.

.

CONMEBOL CONFIRMA MORUMBI COMO SEDE DA ABERTURA DA COPA AMÉRICA

O Morumbi receberá a abertura da Copa América (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

21/09/2018 

As sedes da Copa América de 2019, que será realizada no Brasil entre os dias 14 de junho e sete de julho, estão definidas. A Conmebol emitiu comunicado aprovando a proposta apresentada pelo Comitê Organizador Local (COL) em relação às sedes da competição, definindo, assim, o Morumbi como palco da abertura.

A grande final do torneio será disputada no Maracanã, enquanto o Allianz Parque será o segundo estádio da capital paulista. A Arena Fonte Nova, em Salvador, o Mineirão, em Belo Horizonte, e a Arena do Grêmio, em Porto Alegre, completam os estádios que receberão os demais jogos.

Para ficar com a abertura, o Morumbi venceu a concorrência do Allianz Parque e teve como diferencial sua capacidade. A casa são-paulina pode receber 67 mil torcedores, enquanto o estádio palmeirense 42 mil, potencializando o lucro da Conmebol em uma partida desse porte.

“Nosso objetivo foi selecionar estádios modernos, com grande capacidade de público e que tenham operação regular em partidas de futebol e shows internacionais. Combinamos estádios usados ​​na Copa do Mundo de 2014 com outros que ainda não participaram de grandes eventos no Brasil. Em adição, estamos preservando a recuperação física dos atletas e da qualidade da competição com a premissa de que as seleções não terão que viajar mais de três horas entre as sedes”, explicou Rogério Caboclo, CEO do Comitê Organizador Local.

Proprietário do Morumbi, o São Paulo fará reformas afim de adequar o estádio às normas da Conmebol. Entre as mudanças necessárias estão: a ampliação dos vestiários e da tribuna de imprensa, a otimização dos cabos de internet, a instalação de telões, a troca do sistema de iluminação e a implantação de uma sala para o VAR (o árbitro de vídeo).

Por fim, o clube conta com a inauguração da estação São Paulo-Morumbi da linha 4 amarela, já que chegar ao estádio por meio do sistema de transporte público é bem complicado. A entrega prevista pelo Governo Estadual é para o fim do próximo mês.

As semifinais do torneio ocorrerão na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e no Mineirão, em Belo Horizonte. Além dos 10 países membros da Conmebol (Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela), a Copa América terá a presença de Japão e Catar, seleções convidadas.



FILME SOBRE O VAR SERÁ LANÇADO EM SESSÃO GRATUITA EM SÃO PAULO



21/08/2018

O documentário estreia no dia 2 de outubro, às 19h, em sessão gratuita do CINEfoot no auditório do Museu do Futebol

A adoção do árbitro de vídeo vem para reduzir os erros e trazer justiça ao futebol? Ou a tecnologia acaba com a polêmica e tira a graça do esporte? As mais diversas visões sobre o recurso de arbitragem são debatidas no curta-metragem “VAR – Reflexões sobre o árbitro assistente de vídeo”. O filme será lançado no dia 2 de outubro, às 19h, durante a mostra competitiva do CINEfoot, o festival brasileiro de cinema de futebol.

A sessão será aberta ao público, com entrada gratuita, no auditório do Museu do Futebol em São Paulo. O documentário traz a opinião de ex-árbitros que acompanharam as tentativas de adoção do VAR, como Salvio Spinola e Oscar Roberto Godoi.

O filme também ouve quem participou dos debates na Fifa e na Uefa, como o instrutor técnico Marcos Falopa, além de repercutir opinião da mídia, como o jornalista Julio Gomes e o narrador Marcelo do Ó.

ASSISTA AO TRAILER:


SOBRE O FILME

O filme faz um resgate histórico e relembra os 20 anos do “caso Castrilli”. Em 1998, o futebol brasileiro assistiu a uma das mais controversas arbitragens já vistas. Na semifinal do Campeonato Paulista, o juiz argentino Javier Castrilli deu um pênalti para lá de discutível ao Corinthians e tirou a Portuguesa da final no último minuto.

O documentário deixa a pergunta: e se o VAR existisse e fosse usado na época? O resultado teria sido diferente?

“VAR - Reflexões sobre o árbitro assistente de vídeo” não se limita apenas às opiniões de especialistas, mas sai a campo e dá voz a torcedores, a boleiros e até ao dono de um dos lugares mais tradicionais de discussão: a barbearia. Trata-se de um curta-metragem que une a visão técnica e de gestão com a opinião de quem frequenta as arquibancadas.

O filme é uma produção do Acervo da Bola e tem a direção do produtor multimídia Cristiano Fukuyama e do jornalista Luiz Nascimento. A dupla já lançou mais de uma dezena de filmes, tendo sido premiada duas vezes no CINEfoot.

Em 2016, venceram o prêmio de melhor longa-metragem com “Ivair – O Príncipe do Futebol”. Em 2017, com “Eu, Jogadora”, ficaram com o prêmio de segundo melhor curta-metragem em exibição no festival.

SESSÃO DE LANÇAMENTO

CINEfoot – Festival Brasileiro de Cinema de Futebol
Data: 2 de outubro de 2018
Horário:19h00
Local: Auditório do Museu do Futebol
Endereço: Praça Charles Miler, s/n, São Paulo, SP

FICHA TÉCNICA

VAR – Reflexões sobre o árbitro assistente de vídeo
Produção: Acervo da Bola
Direção: Cristiano Fukuyama e Luiz Nascimento
Entrevistados: Daniel Domingues Pires, Julio Gomes, Marcelo do Ó, Marcelo Eichenberg, Marcos Falopa, Murilo Oliveira, Oscar Roberto Godoi e Salvio Spinola.
Duração: 22 minutos

Fonte: Futebol Interior 



NEYMAR FARÁ SEU PRIMEIRO GRANDE JOGO APÓS A COPA DO MUNDO

Neymar tem primeiro grande jogo após a Copa do Mundo Foto: Benoit Tessier/ Reuters

18/09/2018

PSG enfrenta o Liverpool nesta terça-feira, às 16h, no primeiro desafio do brasileiro depois de disputar o Mundial da Rússia

O Estado de S.Paulo

Após cair junto com a seleção brasileira nas quartas de final da Copa na Rússia, Neymar faz nesta terça-feira, às 16h (de Brasília), com o Paris Saint-Germain, sua primeira grande partida depois do fracasso no Mundial. O time do atacante encara o Liverpool, no Anfield Road, na abertura do grupo C da Liga dos Campeões.

Na véspera do duelo, o astro voltou a ser o centro das atenções. Ao projetar a partida, o técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, defendeu o brasileiro ao dizer que considera normal os “mergulhos” de Neymar em campo em momentos dos jogos. “Faz parte do futebol. Ele realmente sofre uma marcação forte e esta atitude é uma forma de proteção, é até inteligente”, afirmou o treinador. “Lógico que em alguns momentos ele exagera, mas se trata de uma reação normal às faltas”, disse. O Liverpool não será um rival fácil para o PSG. O time inglês chegou à final na edição passada e conta com Salah, um dos principais atletas da Europa.

Outros sete jogos abrem a fase de grupos. Em um deles, o Barça recebe o PSV no Camp Nou pelo Grupo B, que ainda terá Inter x Tottenham. Começam às 13h55 (de Brasília). 

DESFILE FARROUPILHA É ASSISTIDO POR 10 MIL PESSOAS

Cerca de 1,5 mil cavalariços percorreram trecho da avenida Beira Rio neste feriado
Foto: Joel Vargas/PMPA

20/09/2018 

Cerca de 10 mil pessoas assistiram ao tradicional desfile de 20 de setembro,  na manhã desta quinta-feira, na avenida Edivaldo Pereira Paiva. A estimativa é do Comando do Primeiro Batalhão da Brigada Militar (Beira Rio).  O Desfile Farroupilha começou com uma homenagem da banda da Brigada Militar a Paixão Côrtes, tradicionalista símbolo do gauchismo, que faleceu em agosto deste ano aos 91 anos. 

Aproximadamente 1,5 mil pessoas do Movimento Tradicionalista Gaúcho seguiram as tradições desfilando pilchados e com seus cavalos. Entre eles o presidente do MTG, Nairo Callegaro. Além disso, o desfile também contou com a Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Colégio Militar e Batalhão de Operações Especiais.  

No palanque de convidados, o vice-prefeito e secretário municipal de Relações Institucionais e Articulação Política, Gustavo Paim, assistiu ao desfile ao lado do governador do Estado, José Ivo Sartori, e da primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori.  



CONMEBOL OFICIALIZA SEDES DA COPA AMÉRICA E SEMIFINAL NA ARENA

Divulgação / Conmebol

18/09/2018 

Confederação Sul-Americana aprovou a lista de estádio que sediarão a competição no Brasil

O conselho da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) aprovou, nesta segunda-feira (17), a proposta apresentada pelo Comitê Organizador da Copa América 2019 com relação as cidades-sede e estádios selecionados para a competição, que será disputada entre 14 de junho e 7 de julho no Brasil.

O Estádio Morumbi foi indicado para receber a abertura, que terá a Seleção Brasileira em campo. A grande final será no Estádio do Maracanã. Arena do Grêmio e Estádio Mineirão são os locais das semifinais. Arena Fonte Nova e Arena Palmeiras completam a relação de estádios da competição. O próximo passo para a confirmação dos locais é a assinatura dos contratos com cada gestor.

Desta forma, a 46ª edição do torneio mais antigo de seleções do mundo e que retorna ao Brasil após 30 anos, será disputada em cinco cidades-sede (Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo) com 12 seleções participantes. Em campo, nove títulos da Copa do Mundo reunidos e algumas das maiores estrelas do futebol mundial. 

Além dos dez países sul-americanos membros da Conmebol (Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela), Japão e Qatar participarão como convidados.

— Nosso objetivo foi selecionar estádios modernos, com grande capacidade de público e que tenham operação regular em partidas de futebol e shows internacionais. Combinamos estádios usados na Copa do Mundo 2014 com outros que ainda não participaram dos grandes eventos realizados no Brasil. Além disso, preservamos a recuperação física dos atletas e a qualidade do espetáculo com a premissa de não haver viagens acima de três horas entre as sedes — explicou Rogério Caboclo, CEO do Comitê Organizador Local da Copa América 2019.

— Estamos chegando cada vez mais perto de uma nova edição do mais antigo torneio de Seleções do mundo. Com a qualidade técnica das equipes sul-americanas e o alto nível de competição na Conmebol, a mais competitiva do planeta, a Copa América 2019 promete ser uma competição emocionante. E que lugar melhor do que o Brasil, lar do pentacampeonato mundial, do Pelé e do belo jogo, para oferecer ao mundo e aos nossos convidados a oportunidade de vivenciar a paixão, a magia e a rica história do futebol sul-americano? — afirmou Alejandro Dominguez, presidente da Conmebol.  

Confira os estádios indicados para a Copa América Brasil 2019:

Estadio Mineirão – Belo Horizonte
Capacidade aproximada: 63.000 espectadores 

Arena do Grêmio – Porto Alegre
Capacidade aproximada: 56.000 espectadores 

Estádio do Maracanã – Rio de Janeiro
Capacidade aproximada: 78.000 espectadores 

Estádio Morumbi – São Paulo
Capacidade aproximada: 67.000 espectadores 

Arena Palmeiras – São Paulo
Capacidade aproximada: 42.000 espectadores 

Arena Fonte Nova – Salvador
Capacidade aproximada: 48.000 espectadores

Fonte: GAÚCHAZH



Argentinos que humilharam mulheres na Copa do Mundo estão vetados de entrar no estádio por dois anos

Quatro torcedores argentinos estão banidos de entrar no estádio durante dois anos Getty Images

16/09/2018

A Copa do Mundo na Rússia chegou ao fim, mas as consequências dos assédios sofridos por mulheres continua. Quatro novos torcedores da Argentina ficarão sem entrar em estádios do país pelos próximos dois anos. Três deles são os que gravaram jovens russas repetindo frases de conotação sexual. O quarto é um homem que gravou um vídeo com um árabe, fazendo-o repetir frases com referências ao terrorismo.

A decisão foi feita pelo Ministério de Segurança da Nação. Segundo o jornal Diário Oficial, a explicação foi: “Do Estado Nacional não é possível evitar este tipo de comportamento dentro de suas fronteiras ou quando é feito no exterior, já que implicitamente todo cidadão, como um membro desta comunidade, representa o todo de valores e princípios que regem a vida em nossa sociedade”.

Os responsáveis pelo crime são Néstor Fernando Penovi, Cláudio Daniel Fitterer, Marcelo Alberto Gênova e Juan Pablo Olguín. Os quatro não poderão participar de nada relacionado a futebol no país durante dois anos.

O ministério, que é comandado por Patricia Bullrich, afirmou que as desculpas dadas pelos protagonistas não foram satisfatórias ou adequadas para desculpá-los pelo mau comportamento. A proibição de entrar nos estádios durante dois anos deu-se para prevenir atos de agressão e violência.

O primeiro caso que se tornou viral foi o de Penovi, 47 anos, onde ele fazia uma mulher repetir frases de conotação sexual. Assim que foi identificado pelas autoridades, ele teve seu Fan ID removido pela FIFA, foi deportado e recebeu condenação social. Fitterer, foi registrado abraçando uma asiática pedindo que ela fizesse sinais e repetisse palavras relacionadas a sexo oral.

Marcelo Alberto Gênova foi gravado com uma moça nas ruas de Moscou fazendo com ela que repetisse frases obscenas. Quando o vídeo foi divulgado, ele pediu desculpas e assumiu ter ficado envergonhado, mas a empresa que ele trabalhava como gerente em Córdoba, o demitiu.

Já Olguín foi gravado com um árabe, usando turbante, e ele pediu para que ele dissesse “bomba para Naschel”, um time de futebol de San Luis, na Argentina, rival de Papagayos, onde o homem é secretário de assuntos jurídicos.

Fonte: ESPN


Acampamento Farroupilha começa na sexta-feira, confira a programação

Foto: Arquivo PMBC

13/09/2018

Música tradicionalista ao vivo, comida típica gaúcha e danças folclóricas são algumas das atrações do 6º Acampamento Farroupilha, que começa nesta sexta-feira (14), às 19h. São esperadas para o evento, que segue até dia 23, mais de 40 mil pessoas de toda a região.

O Acampamento Farroupilha ocorre em um espaço na Avenida do Estado, esquina com a Rua 904, em frente à Praça das Bandeiras, e tem entrada gratuita. O estacionamento custa R$ 10. Nos dias úteis, o Acampamento funcionará das 19h às 23h. Nos fins de semana, o horário será das 10h às 23h. Nesta edição, o homenageado será Paixão Côrtes, símbolo do gauchismo, que morreu em 27 de agosto.

Nos 10 dias de duração da festa, 17 grupos tradicionalistas selecionados para o evento vão preparar e vender a comida típica e apresentar a cultura gaúcha aos visitantes, por meio da música, dança, declamação, invernadas artísticas, entre outras atividades. No Acampamento Farroupilha, haverá ainda shows musicais, sempre às 20h, com grandes nomes do tradicionalismo, como Grupo Quero-Quero, Jari Terres, Quarteto Coração de Potro, Tchê Guri e Juliano Moreno (confira a programação abaixo). Também estão previstas apresentações artísticas e um espaço de convivência cultural organizados pela Secretaria da Pessoa Idosa.

Uma das atrações é a cavalgada pelas ruas da cidade. No sábado (15), os cavalarianos saem do Acampamento às 14h, passam pela Avenida do Estado, Avenida Central, Avenida Brasil até próximo à Rua 3000, Avenida Atlântica até a Rua 1131, retornam pela Avenida Brasil até a Alvin Bauer e seguem em direção ao local da festa. Haverá música ao vivo com Juliano Moreno e Maurício Coldebella.

O evento é alusivo ao aniversário da Revolução Farroupilha, que começou em 20 de setembro de 1835, no Rio Grande do Sul, e terminou em 1845. Contra o governo imperial do Brasil, a revolução é considerada uma das mais longas rebeliões da história do país. O Acampamento Farroupilha é realizado pela Associação Gaúcha em Santa Catarina (AGASC) e comissão organizadora e tem o apoio da Prefeitura, por meio da Fundação Cultural (edital de apoio a eventos) e da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico (na infraestrutura).

“Esse tradicional evento tem vocação para evoluir para uma festa de âmbito estadual e, para isso, está sendo feito um trabalho entre os grupos organizadores, a AGASC e a Fundação Cultural para que, a partir do ano que vem, os recursos sejam oriundos da iniciativa privada por meio de patrocínios diretos e pela Lei Rouanet (Lei Federal de Incentivo à Cultura)”, diz o presidente da Fundação Cultural, George Varela.

PROGRAMAÇÃO

Acampamento Farroupilha (14 a 23 de setembro)

14/09 – Sexta-feira

– 19h: Apresentação de dança com grupo Sentinelas do Rincão
Galpão dos Piás (canto, poesia, brincadeiras tradicionais), Piquete Boca Braba
– 19h30: Apresentação Invernada Artística Sentinelas do Rincão
– 19h45: Apresentação musical com Cássia Abreu e grupo (Coração Maragato)
– 20h: Abertura Oficial com as autoridades municipais
– 21h: Show de abertura Grupo ESTÂNCIA FANDANGUEIRA

15/09 – SÁBADO

– 10h: Mateada, churrasco, gincanas, atrações culturais e vaca parada – Piquete Boca Braba
– 12h: Apresentação musical com Rafael Juan (grupo Alma Missioneira)
– 14h: Início da CAVALGADA E DESFILE FARROUPILHA – 6º Acampamento pelas principais ruas da cidade. Apresentação Juan Daniel e Edegar Soares. SHOW JULIANO MORENO, MAURICIO COLDEBELLA.
– 17h: Programa Tchê Menina ao vivo com Tchê Adilson
– 17h30: Solenidade de abertura e acendimento da Chama Crioula
– 18h: Apresentação musical com rancho Cola Atada
– 19h: Show com JULIANO MORENO
– 20h: Apresentação de dança com grupo Gaúchos de Fato
– 20h: Apresentação de dança com grupo artístico Charruas
– 21h: Show-baile TRANCÃO DE BAILE

16/09 – DOMINGO

– 9h: Rancho de Taura – Rádio Menina FM ao vivo. Osmar Fernandes
– 10h: Celebração Crioula – AGASC
– 10h: Mateada, churrasco, gincanas, atrações culturais e vaca parada – Piquete Boca Braba
– 12h: Apresentação musical grupo Lança Farrapa
– 13h: Apresentação Marcelo Paz e grupo Rancho Campos
– 18h: Apresentação musical com Rancho Cola Atada
– 19h: Apresentação de dança com o grupo Gaudérios da Querência
– 19h: Apresentação de dança com o grupo Sou do Sul
– 20h: Apresentação de dança com o grupo Tertúlia do Litoral
– 21h: Show-baile com Grupo CHAMA GAÚCHA

17/09 – SEGUNDA-FEIRA

– 19h: Apresentação de dança com o grupo Amigos do Tchê
– 19h30: Apresentação de dança com o grupo Parceria Campeira
– 20h: Apresentação de dança com o grupo Estilo Serrano
– 21h: Show-baile Grupo LIDA CAMPEIRA

18/09 – TERÇA-FEIRA

– 19h: Apresentação de dança com o grupo Tertúlia do Litoral
– 19h: Apresentação de dança com o grupo Sou do Sul
– 20h: Marcelo Paz. Piquete Boca Braba. Homenagem Cezar Passarinho. “20 anos de silêncio.”
– 21h: Show-baile GRUPO QUERO-QUERO

19/09 – QUARTA-FEIRA

– 19h: Apresentação de dança com o grupo Parceria Campeira
– 19h30: Apresentação de dança com o grupo Laçando a Tradição
– 20h: Música Professor Assis H. J. G. – AGASC
– 21h: Show-baile Grupo LEGIÃO GAÚCHA

20/09 – QUINTA-FEIRA

– 19h: Declamação e música Gedir Jorge da silva, grupo Alma Missioneira
– 19h: Declamação Seu Paulinho Cavaleiros Sem Fronteiras
– 19h: Música Natanael Soares e grupo
– 20h: Apresentação invernada artística com CTG Barra Mansa
– 20h20: Show QUARTETO CORAÇÃO DE POTRO
– 22h: Show OSMAR FERNANDES

21/09 – SEXTA-FEIRA

– 18h30: Apresentação de dança com o grupo Raio de Sol
– 19h: Apresentação Marcelo Paz, Grupo Rancho Campos
– 19h30: Apresentação de dança invernada artística com o grupo Alma Missioneira
– 20h: Apresentação musical Grupo Bagualles e Jucelino Machado
– 21h: Show JARI TERRES

22/09 – SÁBADO

– 10h: Vaca Parada adulto, torneio de truco adulto e espaço cultural galpão da piazada – Piquete Boca Braba
– 13h: Marcelo Paz, Boca Braba, Show de pai para filho
– 14h: Festival de Interpretes e Declamadores Bagualles, Um canto de amor à terra
– 15h45: 2º Concurso de Dança – Chamamé – Laços da Fronteira
– 17h: Show TRIO RIENDA LARGA
Programa Tchê Menina ao vivo com Tchê Adilson – Menina FM
– 18h: Apresentação musical com o rancho Cola Atada
– 19h: Apresentação de dança invernada artística com o grupo Tertúlia do Litoral
– 19h30: Apresentação de dança invernada artística CTG Barra Mansa
– 21h: Show-baile Grupo CAMPEIRAÇO

23/09 – DOMINGO

– 9h: Programa Rancho de Taura ao vivo, com Osmar Fernandes
– 10h: Finais Vaca parada, demonstração de aptidões da piazada, premiações gerais – Piquete Boca Braba
– 12h: Apresentação musical com o grupo Tento Zorzal
– 13h: Apresentação musical Rafael Juan com o grupo Alma Missioneira
– 17h: Apresentação de dança com o grupo Estampa Gaúcha
– 18h: Apresentação musical grupo Pancada da Vaneira
– 19h: Apresentação de dança com o grupo Laçando a Tradição
– 19h30: Apresentação de dança com o grupo artístico Charruas
– 20h: Apresentação de dança com o grupo Laços da Fronteira
– 20h30:  Cerimônia de encerramento e apagar da Chama Crioula. Homenagem a PAIXÃO CÔRTEZ
– 21h Show de encerramento Grupo TCHÊ GURI

Fonte: BC Notícias


A festa do cinema de futebol vai começar! Vem aí, o 9º Cinefoot



13/09/2018

Uma rara seleção de filmes com entrada franca em diversos locais

O CINEFOOT-FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL dá o pontapé inicial para a sua nona edição de 20 a 25 de setembro,no Rio de Janeiro, apresentando uma programação composta por 40 filmes, com entrada franca.

O festival conta esse ano com 25 filmes brasileiros e 15 internacionais oriundos do Uruguai, França, Itália, Suécia, Argentina, Suíça, Espanha, Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha.

Em 2018, o CINEFOOT realizará as suas mostras competitivas de curtas e longas-metragens pela primeira vez no Estação Net Botafogo, além das mostras especiais no CCBB-Centro Cultural Banco do Brasil e CCJF-Centro Cultural Justiça Federal. O festival estará presente também em Niterói, no Cine Arte UFF.

No Cinemaison e no Cine Teatro Eduardo Coutinho acontecem duas sessões especiais do CINEFOOT.

Programação 9º CINEFOOT:

SESSÃO ESPECIAL DE ABERTURA pela primeira vez no ESTAÇÃO NET BOTAFOGO

Dia 20, quinta-feira, às 20h

O longa URUGUAIO "PARA SEMPRE CHAPE“ É O FILME DE ABERTURA DO 9˚ CINEFOOT QUE CONTARÁ COM A PRESENÇA DO DIRETOR LUIS ARA HERMIDA

Em 2016, a Chapecoense se classificou para a final da Copa Sul-Americana, algo inédito para o clube até então. Mas a trajetória histórica foi interrompida no dia 28 de novembro do mesmo ano, quando o avião que transportava o time sofreu um grave acidente, provocando a morte de 71 pessoas. A história não parou e, em homenagem às vítimas e aos sobreviventes da tragédia, clube e torcedores procuram seguir em frente. O documentário tem depoimentos dos sobreviventes, familiares e autoridades envolvidas com o acidente, além de outros personagens em gravações realizadas em Medellín, Chapecó, Montevidéu e Barcelona.

"SUPERSTIÇÃO E FUTEBOL“, JOIA RARA REDESCOBERTA POR SYLVIO LANNA, O CURTA TAMBÉM ESTARÁ NA SESSÃO ESPECIAL DE ABERTURA

Décadas depois, o Diretor Sylvio Lanna localizou"SUPERSTIÇÃO E FUTEBOL”eexibirá o curta-metragemnesta sessão histórica no CINEFOOT. Ganhador do Festival Internacional de Oberhausen em 1970, o filme burlou magistralmente a censura da ditadura militar, sendo enviado para o festival com apoio das autoridades diplomáticas da Alemanha no Rio de Janeiro.A equipe do filme produzido em 1968, conta com nomes marcantes do cinema brasileiro, como Andrea Tonacci, além dos jornalistas José Cunha e José Trajano no início de suas carreiras.

O filme trata da superstição e crenças de caráter religioso ligadas ao futebol. Tem Pai Santana num centro de umbanda, jogadores em reza constante nos vestiários e Pelé num depoimento na Vila Belmiro há 50 anos. O Diretor Sylvio Lanna será homenageado na sessão especial de abertura do CINEFOOT.

AS MOSTRAS COMPETITIVAS DE CURTAS E LONGAS-METRAGENS

De 20 a 25 de setembro, de quinta a terça-feira, no ESTAÇÃO NET BOTAFOGO

Para a MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS no Rio de Janeiro, o CINEFOOT reúne sete filmes, todos inéditos no Brasil.

São eles:

1) SANGUE DE CAMPEÕES (Dir. Sebastián Bednarik e Guzmán García, Uruguai/Brasil);

2) FUTEBOL PARA MELHOR OU PARA PIOR (Dir. Inger Molin, Suécia);

3) BOBBY ROBSON: MAIS QUE UM TREINADOR (Dir. Gabriel Clarke e Torquil Jone, Inglaterra);

4) AS COPAS POR UM CLIQUE (Dir. Douglas Lima e Jefferson Rodrigues, Brasil);

5) MÁRIO (Dir. Marcel Gisler, Suíça);

6) O OUTRO LADO DA BOLA (Dir. Diego Crespo, Argentina);

7) TRIUNFO (Dir. Kreshnik Jonuzi, Luftar Von Rama e Charlie Askew, Estados Unidos).


O CINEFOOT premiará o melhor filme de longa-metragem exclusivamente através do voto popular.

Para a MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS no Rio de Janeiro, o CINEFOOT selecionou 7 filmes.

São eles:

1) FONTE NOVA (Dir. Matheus Vianna, Brasil-BA);

2) POBRE YURINHO (Dir. João Ademir, Brasil-RJ);

3) NANDO-O JOGADOR ANISTIADO (Dir. João Wainer, Brasil-SP);

4) CRAQUE (Dir. Julián Candón, Espanha);

5) A PRIMEIRA (Dir. André Gallindo, Brasil-RJ);

6) UM BAYERN DIFERENTE (Dir. Matthias Koßmehl, Alemanha);

7) EM LA BOCA (Dir. Matteo Gariglio, Suíça/Argentina)

O CINEFOOT premiará o melhor filme de curta-metragem exclusivamente através do voto popular

CINEFOOT / RIO DE JANEIRO / SESSÕES ESPECIAIS DE HOMENAGEM

De 20 a 24 de setembro, de sexta a segunda-feira, no ESTAÇÃO NET BOTAFOGO

20/09, QUINTA, ÀS 20h

Sylvio Lanna, Diretor do filme"SUPERSTIÇÃO E FUTEBOL”. Tributo ao Diretor pelo resgate de um tesouro cinematográfico brasileiro produzido em 1968, portanto, há 50 anos.

21/09, SEXTA, ÀS 19h

Homenagem aos 40 anos do título carioca de 1978 conquistado pelo CR Flamengo com gol de Rondinelli. Exibição de “O DEUS DA RAÇA” com a presença dos DiretoresFelipe Nepomuceno e Pedro Asbeg, além de jogadores desta conquista. Exibição do vídeo-homenagem produzido pelo Museu da Pelada.

22/09, SÁBADO, ÀS 17h

Homenagem ao Professor Paulo Cypa, coordenador da escolinha de futebol do Morro do Vidigal, que completa 30 anos de atividades ininterruptas realizando um imprescindível trabalho social ligado ao futebol e forte vínculo com a comunidade. Gerações de alunos passaram pela escolinha de futebol do Professor Cypa, um espaço de resistência há 3 décadas.

22/09, SÁBADO, ÀS 19h

Homenagem ao cineasta José Carlos Asbeg, Diretor de"1958 O ANO EM QUE O MUNDO DESCOBRIU O BRASIL",que receberá a Honraria Futebol Arte 2018, um reconhecimento anual do CINEFOOT aos profissionais do cinema com dedicação à cinematografia de futebol.

A homenagem central do 9˚CINEFOOT é voltada para a celebração dos 60 anos da conquista da primeira Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. E esta sessão-homenagem culminará com a exibição de"1958 O ANO EM QUE O MUNDO DESCOBRIU O BRASIL", que revela os detalhes do inédito triunfo brasileiro na Copa do Mundo da Suécia.

22/09, SÁBADO, ÀS 21h

Homenagem à Suécia, país-homenageado do 9˚CINEFOOT, sede da Copa do Mundo vencida pelo Brasil em 1958. Exibição do filme sueco com temática de futebol feminino "FUTEBOL PARA MELHOR OU PARA PIOR“,da Diretora Inger Molin com depoimentos da craque brasileira Marta.

O FC Rosengård é um dos melhores clubes de futebol feminino do mundo. Porém, enfrenta um ano dramático com vitórias e derrotas da equipe dentro e fora do campo.

Nos bastidores, a pulsação da vida cotidiana em um local de trabalho como um clube de futebol profissional destacando a luta do clube para sobreviver em uma situação econômica difícil. Estrelando Marta e Therese Sjögran.

23/09, DOMINGO, ÀS 19h

Homenagem à fotografia e aos fotógrafos com atuação profissional no registro de imagens envolvendo o futebol. Homenagem aos fotógrafos Yuri Cortez, Nayra Halm e Antônio Lúcio (in memoriam). Exibição de dois filmes que unem fotografia e futebol:

“AS COPAS POR UM CLIQUE”,Direção de Douglas Lima e Jefferson Rodrigues.

Uma viagem por seis belas imagens de Copas do Mundo com o olhar dos fotógrafos. Histórias de fotos marcantes da Seleção Brasileira em Copas. Os personagens são os fotógrafos, jogadores, técnicos e jornalistas que estiveram nos Mundiais desde 1970 até a Copa de 2014 no Brasil e viveram esses seis momentos eternizados em uma imagem.

"A PRIMEIRA",Dir. André Gallindo.

A filha do fotógrafo Antônio Lúcio e seus negativos. Um senhor e sua caderneta. Um campeão do mundo e seu caderno. O filho de um craque e uma caixa de papelão. Personagens que não se conhecem mas que guardaram por décadas relíquias da primeira Copa do Mundo conquistada pelo Brasil. Objetos que se encontram em 'A Primeira' e formam um recorte de lembranças particular, afetivo e inédito, da preparação para o Mundial de 1958 até a volta consagrada ao Brasil após a conquista na Suécia.

24/09, SEGUNDA, ÀS 21h

Homenagem ao CR Vasco da Gama, 120 anos de fundação, 70 anos Campeonato Sul-Americano de Clubes Campeões 1948, 60 anos do Supercampeonato 1958, 20 anos da Libertadores 1998. Exibição do vídeo-homenagem produzido pelo Museu da Pelada.

MOSTRA ESPECIAL "GERALDINOS & ARQUIBALDOS“

De 21 a 24 de setembro, de sexta a segunda-feira, no CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil
A Mostra Especial "Geraldinos & Arquibaldos“ é um segmento não competitivo do CINEFOOT que reúne filmes que abordam a paixão dos torcedores, direitos humanos, questões de gênero, raça, memória, identidade, bem como as faces humanas, democráticas e libertárias do futebol. A Mostra concentra as atividades de reflexão organizadas pelo CINEFOOT realizando algumas sessões seguidas de debate com o público.

Em 2018, a coordenação destes encontros será de Leda Costa, Pesquisadora do LEME (Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte) da UERJ e Professora do curso de Comunicação da Unicarioca.

Foram selecionados onze filmes:

1) 25 ANOS (Dir. Diego Mello, João Pedro Castro e Rafael de Moura Machado, Brasil-RJ);

2) A EQUIPE DO MEU BAIRRO (Dir. Rafa de los Arcos, Espanha);

3) EM LA BOCA (Dir. Matteo Gariglio, Suíça/Argentina) - Com debate após a sessão;

4) FUTEBOL PARA MELHOR OU PARA PIOR (Dir. Inger Molin, Suécia);

5) UM CRAQUE ESQUECIDO (Dir. Ygor Lioi, Brasil-RJ);

6) GARRINCHA NO TIMÃO (Dir. Helvidio Mattos e Rafael Valente, Brasil-SP);

7) MINHA COPA (Dir. Karin Duarte, Brasil-RJ) - Com debate após a sessão;

8) NÓS VAMOS ACABAR COM O PLANETA (Dir. João Ricardo Moreira, Brasil-SP);

9) REFUGIADOS E FUTEBOL (Rot/Ed. Raquel Andrade, Brasil-RJ) - Com debate após a sessão;

10) SELEÇÃO-DRAMA E GLÓRIA DO BRASIL (Dir. Ernesto Rodrigues, Brasil-RJ) - Com debate após a sessão;

11) MÁRIO (Dir. Marcel Gisler, Suíça) -Com debate após a sessão e HomenagemBeescats Soccer Boys, futebol e diversidade. Equipe medalha de prata no Gay Games Paris 2018.

A MOSTRA ESPECIAL "DENTE DE LEITE“

ENTRADA FRANCA (Sujeita à Lotação da Sala)

De 21 e 24 de setembro, de sexta a terça-feira, no CCBB/RJ

Dia 22 de setembro, sábado, no CINE TEATRO EDUARDO COUTINHO

Dia 22 de setembro, sábado, no CCJF-CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL

Realizada pelo nono ano consecutivo, a MOSTRA DENTE DE LEITE busca contribuir para o processo de formação de espectadores, apresentando uma rica e variada seleção de curtas-metragens futebolísticos voltada para o público infantojuvenil.

-GAÚCHOS CANARINHOS, Brasil, Dir. Renê Goya Filho, DOC;

-O PRIMEIRO JOÃO, Brasil, Dir. André Castelão, ANIMA;

-A RUA É PÚBLICA, Brasil, Dir. Anderson Lima, FIC;

-A CULPA É DO NEYMAR, Brasil, Dir. João Ademir, FIC;

-TAPETE VERDE, Brasil, Dir. Angelo Martin, DOC;

-DOIS PÉS ESQUERDOS, Itália, Dir. Isabella Salvetti, FIC;

-CRAQUE, Espanha, Dir. Julián Candón, FIC.

CINEFOOT EM NITERÓI

De 21 a 24 de setembro, de sexta a segunda-feira, no CINE ARTE UFF

O CINE ARTE UFF recebe o CINEFOOT em Niterói pelo segundo ano consecutivo, apresentando uma seleção especial de filmes inéditos na cidade. Destaque para a produção niteroiense“AS COPAS POR UM CLIQUE”,com Direção de Douglas Lima e Jefferson Rodrigues, que fará a estreia dia 24/09, às 19h, no CINE ARTE UFF, com a presença dos Diretores. E também para a presença do Diretor uruguaio Luis Ara Hermida para apresentar"PARA SEMPRE CHAPE“, dia 21/09, às 19h.

Filmes programados para o CINEFOOT em Niterói, Cine Arte UFF:

21/9, sexta, às 19h: “PARA SEMPRE CHAPE”, Direção Luis Ara (Uruguai, 74min.)

Em 2016, a Chapecoense se classificou para a final da Copa Sul-Americana, algo inédito para o clube até então. Mas a trajetória histórica foi interrompida no dia 28 de novembro do mesmo ano, quando o avião que transportava o time para a grande partida sofreu um grave acidente, provocando a morte de 71 pessoas.

22/9, sábado, às 19h: “FUTEBOL PARA MELHOR OU PARA PIOR”, Direção Inger Molin (Suécia, 72 min.)

FC Rosengard é um dos melhores times de futebol feminino do mundo e conta com a brasileira Marta na equipe. Mas enfrenta um ano dramático com vitórias e derrotas dentro e fora do campo. Nos bastidores, a vida cotidiana em um local de trabalho como um clube de futebol profissional e ao mesmo tempo a luta para sobreviver a uma situação econômica difícil.

23/9, domingo, às 19h: “ÉRAMOS REIS”, Direção Ernesto Rodrigues (Brasil, 44 min.); “GARRINCHA DO TIMÃO”, Direção Helvidio Mattos e Rafael Valente (Brasil, 52 min)

“ÉRAMOS REIS”: Preciosidades inéditas a partir de 1913, incluindo um amistoso do Corinthian inglês contra um combinado carioca; a excursão que entrou para o hino do Atlético Mineiro; o Bahia no inverno de Moscou; pancadaria do Vasco com o Real Madrid; o reinado francês de Paulo César Caju. O veredicto da imprensa internacional ilustrado por conteúdos audiovisuais inéditos de craques como Garrincha, Nilton Santos, Carlos Alberto, Zico, Ronaldo Nazário, Ronaldinho Gaúcho, Júnior, Falcão, Cerezzo, Roberto Carlos, Marcelo, Romário, Neymar e outros.

“GARRINCHA DO TIMÃO”: A passagem de Mané Garrincha pelo Corinthians. Garrincha e Corinthians não tinham razão para se aproximar em janeiro de 1966. Mesmo assim, apertaram as mãos e se uniram para tentar dar a volta por cima.

24/9, segunda, às 19h: “TRÊS NO TRI”, Direção Eduardo Souza Lima (Brasil, 15 min); “AS COPAS POR UM CLIQUE”, Direção Douglas Lima e Jefferson Rodrigues (Brasil, 66 min.)

“TRÊS NO TRI”: Copa do México, 1970: Pelé faz o gol da virada contra a Tchecoeslováquia, ajudando a seleção brasileira rumo ao tricampeonato. Orlando Abrunhosa imortalizou o feito na foto mais reproduzida mundo afora, mas esta não é a sua única façanha.

“AS COPAS POR UM CLIQUE”: A história de seis fotografias emblemáticas da Seleção Brasileira em Copas do Mundo contada por fotógrafos e personagens que viveram aqueles momentos eternizados em uma imagem.

SESSÃO ESPECIAL DE ENCERRAMENTO E PREMIAÇÃO E PREMIÈRE DO FILME "A COPA DOS TRABALHADORES“.

Dia 25 de setembro, terça-feira, às 20h, no ESTAÇÃO NET BOTAFOGO

O programa da sessão de encerramento e premiação do CINEFOOT no Rio de Janeiro apresenta Premièreno Brasil do filme britânico"A COPA DOS TRABALHADORES“, Direção de Adam Sobel.

“A COPA DOS TRABALHADORES”é um olhar próximo e pessoal dentro dos campos de trabalho do Catar, onde a Copa do Mundo 2022 está sendo construída contando com o esforço de mais de um milhão de trabalhadores migrantes. O filme segue uma equipe de trabalhadores. De dia eles suam para construir a Copa do Mundo em condições adversas, enquanto à noite competem em um torneio de futebol dos trabalhadores, jogando nos mesmos estádios que um dia receberão os maiores jogadores do mundo. Cada partida disputada oferece uma fuga momentânea da saudade e do isolamento com que lutam como a classe mais baixa do país mais rico do mundo e as brutais condições de trabalho oferecidas.

Serão entregues as Taças de Melhor Curta e Melhor Longa do 9˚CINEFOOT, e o Troféu João Saldanha, destinado ao filme que melhor expressa as faces humanas, democráticas e libertárias do futebol.

O CINEFOOT mantém parceria com a FICTS- Federation Internationale Cinema Television Sportifs. Esta tradicional federação italiana, sediada em Milão, reúne os 18 mais prestigiosos festivais de cinema esportivo do mundo, sendo oCINEFOOTo único representante brasileiro neste seleto circuito internacional.

SESSÃO ESPECIAL "PRORROGAÇÃO“

Dia 1º de outubro, segunda-feira, às 19h30, no CINEMAISON

Tradicionalmente realizada logo após o encerramento das competições do CINEFOOT, a "SESSÃO ESPECIAL PRORROGAÇÃO“ acontecerá no Cinemaison com entrada franca, apresentando a estreia do filme ficcional francês que tem o futebol como eixo da sua trama,“A GRANDE ÁREA”(La Surface de Réparation).

Direção: Christophe Regin (Ficção, 94 minutos, cor, França, 2018)

Roteiro: Christophe Regin; Roteiro: Julie Darfeuil; Production Executiva: Florence Diez; Produção: Hugues Charbonneau; Marie-Ange Luciani; Montagem: Frédéric Baillehaiche; Fotografia: Simon Beaufils; Som: Emmanuel Bonnat; Cast: Franck Gastambide, Hippolyte Girardot, Moussa Mansaly, Alice Isaaz e grande elenco.

Franck vive há 10 anos à margem de um clube de futebol provinciano. Sem status ou salário, ele conhece bem os jogadores e os observa em detalhe. Uma noite ele conhece Salomé, a ex-amante de um jogador, que está de olho em Djibril, uma antiga estrela do futebol que pretende encerrar a sua carreira no clube.



Bélgica bate Islândia e estreia com vitória na Liga das Nações

Bélgica estreou com vitória na Liga das Nações (Foto: Andy Buchanan/AFP)

11/09/2018

Duas das sensações da Copa do Mundo, Bélgica e Islândia entraram em campo nesta terça-feira pela Liga das Nações. Fazendo sua estreia na competição, a badalada geração belga foi à casa dos adversários, no Estádio Laugardalsvöllur, em Reykjavík, e venceu pelo placar de 3 a 0.

Os belgas não contaram com Kevin De Bruyne, mas seus dois outros craques, Hazard e Lukaku duas vezes, apareceram para garantir o triunfo e os primeiros três pontos. Os islandeses, porém, perderam a segunda seguida, após serem goleados por 6 a 0 pela Suíça na primeira rodada. Pelo saldo de gols, os suíços ficam com a liderança do grupo, com a mesma pontuação dos belgas, deixando a Islândia, zerada, na lanterna.

A Bélgica volta em campo pela competição no dia 12 de outubro, quando recebe a Suíça em Bruxelas. A Islândia, por sua vez, terá um descanso maior e entra em ação três dias depois, no dia 15, para reencontrar os suíços, desta vez diante de sua torcida, em Reykjavík.

O jogo

O jogo começou com maior posse de bola do time belga que trocava passes para achar espaços na equipe islandesa. Os nórdicos, porém, não se acuavam e chegava bem ao campo de ataque. Inclusive, a primeira grande chance do jogo foi justamente deles aos 14 minutos, em boa chegada de Sigurdsson, que acabou bloqueado pela zaga.

A Bélgica respondeu e logo se mandou ao ataque, colocando pressão nos adversários. A badalada geração se mantinha no campo dos donos da casa e ocupava a área com frequência. A Islândia, porém, se fechava bem e afastava os perigos, especialmente de Lukaku, que estava desesperado para balançar as redes.

Dois gols em dois minutos

Com 29 minutos de bola rolando, Ingason fez falta em Lukaku e Sergey Karasev apitou pênalti para Bélgica. Na cobrança, Eden Hazard mandou rasteiro no canto direito e inaugurou o placar.

Os belgas não deram respiro para os islandeses. Dois minutos depois, em cobrança de escanteio, Kompany buscou a bola e cabeceou no meio do gol, para grande defesa do goleiro Halldorsson, no reflexo. No rebote, porém, a bola sobrou na área e Lukaku enfim marcou o seu e ampliou a vantagem no marcador.

Com o placar inaugurado, a Bélgica tinha o domínio do jogo e mantinha a posse de bola na casa dos 70%. Contudo, não conseguiu mais estufar as redes e levou os dois gols de diferença para o intervalo.

A segunda etapa voltou seguindo o roteiro da primeira. Sem grandes oportunidades nos minutos iniciais, a Bélgica continuou sendo superior e queria o terceiro tento. A primeira boa chegada foi aos 11 minutos, quando Meunier tentou o chute de primeira de dentro da área, a bola acabou saindo à direita da meta.

O domínio e a pressão seguiam. Com 18 completos, Meunier recebeu um belo passe na entrada da área e disparou para o gol, mas a bola explodiu na trave direita.

Minutos depois, foi a vez dos anfitriões responderem. Sigurdsson soltou um bom chute, mas Courtois estava lá para frustrar sua tentativa com uma bela defesa.

Lukaku dá números finais ao jogo

A Bélgica continuava incomodando os islandeses em sua área e Lukaku ainda queria. Depois de soltar a bomba aos 35 minutos e ver sua bola ser defendida pelo goleiro, ele voltou e desta vez não perdoou. Mertens cruzou na área e o centroavante se antecipou a Halldorsson, mandando um golaço no canto esquerdo do arqueiro.

Nos minutos finais, a pressão foi dos donos da casa, que queriam o gol de honra. Aos 40, a Islândia ainda teve boa chance de diminuir em cobrança de falta, ma Sigurdsson acabou batendo forte demais e não levou perigo à meta de Courtois.

Os belgas, porém, logo recuperaram a bola e apenas trocavam passes e administravam o resultado. Ainda assim, tiveram boa chance já nos acréscimos, mas a bola de Mertens subiu demais e saiu, decretando o 3 a 0.

Confira outros resultados desta terça-feira na Liga das Nações:

Liga A:
Espanha 6 x 0 Croácia

Liga B:
Bósnia 1 x 0 Herzegovina x Áustria

Liga C:
Finlândia 1 x 0 Estónia
Hungria 2 x 1 Grécia

Liga D:
Moldávia 0 x 0 Bielorrússia
São Marino 0 x 3 Luxemburgo


AMISTOSOS: Reformulada, Seleção goleia fraco El Salvador com dois de Richarlison

Foto: Jim Watson/AFP

11/09/2018 

Reformulada pelo técnico Tite, a Seleção Brasileira goleou El Salvador durante a noite desta terça-feira. Em Washington, com seis titulares que não disputaram a Copa do Mundo da Rússia, o time canarinho não teve dificuldades para golear o inexpressivo adversário por 5 a 0.

No primeiro tempo, a equipe pentacampeã saiu na frente com gols de Neymar, Richarlison e Philippe Coutinho. Na etapa complementar, Richarlison marcou mais um e Marquinhos fechou o placar. O goleiro Neto, enfim escalado após 25 convocações, foi apenas um espectador privilegiado da partida.

Em preparação para a Copa América 2019, a Seleção volta a campo para enfrentar Arábia Saudita e Argentina nos dias 12 e 16 de outubro, respectivamente. Sem jogadores classificados à decisão da Copa do Brasil, Tite divulga os convocados em 21 de setembro.

O Jogo – O Brasil inaugurou o marcador em Washington logo aos três minutos, quando o árbitro norte-americano Jair Marrufo viu pênalti de Dominguez em cima de Richarlison. Neymar cobrou no canto direito de Hernandez e marcou seu 59º gol pela Seleção.

Sem dificuldades, o time canarinho aumentou a vantagem aos 15 minutos do primeiro tempo. Escalado como titular da Seleção de forma inédita, Richarlison recebeu de Neymar pela esquerda e acertou belo chute colocado para marcar o segundo do Brasil.

O atacante Neymar, inspirado diante do inexpressivo adversário, também participou do terceiro gol da Seleção, anotado aos 29 minutos da etapa inicial. O atacante desceu pela esquerda e tocou para Philippe Coutinho, da entrada da área, fuzilar o goleiro Hernandez.

El Salvador chegou a subir ao ataque no início do segundo tempo, mas sofreu o quarto logo aos quatro minutos. Philippe Coutinho tentou jogada individual pelo lado esquerdo da grande área e acabou desarmado. Na sobra, Richarlison encheu o pé de canhota e decretou a goleada.

Com a finalidade de fazer experiências, Tite promoveu suas seis alterações no amistoso. Entre os atletas semifinalistas da Copa do Brasil, sacou o cruzeirense Dedé no intervalo e colocou o flamenguista Lucas Paquetá pouco antes dos 15 minutos do segundo tempo.

A despeito da série de mudanças, a Seleção manteve a superioridade e criou chances para aumentar, mas o goleiro Hernandez mostrou serviço. Aos 44 minutos do segundo tempo, Neymar cobrou escanteio pela esquerda e Marquinhos usou a cabeça para fechar o placar.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 5 x 0 EL SALVADOR

Local: Fedex Field, em Washington (EUA).
Data: 11 de setembro de 2018, terça-feira.
Horário: 21h30 horas (de Brasília)
Árbitro: Jair Marrufo (EUA)
Assistentes: Corey Rockwell (EUA) e Corey Parker (EUA)
Cartões amarelos: Neymar, Felipe (BRA); Alfaro, Orellana (ELS)
Gols:
BRASIL: Neymar, aos 3 minutos do 1º Tempo, Richarlison, aos 15 minutos do 1º Tempo e aos 4 minutos do 2º Tempo, Philippe Coutinho, aos 29 minutos do 1º Tempo, e Marquinhos, aos 44 minutos do 2º Tempo

BRASIL: Neto; Éder Militão, Marquinhos, Dedé (Felipe) e Alex Sandro; Casemiro (Fred); Douglas Costa (Willian), Arthur (Andreas Pereira), Philippe Coutinho (Everton) e Neymar; Richarlison (Lucas Paquetá)
Técnico: Tite

EL SALVADOR: Hernandez; Tamacas, Mendoza, Domínguez e Barahona; Alfaro (Orellana); Delgado, Flores (Castro), Baires (Alvarez e depois Garcia) e Alas (Corea); Pineda
Técnico: Carlos de los Cobos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...