ELIMINATÓRIAS: Mina sai machucado, Colômbia empata com Chile e fica ameaçada


O empate pode tirar a Colômbia da zona de classificação para a Copa do Mundo 
Foto: Luis Acosta/AFP

11/11/2016

Na abertura da 11ª rodada das Eliminatórias para a Copa de 2018, Colômbia e Chile não saíram do 0 a 0, no Estádio Metropolitano Barranquilla. Mesmo com a volta de Falcao Garcia, a seleção colombiana conseguiu criar boas chances, mas parou em Bravo e não conseguiu triunfar em casa. Com o empate, as duas seleções podem cair na tabela de classificação do torneio.

A boa notícia do retorno de Falcao à seleção depois de mais de um ano de ausência ficou ofuscada pela lesão de Yerry Mina. Aos 34 minutos do segundo tempo, o zagueiro palmeirense sentiu um problema na coxa esquerda, a mesma que ele lesionou no clássico contra o Santos em julho e ficou cinco semanas fora, imediatamente caiu no gramado e foi substituído. Ainda sem informações adicionais, Mina vira preocupação para o Palmeiras na reta final do Campeonato Brasileiro.

Mina sentiu a coxa e vira preocupação para o Palmeiras 
Foto: Luis Acosta/AFP

Durante a primeira etapa, nenhuma das seleções conseguiu abrir o placar. O Chile começou o jogo melhor, dominando as iniciativas. Com o tempo, no entanto, a Colômbia conseguiu controlar o adversário e teve as melhores chances de balançar as redes, mas parou nas grandes defesas de Bravo.

O confronto ficou ainda mais disputado durante o segundo tempo, com as duas equipes mais preocupadas com a marcação do que com a criação. Nos últimos 15 minutos, no entanto, as duas seleções se abriram em busca do resultado e conseguiram boas chances para tirar o zero do placar, mas pararam nos goleiros.

O empate fez a Colômbia chegar aos 18 pontos no G4 das Eliminatórias. A seleção tricolor, no entanto, pode acabar sendo ultrapassada por Equador e Argentina e sair da zona de classificação para a Copa do Mundo. O Chile, por sua vez, chegou aos 17 pontos e pode acabar a rodada amargando a 7ª colocação.

O jogo – Mesmo jogando fora de casa, o Chile não se intimidou e partiu para cima da Colômbia. Aos 16, os chilenos tiveram a primeira grande chance de abrir o placar, quando Fuenzalida cruzou, Mina afastou de cabeça e Vidal emendou um belo chute de primeira da entrada da área, mas errou o alvo por pouco.

Ausente por mais de um ano, Falcao Garcia retornou à 

seleção colombiana - Foto: Luis Acosta/AFP
A Colômbia passou a trocar passes no meio do campo para arrefecer as iniciativas do Chile e tomar as rédeas da partida. A estratégia deu certo e os donos da casa começaram a criar perigo. Aos 34, James Rodríguez cobrou falta direto na área e encontrou Óscar Murillo, que subiu livre na altura da pequena área para cabecear firme, obrigando Bravo a fazer grande defesa.

Aos 46, a seleção colombiana perdeu outra chance incrível. Em cobrança de falta ensaiada, James lançou para Aguilar, que desviou para o meio da área para Borja, que chutou de primeira. Bravo, no entanto, estava esperto e conseguiu impedir a investida.

Logo na volta para a segunda etapa, Arias recebeu de Aguilar dentro da área, mas o goleiro Bravo se antecipou e conseguiu acabar com a jogada. O atacante e o goleiro, no entanto, se chocaram forte e Bravo ficou sentindo. Com muitas dores na coxa, Bravo tentou permanecer no gramado, mas não aguentou e foi substituído aos 20 minutos por Johnny Herrera.

Depois de boa parte da metade final de jogo ser muito disputada e pouco jogada, as duas seleções se abriram mais nos últimos 15 minutos. Aos 33, o Chile tentou aproveitar um contra-ataque rápido com Vargas, que tocou para Fuenzalida, mas o atacante finalizou para fora.

James Rodríguez tentou responder imediatamente com boa jogada pela direita, mas foi bloqueado pela zaga. Na sobra, Muriel tentou emendar um chute de primeira,mas errou por muito. Nos últimos minutos, a Colômbia foi para o abafa, mas não conseguiu ser eficiente e amargou o empate em casa.

FICHA TÉCNICA

COLÔMBIA 0 X 0 CHILE

Local: Estádio Metropolitano Barranquilla, em Barranquilla (Colômbia)
Data: quinta-feira, 10 de novembro de 2016
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Sampaio (Brasil)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (Brasil) e Bruno Boschilia (Brasil)
Cartões amarelos: Aránguiz e Enzo Roco (Chile); Sánchez (Colômbia)

COLÔMBIA: Ospina; Santiago Arias, Yerry Mina (Macnelly Torres), Óscar Murillo e Farid Díaz; Sánchez, Aguilar, Berrío (Luis Muriel), James Rodríguez e Cardona; Borja (Falcao García)
Técnico: José Pekerman




CHILE: Bravo (Johnny Herrera); Isla, Enzo Roco, Gonzalo Jara, e Mena; Marcelo Díaz, Aránguiz (Felipe Gutiérrez) e Vidal (Pablo Hernández); Fuenzalida, Vargas e Beausejour
Técnico: Juan Antonio Pizzi


Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...