ELIMINATÓRIAS: Mina falha, Equador perde e Paraguai segue na briga por vaga na Copa

Paraguay’s Bruno Valdez celebrates after scoring against Ecuador during their 2018 FIFA
World Cup South American qualifier football match at the  Defensores del Chaco stadium in
Asuncion, on March 23, 2017. / AFP PHOTO / NORBERTO DUARTE

23/03/2017

O Paraguai está vivo na briga por uma vaga na Copa do Mundo de 2018, a ser disputada na Rússia. Na noite desta quinta-feira, diante de seu torcedor, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, os paraguaios fizeram o dever de casa e bateram o Equador por 2 a 1 nesta 13ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

A vitória chega depois de duas derrotas seguidas e leva o Paraguai aos 18 pontos. Apesar da sétima colocação na tabela de classificação, a zona de repescagem está apenas a dois pontos de ser alcançada. E quem ocupa o posto, no quinto lugar, é justamente o Equador, que estacionou nos 20 pontos depois de mais uma revés.

Tudo ficou mais fácil para os donos da casa nesta quinta depois que o zagueiro Mina cometeu uma falha fatal em bate-rebate dentro da área do Equador. O defensor foi afastar e acabou jogando contra a própria meta e tirando do goleiro Esteban Dreer. O zagueiro paraguaio Valdez, que não tinha nada com isso, aproveitou a falha e só empurrou a bola para as redes.

Após sair atrás, os visitantes até foram melhores no primeiro tempo, tiveram mais posse de bola e chegaram a criar algumas oportunidades para o empate. Mas, na base da raça e da forte marcação, a seleção de Arce conseguiu levar a vantagem para o intervalo.

Na segunda etapa, além de esfriar a empolgação dos equatorianos, o Paraguai conseguiu, enfim, se impor e foi premiado com o segundo gol. Após muita pressão, com a bola atravessando a área de Esteban Dreer duas vezes, Junior Alonso aproveitou rebote do arqueiro para levar os torcedores ao delírio.

O Equador descontou em cobrança de pênalti pouco depois. Caicedo não desperdiçou, mas, foi só. O Paraguai soube levar a vantagem até o apito final e fez a festa em sua casa. O problema é que na próxima rodada o desafio será contra a Seleção Brasileira, na Arena Corinthians, terça-feira, às 21h45 (horário de Brasília). No mesmo dia, mas às 18 horas, o Equador buscará a reação contra a Colômbia, no estádio Olímpico Atahulpa.

FICHA TÉCNICA

PARAGUAI 2 X 1 EQUADOR

Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)
Data: 23 de março de 2017, quinta-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: José Argote (Venezuela)
Assistentes: Carlos López e Luis Murillo (ambos da Venezuela)
Cartões amarelos: PARAGUAI: Riveros.EQUADOR: Noboa, Miller Bolaños, Oyola.

GOLS: 
PARAGUAI: Valdez, aos 11 minutos do 1T, e Júnior Alonso, aos 19 minutos do 2T.
EQUADOR: Felipe Caicedo, aos 24 minutos do 2T.

PARAGUAI: Tony Silva; Darío Verón, Bruno Valdez, Paulo Da Silva e Júnior Alonso; Victor Cáceres (Ortiz), Cristian Riveros, Iturbe (Hernán Pérez) e Almirón; Cecílio Domínguez e Lezcano (Santander)
Técnico: Francisco Arce



EQUADOR: Esteban Dreer; Paredes (Montero), Arturo Mina, Luis Caicedo e Walter Ayoví; Jefferson Orejuela (Oyola), Cristhian Noboa (mena), Antonio Valencia e Miller Bolaños; Enner Valencia e Felipe Caicedo
Técnico: Gustavo Quinteros



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...