QATAR REVELA CUSTO ASTRONÔMICO PARA A COPA DO MUNDO DE 2022

Foto: LANCE!

12/02/2016

País do Oriente Médio vai gastar apenas com instalações esportivas quatro vezes mais do que o Brasil gastou com toda a Copa de 2014

O Qatar revelou, nesta segunda-feira, o valor que será investido para a construção de estádios, locais de treinamento para as seleções e o centro internacional de imprensa para a Copa do Mundo de 2022. Segure-se na cadeira para não cair para trás: serão 30 bilhões de dólares, aproximadamente R$ 117 bilhões. 

Os números ficam ainda mais espantosos ao fazer a comparação com o Mundial de 2014, no Brasil. Segundo a última atualização da matriz de responsabilidade disponibilizada pelo Governo Federal, pouco mais de um ano atrás, foram gastos R$ 8,4 bilhões para construção ou reforma dos 12 estádios utilizados na competição. O mesmo documento fechou todos os custos do Mundial passado em R$ 27,1 bilhões, incluindo obras de mobilidade urbana, segurança, etc.

A revelação foi feita por Hassan Al Thawadi, secretário geral da Copa de 2022, em uma entrevista para alguns veículos de imprensa internacional, entre eles o LANCE! , em Doha, durante o Congresso Mundial de Jornalismo Esportivo. 

- São 30 bilhões de dólares em relação a equipamentos de competição, como estádios, centros de treinamento, IBC (centro internacional de imprensa)... Há mais custos indiretos relacionados à Copa, mas esse valor eu não tenho. Sobre redução de custos depois do planejamento oficial, temos tentado diminuir sempre de acordo com as assinaturas de contrato. Estamos buscando o melhor custo-benefício para entregar a estrutura necessária para o campeonato - falou o dirigente. 

O Qatar ainda não recebeu a confirmação da Fifa sobre a quantidade de estádios para a Copa de 2022. Apesar de ter apresentado 12 no dossiê de candidatura, o comitê local já trabalha com a possibilidade de realizar a competição com oito. Destes, uma está sendo apenas ampliado e reformado (Estádio Khalifa) e será entregue ainda este ano. Outros dois, segundo Hassan Al Thawadi, ficarão prontos em 2018: o Al Wakrah e o Al Bayt. Já os estádios Qatar Foundation e Al Rayyan deverão ter as obras completadas em 2019. O valor de cada um deles não foi revelado. 

- Fizemos um estudo e descobrimos que seria mais caro reformar do que demolir o estádio do Al Rayyan. Ele terá capacidade para 45 mil pessoas e depois da Copa ficará com 25 mil. Vamos utilizar 90% do material da demolição para a construção do novo - disse Hassan Al Thawadi. 

CUSTO DAS ARENAS DA COPA DE 2014 

- Mané Garrincha (Brasília) - R$ 1,403 bilhão 
- Arena Corinthians (São Paulo) - R$ 1,080 bilhão 
- Maracanã (Rio de Janeiro) - R$ 1,050 bilhão 
- Mineirão (Belo Horizonte) - R$ 695 milhões 
- Fonte Nova (Salvador) - R$ 684,4 milhões 
- Arena da Amazônia (Manaus) - R$ 660,5 milhões 
- Arena Pantanal (Cuiabá) - R$ 583 milhões 
- Arena Pernambuco (Recife) - R$ 532,6 milhões 
- Castelão (Fortaleza) - R$ 518,6 milhões 
- Arena das Dunas (Natal) - R$ 400 milhões 
- Arena da Baixada (Curitiba) - R$ 391,5 milhões 
- Beira-Rio (Porto Alegre) - R$ 330 milhões

Fonte: Terra

COMITÊ DEFINE OPÇÕES PARA MASCOTE DA COPA DE 2018: TIGRE, LOBO OU GATO

Fuleco terá como sucessor tigre, lobo ou gato (Foto: Divulgação/Fifa.com)

12/02/2016

Organização do Mundial da Rússia escolhe projetos de três estudantes universitárias, que serão aperfeiçoados antes de entrarem em votação popular

Ainda deixando para trás a crise que estourou na Fifa no ano passado, a organização da Copa do Mundo de 2018 vai avançando. Nesta quinta-feira, o Comitê Organizador Local (COL) do Mundial anunciou que definiu três opções de mascote para o torneio na Rússia: tigre, lobo ou gato. Os projetos foram feitos por três estudantes universitárias do país, mas só serão divulgados após o aperfeiçoamento dos desenhos, que, em seguida, entrarão em votação popular.

Os projetos vencedores foram apontados após um painel reunindo personalidades russas, incluindo o goleiro Akinfeev, embaixador da Copa do Mundo, além de atores, apresentadores e designers. Os desenhos agora serão repassados para uma agência que finalizará os detalhes, adicionando qualquer requerimento da Fifa.

- É um grande prazer ver esses rostos jovens e felizes. Quando fizemos esta competição, estávamos confiantes de que uma participação jovem iria aumentar o desafio. Vocês criaram desenhos fascinantes, e um deles será a principal marca do torneio e um herói para milhões de torcedores na Copa - disse o diretor do COL, Alexey Sorokin, em evento que contou com a participação das três estudantes: Ekaterina Bocharova, Valeria Taburenko e Sofia Podlesnykh.


ELIMINATÓRIAS 2018: BRASIL X URUGUAI, EM RECIFE, SERÁ ÀS 16H

Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

06/02/2016

Está definido o horário do jogo do Brasil contra o Uruguai, na sexta-feira, dia 25 de março (feriado), em Recife, válido pela quinta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia 2018.

A Seleção Brasileira enfrentará o Uruguai, às 16h, na Arena Pernambuco.

Quatro dias depois, no dia 29 de março, o Brasil enfrentará o Paraguai, às 20h45 (21h45 de Brasília), em Assunção, no Estádio Defensores Del Chaco, em partida válida pela sexta rodada das Eliminatórias.

O Brasil está em terceiro lugar na classificação das Eliminatórias, com sete pontos ganhos.

Fonte: CBF

A 500 DIAS DO TORNEIO, FIFA DIVULGA LOGO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Fica apresenta logo da Copa das Confederações
(Foto: Reprodução/Instagram)

06/02/2016

Troféu inspira desenho, que tem pássaro de fogo com protagonista. Competição começa em 17 de junho do ano que vem e ainda tem dois participantes a definir

Em meio à crise institucional surgida no ano passado, a Fifa segue sua preparação para o próximo grande torneio que organizará: a Copa das Confederações, no ano que vem. Nesta quarta-feira, a entidade divulgou o logotipo da competição, a 500 dias de seu início. O desenho teve inspiração no troféu que será dado ao campeão da disputa entre seis campeões continentais, a Alemanha (vencedora da Copa de 2014) e a anfitriã russa.

Segundo a explicação da Fifa, o logo apresenta diversas referências ao torneio e à cultura russa. Um pássaro de fogo é representado nas partes superior e inferior do desenho, com cabeça, penas e cauda, fazendo uma "metamorfose para uma bola mágica", que aparece no logo da Copa de 2018. Além disso, oito pontos vermelhos representam os oito participantes da competição.

- O logo oficial e o design do torneio estão inspirados na riqueza cultural e a tradição oral da Rússia. A forma do troféu inspirou o desenho, que está encarnado por um ser mitológico, o pássaro de fogo, seu principal protagonista. A marca reflete as características mais positivas do esporte e, usada de maneira efetiva, servirá tanto para promover o torneio como garantir que todo aquele que participe aproveite uma experiência única - disse o diretor de Marketing da Fifa, Thierry Weil.

Inspirado em troféu, desenho traz pássaro de fogo (Foto: Divulgação/Fifa.com)

A Copa das Confederações será realizada de 17 de junho a 2 de julho de 2017, na Rússia. Já têm participação confirmada a anfitriã Rússia, a campeã mundial Alemanha, além de quatro campeões continentais: Chile (América do Sul), Austrália (Oceania) e México (Américas Central e do Norte). Ainda neste ano será definido o campeão da Eurocopa, e, em janeiro de 2017, o vencedor da Copa das Nações Africanas. 

O torneio terá quatro sedes, que também estarão presentes no Mundial de 2018: Kazan, Moscou, Sochi e São Petersburgo. O sorteio oficial dos grupos será realizado em 26 de novembro, em Kazan.

Taça da Copa das Confederações é exibida na Rússia (Foto: AP Photo/Ivan Sekretarev)

A UM MÊS DA ELEIÇÃO, FIFA CONFIRMA OS CINCO CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA

INfantino, Champagne, Ali, Salman Bin AlKhalifa e Sexwale: candidatos à 
presidência da FIfa (Foto: GloboEsporte.com)

27/01/2016

Debate marcado no Parlamento Europeu é cancelado por desistências

O comitê eleitoral da Fifa confirmou oficialmente nesta terça-feira que os cinco candidatos anunciados ao fim do ano passado estão aptos para concorrer à presidência. São eles Ali Bin AI Hussein, príncipe da Jordânia, Salman Bin Ebrahim AIKhalifa, sheik do Bahrain, o francês Jerôme Champagne, o ítalo-suíço Gianni Infantino, secretário-geral da Uefa, e o sul-africano Tokyo Sexwale.

Na última segunda-feira, o debate entre os candidatos no Parlamento Europeu marcado para a próxima quarta foi cancelado por desistência do príncipe Ali e de Tokyo Sexwale. Na semana passada, Infantino chegou a anunciar que não poderia comparecer, mas que participaria por vídeo-conferência.

O pleito acontece no dia 26 de fevereiro, durante o congresso extraordinário na sede da entidade, em Zurique, na Suíça. Todas as 209 associações nacionais filiadas podem participar. O voto é feito em papel e de forma secreta, só que normalmente os dirigentes do mesmo continente fecham acordo para escolher um candidato. Se algum for indicado por dois terços, é eleito sem necessidade de novos turnos da eleição, fases em que se precisa ter a maioria simples e que os que recebem menos votos vão sendo eliminados até ser alcançada a metade mais um da preferência.


D'ALESSANDRO REPRESENTA O INTER NA DISNEY PARADE

Foto: Divulgação/Inter

16/01/2016

Por Felipe Silveira
Orlando 

O meia D'Alessandro foi o representante do Internacional na tradicional Disney Parade, realizada na tarde desta sexta-feira, no Magic Kingdom, em Orlando. E o capitão colorado teve o privilégio de abrir o desfile sentado em um Camaro conversível vermelho, logo atrás da faixa de saudação que trazia a seguinte mensagem: 'Walt Disney Celebrate 2016 Florida Cup Participants'.

Antes, D'Ale havia posado para fotos junto ao Mickey e a jogadores e representantes de outros times que estão participando do torneio nos Estados Unidos também estiveram presentes no evento, entre Elias e Ronaldo Nazário (Corinthians), Ronaldinho Gaúcho (Fluminense) e Marques (Atlético-MG). "Sempre sonhei em ir para Disney. É a primeira vez que estou aqui. Quero trazer meus filhos. É muito bacana. O futebol proporciona momentos únicos", vibrou o ídolo colorado.



VALDIVIA E VARGAS SÃO SUSPENSOS DE JOGOS DAS ELIMINATÓRIAS

Valdivia foi suspenso por quatro jogos e Vargas ficará fora de dois
Foto: Reprodução/Facebook
16/01/2016

Jogadores pegaram gancho por causa de atitudes no jogo contra o Uruguai, em novembro

A Fifa suspendeu os chilenos Eduardo Vargas e Jorge Valdivia dos próximos jogos da seleção do país pelas Eliminatórias para a Copa da Rússia 2018. Vargas pegou gancho de dois jogos e Valdivia não poderá atuar em quatro partidas.

As punições foram impostas por causa de infrações cometidas pelos jogadores na vitória por 3 a 0 do Uruguai sobre o Chile, em Montevidéu, no dia 17 de novembro do ano passado, pelas Eliminatórias.

Na ocasião, Valdivia foi expulso de campo depois de discutir com o árbitro colombiano Wilmar Roldan e Vargas foi advertido por fazer gestos ofensivos na saída de campo.

Assim, Valdivia e Vargas ficam fora dos jogos contra a Argentina, no dia 24 de março e Venezuela, no dia 29 do mesmo mês. Valdivia ainda desfalca o Chile nos duelos contra o Paraguai, no dia 1º de setembro e Bolívia, no dia 6 de setembro.

Quinto colocado com sete pontos, o Chile está na quinta posição das Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de 2018, atrás de Equador (12 pontos), Uruguai (9), Brasil (7) e Paraguai (7).

Fonte: Band.com.br

COMITÊ DE ÉTICA DIZ QUE LÍDER DE INSPEÇÃO DE CANDIDATURAS DE COPAS PEDIU FAVORES



16/01/2016

A câmara de decisão do Comitê de Ética divulgou nesta quinta-feira oficialmente os motivos da punição ao ex-presidente da Federação Chilena de Futebol e líder do grupo de inspeção da entidade que avaliava as candidaturas para as Copas do Mundo de 2018 e 2022. Em julho de 2015, Harold Mayne-Nicholls (à esquerda na foto com Joseph Blatter e Vitali Mutko) foi banido por sete anos de qualquer atividade relacionada ao futebol. De acordo com o comunicado do Comitê de Ética, Mayne-Nicholls já pode recorrer da decisão no Comitê de Apelação da Fifa.

Segundo o Comitê de Ética, Mayne-Nicholls infringiu os artigos 13 (regras gerais de conduta), 15 (lealdade), 19 (conflito de interesses) e 20 (oferecer e aceitar presentes e outros benefícios) do Código de Ética da Fifa. A mais séria infração, segundo o comunicado, foi ao artigo 20. 

Diz o texto:

"O senhor Mayne-Nicholls, em sua capacidade como presidente do Grupo de Avaliação de Candidaturas da Fifa para as Copas do Mundo de 2018 e 2022, tinha uma obrigação especial quanto à integridade e neutralidade do seu trabalho. A confiança no trabalho do Grupo de Avaliação de Candidaturas era especialmente crucial para que pudesse exercer seus poderes e tarefas de forma apropriada. Após tomar parte em uma visita de inspeção a um dos comitês de candidatura em setembro de 2010, o senhor Mayne-Nicholls, por sua própria iniciativa, repetidamente pediu por favores pessoais relacionados a acomodação e treinamento de seus parentes (um filho, um sobrinho e um cunhado) em uma instituição ligada ao comitê. Esses pedidos, além de serem de natureza pessoal, foram feitos poucos dias depois da visita de inspeção, durante o tempo no qual o Grupo de Avaliação de Candidaturas, presidido pelo senhor Mayne-Nicholls, ainda estava exercendo suas tarefas antes da eleição das sedes para as Copas do Mundo da Fifa de 2018 e 2022".

Na época da divulgação da punição por sete anos, em 2015, Mayne-Nicholls avisou que recorreria em publicações em redes sociais:

- Sobre a decisão em primeira instância do Comitê de Ética, apelarei a todos os órgãos judiciais superiores estabelecidos nos estatutos da Fifa e do TAS (Tribunal Arbitral do Esporte). Me surpreende que a Fifa publique uma sanção que tem recursos pendentes, podendo esta ser modificada por órgãos judiciais superiores.


EX-DIRIGENTE DA GUATEMALA É PRESO POR CORRUPÇÃO NO ESCÂNDALO DA FIFA

Brayan Jimenez está preso em uma cela na Suprema Corte de Justiça 
da Guatemala (Foto: Agência Reuters)

16/01/2016

Foragido desde o mês passado, Brayan Jimenez deve ser extraditado para os EUA. Segundo a polícia, ele estava frágil e embriagado no momento da prisão

Brayan Jimenez, ex-presidente da Federação da Guatemala de Futebol, foi preso pela polícia guatemalteca nesta quarta-feira. O ex-dirigente está entre os 16 latino-americanos com mandados de prisão expedidos pela Justiça dos Estados Unidos por conta do escândalo de corrupção na Fifa. À frente da Federação de 2010 até o ano passado, Jimenez foi preso em um flat de um bairro nobre na Cidade da Guatemala, capital do país.

A polícia local afirmou que Jimenez estava frágil e embriagado quando foi preso. O ex-dirigente está preso em uma cela da Suprema Corte de Justiça na Cidade da Guatemala. A aparição de Jimenez foi bem diferente da última vez em que tinha sido visto pela mídia, em uma coletiva de imprensa, no dia 3 de dezembro. Na ocasião ele tinha cabelo preto e estava com a barba feita.

Em declaração publicada pelo site da BBC, o advogado do preso disse que não vai lutar contra o pedido de extradição da justiça americana e que Jimenez vai provar a inocência na Corte dos Estados Unidos.

Segundo a promotoria, ele e Hector Trujillo, ex-secretário-geral da Federação da Guatemala, receberam uma propina que alcançou seis dígitos na venda de direitos televisivos para as eliminatórias da Copa de 2018. Trujillo foi preso nos Estados Unidos, em dezembro do ano passado.

Fonte: Esportv

POR CANTOS HOMOFÓBICOS, FIFA PUNE ARGENTINA E MAIS 5 PAÍSES

Argentina terá de desembolsar R$ 80 mil por cantos homofóbicos da torcida
Foto: Julian Finney / Getty Images

16/01/2016

Nesta quarta-feira (13/01), a Fifa puniu seis federações por má conduta de seus torcedores durante jogos das Eliminatórias para a Copa de 2018. São elas: Argentina, Chile, Honduras, México, Peru e Uruguai, e foram reportadas através do Sistema de Monitoramento Anti-Discriminação. As sanções divulgadas no site oficial da entidade englobam multas financeiras.

As punições são referentes a cantos homofóbicos entoados pelas torcidas em diferentes partidas, e dizem respeito à violação do Artigo 67 do Código Disciplinar da Fifa. A multa mais pesada foi aplicada ao Chile, que terá que pagar cerca de R$ 277 mil reais. Já Argentina, México, Peru e Uruguai sofrerão uma baixa de quase R$ 80 mil em seus cofres. O processo contra a Federação Hondurenha ainda está em andamento.

Claudio Sulser, presidente do Comitê Disciplinar da Fifa, ressaltou a participação da entidade na luta contra o preconceito, mesmo sabendo das dificuldades.

"A Fifa tem lutado contra a discriminação no futebol por muito anos e uma parte disso são as sanções. Com o novo sistema de monitoramento da Fifa nas Eliminatórias, o Comitê Disciplinar tem um suporte adicional graças aos relatórios detalhados dos jogos fornecidos por observadores anti-discriminação. Mas procedimentos disciplinares não podem mudar sozinhos o comportamento de certos grupos de fãs que, infelizmente, vão contra os valores do nosso jogo", declarou Sulser.

Fonte: Terra

FIFA DEMITE VALCKE, ACUSADO DE VENDA ILEGAL DE INGRESSOS NO MUNDIAL DE 2014

Valcke está oficialmente fora da Fifa (Foto: Reuters)

16/01/2016

Com efeito imediato, medida desliga de vez o francês do cargo de secretário-geral e encerra qualquer vínculo empregatício entre o dirigente e a entidade máxima do futebol

É definitivo: o Comitê de Emergência da Fifa decidiu demitir o francês Jérôme Valcke. Além de tirá-lo do cargo de secretário-geral, a medida acaba com qualquer vínculo empregatício entre o dirigente e a entidade. Acusado de participação em um esquema ilegal de venda de ingressos no Mundial de 2014, ele já estava afastado da função desde setembro do ano passado.

A decisão tem efeito imediato e foi anunciada nesta quarta-feira através de comunicado oficial. Além disso, a Fifa informou que o alemão Markus Kattner continuará como interino no cargo de secretário-geral da entidade.

Valcke, que ainda havia sido suspenso ao lado de Joseph Blatter e Michel Platini, estava fora do dia a dia da federação há quatro meses, quando o Comitê de Ética da Fifa abriu um processo de investigação contra o dirigente. A entidade não deu maiores explicações sobre o motivo que a levou a demiti-lo, apenas citou as investigações que estão em curso.

Segundo as denúncias feitas pelo empresário americano-israelense Benny Alon e publicadas pelo "Estado de S. Paulo" em setembro, Valcke teria montado um esquema para ficar com 50%¨dos lucros da comercialização de 11 mil bilhetes da edição do Mundial de 2014 (os demais veículos falam em 8.750 bilhetes). Os tíquetes seriam negociados por um preço até quatro vezes maior em relação ao valor de face. O dirigente teria arrecadado € 2 milhões (R$ 8,83 milhões, na cotação desta quinta-feira) com a operação, acusou Alon.

Após suspensão e afastamento, Jérôme Valcke está oficialmente 
fora da Fifa (Foto: Maxim Zmeyev/Reuters)

Na semana passada, a câmara decisória do Comitê de Ética da Fifa optou por estender a suspensão ao francês por mais 45 dias, depois do gancho anterior - de 90 dias - expirar há oito dias. Assim como ex-presidente da Uefa Michel Platini e o ex-mandatário da Fifa Joseph Blatter, Valcke havia sido punido 8 de outubro por causa de investigações sobre envolvimento em esquemas de corrupção. 

O dirigente

Valcke iniciou a carreira como jornalista, passando por algumas das principais emissoras da França, e chegou à Fifa em 2003 para assumir o cargo de diretor de Marketing e TV. Três anos depois ele foi afastado do cargo, acusado de ter mentido na negociação de patrocínio com duas grandes empresas de cartões de crédito. O escândalo custou US$ 60 milhões à Fifa.

Mesmo com a polêmica, Joseph Blatter o nomeou secretário geral da Fifa em 2007. Lá, o francês ganhou um papel de protagonista, esteve à frente das organizações dos Mundiais de 2010, na África do Sul, e 2014, no Brasil, e foi até mesmo cotado para a vaga do suíço quando deixasse a presidência da federação. No entanto, ele já havia anunciado que deixaria a Fifa em fevereiro de 2016.


PELÉ ELOGIA FUTEBOL RUSSO E CONFIRMA PRESENÇA NA COPA DE 2018

Pelé integrou seleção brasileira que venceu os mundiais de 1958, 1962 e 1970 Foto:Reuters

11/01/2016

Ex-jogador disse esperar que “seleção brasileira mostre bom futebol por lá”.

O ex-jogador Pelé disse à agência Tass que planeja ir à Rússia durante a Copa do Mundo de 2018.

“Admiro o futebol russo desde os tempos do grande goleiro Lev Yashin, por isso pretendo ir à próxima Copa do Mundo. E espero que a seleção brasileira mostre bom futebol por lá”, disse Pelé.

O ex-jogador avaliou positivamente o atual nível de treinamento na Rússia. “Embora o país não tenha vencido campeonatos internacionais, o futebol russo está pau a pau com as equipes mais fortes da Europa”, acrescentou.

Pelé, de 74 anos, marcou 77 gols em 92 jogos pela seleção brasileira entre 1957 e 1971. Só a Copa do Mundo, ele ganhou três vezes – em 1958, 1962 e 1970.

As partidas do Mundial de 2018, realizadas entre os dias 14 de junho e 15 de julho, serão espalhadas em doze estádios por onze cidades russas.

Fonte: Gazeta Russa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...