Pratto marca, Argentina arranca empate da Venezuela, mas perde liderança

Venezuelanos saem na frente, mas cedem empate à Argentina 
Foto: FEDERICO PARRA / AFP

06/09/2016

A seleção argentina manteve intacta a invencibilidade no ano de 2016 nesta terça-feira, mas perdeu o primeiro lugar para as Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. Visitando a Venezuela, no estádio Metropolitano, em Mérida, a equipe comandada por Edgardo Bauza arrancou um empate de 2 a 2, após sair atrás levando gols de Juanpi e Josef Martínez. Lucas Pratto e Otamendi garantiram o ponto para os visitantes.

Com o resultado, os argentinos, com 15 pontos, perdem a liderança do grupo para o Uruguai, que bateu o Paraguai, também nesta terça, e chegou a 16 pontos. Já os venezuelanos conquistaram o primeiro triunfo e permanecem na lanterna, com os mesmo quatro pontos do Peru, que tem um jogo a menos.

Pela próxima rodada, a Argentina visita o Peru, no dia 7 de outubro, enquanto o a seleção venezuelana vai ao Uruguai encarar os donos da casa, no mesmo dia.

O jogo – Depois de 10 minutos de muita marcação e lances pegados, a partida começou a se desenhar pelo que a maioria das pessoas esperavam: uma vitória dos visitantes. Emendando três chances quase que consecutivas, aos 16, aos 18 e aos 20 minutos, com Banega duas vezes e Pratto, os atuais vice-campeões Sul-Americanos começavam a esboçar um domínio na partida.

No entanto, sem se abalar com as oportunidades adversárias, os venezuelanos assumiram as rédeas do confronto e passaram a ser a equipe dominante em campo. Após lance polêmico, aos 22 minutos, quando Martínez caiu dentro da área, após dividida com Otamendi e o juiz não marcou a penalidade, os donos da casa conseguiram abrir o placar, aos 36 minutos, com um verdadeiro golaço. Juanpi recebeu próximo à grande área, deu uma caneta em Rojo e disparou um verdadeiro foguete no ângulo, sem chances para Romero.

Apoiada pela torcida e pela vantagem, a Venezuela entrou focada no segundo tempo e conseguiu mais um tento logo aos 8 minutos. Rondón fez linda jogada e rolou para Martínez que enganou o goleiro e só empurrou para dentro.

Parece que o time comandado pelo Patón só resolveu jogar, depois de levar o segundo gol. Aos 13 minutos, após trombar com a defesa, o artilheiro do Atlético-MG, Lucas Pratto, saiu na cara do gol e estufou as redes. Logo na sequência, aos 17 e aos 20 minutos, a Celeste e branca teve a chance de empatar. Primeiro, Viscarrondo, tentando cortar cruzamento de Rojo, quase mandou para a própria meta. Em seguida, Di María tentou o chute, foi abafado e cruzou no rebote, mas não havia ninguém na área para concluir.

Pressionando e disposta a sair do solo venezuelano com pelo menos um ponto, a Argentina chegou ao gol de empate, aos 38 minutos. Com Di María acertando lindo cruzamento em escanteio, Otamendi recebeu na pequena área e anotou de cabeça.

Os minutos finais do duelo no estádio Metropolitano foram muito emocionantes. As equipes criaram chances de marcar, mas nenhuma conseguiu desequilibrar. 2 a 2 em Mérida.

FICHA TÉCNICA

VENEZUELA 2 X 2 ARGENTINA

Local: Estádio Metropolitano, em Mérida (Venezuela)
Data: 6 de setembro de 2016, terça-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Roddy Zambrano (Equador)
Assistentes: Christian Lescano e Byron Romero (ambos do Equador)

Cartões amarelos: Otamendi, Mascherano, Funes Mori (Argentina)

Gols: Juanpi, aos 36 minutos do primeiro tempo, e Martínez, aos 8 minutos do segundo tempo (Venezuela); Pratto, aos 13, e Otamendi, aos 38 minutos do segundo tempo (Argentina)

VENEZUELA: Daniel Hernández; Alexandre González (Victor Garcia), Oswaldo Vizcarrondo, José Manuel Velázquez e Mikel Villanueva; Arles Flores, Tomás Rincón, Juanpi e Adalberto Peñaranda; Josef Martínez (Kouffati [Del Valle]) e Salomón Rondón
Técnico: Rafael Dudamel



ARGENTINA: Sergio Romero; Pablo Zabaleta, Nicolás Otamendi, Funes Mori e Marcos Rojo (Gaitán); Javier Mascherano, Lucas Biglia (Alario), Éver Banega, Erik Lamela (Corrêa) e Ángel Di Maria; Lucas Pratto
Técnico: Edgardo Bauza





Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...