 e aos 34 minutos do 1º Tempo

BRASIL: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho (Bruno Henrique); Richarlison (David Neres), Neymar e Roberto Firmino (Lucas Paquetá)
Técnico: Tite



COLÔMBIA: Ospina; Medina (Orejuela), Mina, Sánchez e Tesillo; Barrios, Uribe (Lerma) e Cuadrado (Moreno); Duván Zapata, Muriel e Martinez (Diaz)
Técnico: Carlos Queiroz


FIFA APRESENTA O LOGO DA COPA DO MUNDO DE 2022, DO CATAR

Logo da Copa de 2022 (Foto: Divulgação)

03/09/2019

Entidade anunciou nesta terça-feira a imagem oficial de divulgação do próximo Mundial

Nesta terça-feira, a Fifa divulgou oficialmente a logo da Copa do Mundo de 2022, que será disputada no Catar. O próximo Mundial será o primeiro a ser disputado no Oriente Médio, e o logo oficial é recheado de referências à cultura árabe.

Segundo a própria entidade, o emblema representa a visão de um evento que 'representa o mundo inteiro, apresenta aspectos marcantes da cultura árabe, tem alusões locais e remete ao jogo bonito'.

Ainda de acordo com a Fifa, as curvas do logo remetem às ondulações das dunas do deserto do país, e que o 'loop' dentro do emblema, que faz referência ao número oito, representa os oito estádios sedes do Mundial, além de também remeter ao símbolo do infinito.

"Um emblema bonito, que mostra a cultura do Qatar e da região. Estou empolgado por fazer parte desse projeto e mal posso esperar para ver a equipe do Brasil entrar em campo em 2022", disse Cafu, campeão mundial em 1994 e 2002, em seu Twitter.


Fonte: Terra

YOUTUBE EXIBIRÁ ELIMINATÓRIAS AFRICANAS PARA COPA DE 2022

Foto: Reprodução / Twitter (@CAF_Online)

03/09/2019

Acordo com a Fifa é válido para primeira fase, que começará nesta quarta-feira (4)

O YouTube, plataforma de vídeos controlada pelo Google, transmitirá a primeira fase das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar. O acordo foi assinado com a Fifa e divulgado pela própria entidade nesta terça-feira (3).

Segundo a imprensa europeia, os jogos serão transmitidos ao vivo no YouTube e também no próprio site da Fifa. Quem não conseguir assistir no momento do jogo, ainda terá a opção de ver em outra ocasião, já que o acordo garante que as duas plataformas deixem as partidas disponíveis no formato de vídeos on demand.

"Trazer estes jogos para uma audiência global pela primeira vez ressalta a transformação digital em andamento na Fifa e seus esforços contínuos para apoiar o desenvolvimento do futebol na África e conectar mais fãs com o belo jogo do continente", afirmou a entidade que comanda o futebol mundial, em nota.

A primeira fase das Eliminatórias terá 28 seleções da Confederação Africana de Futebol (CAF) se enfrentando num mata-mata de ida e volta que levará as 14 vencedoras à fase de grupos. Elas se juntarão a outras 26 e formarão dez grupos com quatro seleções em cada um. Após seis rodadas, o líder de cada grupo passará à terceira fase, que também será em esquema de mata-mata, com as cinco equipes vencedoras garantindo vaga no Mundial do Qatar.

A primeira fase terá o início dos jogos já nesta quarta-feira (4), com término previsto para a próxima terça-feira (10). Com o acordo com o YouTube, a Fifa espera levar as partidas das seleções africanas a um maior número de aficionados e aposta em bons índices de visualizações.

A entidade não fez nenhum comentário a respeito das demais fases em relação às transmissões. Vale lembrar que, já na fase de grupos, entrarão países que possuem algumas das estrelas do futebol europeu, como Mohamed Salah (Egito), Sadio Mané (Senegal) e Pierre-Emerick Aubameyang (Gabão).

A notícia dada no site da Fifa foi prontamente postada no Twitter por alguns ex-craques do futebol brasileiro, como Cafu, Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo. A Confederação Africana de Futebol fez questão de retuitar as mensagens de cada um dos ex-jogadores da seleção brasileira.


ITAIPAVA É PATROCINADORA OFICIAL DA SEMANA FARROUPILHA



30/08/19

Em 2019, a Itaipava passa a ser patrocinadora da Semana Farroupilha, maior festa popular do Rio Grande do Sul. Para iniciar a parceria em grande estilo, a cerveja leva para o evento um piquete totalmente estilizado à moda tradicional gaúcha, com várias atrações. O espaço pretende atender aqueles que participarem do tradicional acampamento farroupilha, e ficará disponível de 7 a 20 de setembro, no Parque Maurício Sirotski Sobrinho, em Porto Alegre.

O piquete da Itaipava vai mesclar características tradicionais a elementos da marca. Na entrada, serão distribuídos lenços, acessórios característicos do traje gaúcho. Haverá também uma área receptiva, com espaço para guardar chapéu e outros adereços, além de um aconchegante fogo de chão para matear e bater papo na varanda.

Dentro do piquete, será montado um bar Itaipava, feito de caixas e decorado com itens de armazém. Os visitantes poderão se aventurar em um jogo de tampinhas, que leva como referência os costumes do Rio Grande do Sul. À cada cerveja, terão uma nova chance de jogar.

Mesas coletivas estarão espalhadas pelo salão, para dividir a prosa e multiplicar a tradição, enquanto comem, bebem cerveja ou apreciam um chimarrão. Durante as refeições e aos finais de semana, um músico tradicionalista gaúcho subirá ao palco para tocar canções típicas da região.

Churrasco, Chimarrão e Itaipava – Além da cerveja Itaipava e do chimarrão, não poderia faltar o tradicional churrasco gaúcho, que será servido aos sábados, no almoço e no jantar, e no tradicional almoço de domingo.  Às segundas e terças, serão servidos petiscos em um clima “armazém”, como salaminho, pepino, cebola em conserva e ovo de codorna. Às quartas, quintas e sextas haverá um jantar caprichado, no qual o público poderá escolher entre arroz carreteiro com mix de salada e galeto com massas caseiras.

ITAIPAVA NO ACAMPAMENTO FARROUPILHA 2019

Data: 7 a 20 de setembro
Local: Parque Maurício Sirotski Sobrinho – Porto Alegre

Fonte: Portal Press

CHAMA CRIOULA JÁ ESTÁ EM PORTO ALEGRE

Chama permanecerá guardada na Casa Cultural Arthur Guarisse
Robinson Estrásulas / Agência RBS

29/08/2019 

Centelha trazida de Tenente Portela será levada ao Acampamento Farroupilha no dia 7

Símbolo máximo do tradicionalismo no Rio Grande do Sul, a Chama Crioula chegou nesta quinta-feira (29) a Porto Alegre, onde permanecerá guardada na Casa Cultural Arthur Guarisse até ser levada ao Acampamento Farroupilha, em 7 de setembro.

A chama foi gerada em Tenente Portela no dia 16, em um evento que marcou o início dos Festejos Farroupilhas 2019, e teve suas centelhas transportadas por cerca de mil cavaleiros até as 30 Regiões Tradicionalistas do Estado, seguindo um ritual que teve início em 1947. 

Composta por 11 cidades, incluindo a Capital, a Primeira Região Tradicionalista enviou 25 pessoas a Tenente Portela: 18 cavaleiros e cavaleiras, quatro motoristas e três pessoas no apoio de logística e alimentação — para buscar uma centelha da Chama.

— A cada ano que acendemos a Chama Crioula, estamos despertando no coração de cada gaúcho o sentimento de preservar uma identidade regional muito forte, de valores, costumes  pelos quais lutamos incansavelmente — afirmou o presidente do MTG, Nairo Gallegaro.

Fonte: GaúchaZH

FIFA DÁ SINAL VERDE PARA IRAQUE RECEBER JOGOS DAS ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO



27/08/2019

Entidade também monitora Hong Kong por conta dos recentes protestos. Seleção corre o risco de não jogar contra o Irã em setembro

A Fifa permitiu que o Iraque jogue suas partidas das eliminatórias da Copa do Mundo em sua própria casa, em Baçorá, uma das três maiores cidades do país. Uma delegação especial da entidade foi até lá para fazer uma avaliação de segurança.

Desde a década de 80 o Iraque joga em países neutros, justamente por causa das questões de segurança. O país do Oriente Médio já mandou suas partidas no Irã, Jordânia e na Malásia.

Uma carta enviada à Federação Iraquiana de Futebol pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino, diz que Baçorá pode ser nomeada como a casa oficial para as partidas de qualificação para a Copa do Mundo no Catar, em 2022. Porém, a decisão está sujeita a revogação a qualquer momento, caso a situação volte a piorar.

A Fifa tomou a decisão após um campeonato bem sucedido realizado pela Federação de Futebol da Ásia Ocidental no Iraque e no Curdistão, no mês passado. Este foi o primeiro grande torneio internacional na região desde a Guerra do Golfo, em 1991.

A seleção de Hong Kong deve ser a primeira a jogar no estádio de Baçorá, que tem capacidade para 65 mil pessoas. Inclusive, Hong Kong é monitorado de perto por conta dos protestos que acontecem por lá, que torna a partida contra o Irã, que será em 10 de setembro, uma preocupação para a Fifa.

Fonte: MKTESPORTIVO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...