Seleção Brasileira: Maicon é afastado por "problema interno", e jovem é chamado

Foto: Ryan Pierse - FIFA / Getty Images

08/09/2014

Seleção Brasileira sofreu mais um corte em relação ao primeiro chamado "original" de Dunga em seu retorno ao time nacional. Desta vez, porém, não foi por problemas físicos, como ocorreu com Alex Sandro e Hulk, por exemplo. O lateral direito Maicon, que disputou a última edição da Copa do Mundo e começou como titular o duelo contra a Colômbia, nesta sexta-feira, em Miami, foi dispensado da delegação brasileira que está nos Estados Unidos para enfrentar o Equador, nesta terça-feira, em outro amistoso.


A informação foi divulgada pelo novo coordenador da Seleção, Gilmar Rinaldi, por meio de um rápido anúncio na concentração brasileira, na Flórida. Sem responder a perguntas de jornalistas, o ex-empresário de atletas agradeceu os serviços prestados por Maicon e revelou que ele foi afastado da delegação. “É um problema interno que já foi resolvido", limitou-se a afirmar. Depois, porém, em rápido contato com a reportagem, Gilmar Rinaldi admitiu que o corte de Maicon se deu por causa de "indisciplina".

Entretanto, em contato com a Rádio Gaúcha, a irmã do lateral deu outra versão. De acordo com Erla Carla, Maicon "saiu pela porta da frente. Foram problemas particulares e físicos, e que por isso não tinha condições de se doar totalmente à Seleção. Mas o certo foi que não ocorreu nada de indisciplina, só não quero ficar falando sobre isso, por favor".

Para o lugar do lateral direito de 33 anos, Dunga convocou o jovem Fabinho, que tem 20 anos e joga pelo Monaco, da França. Ele foi revelado pelo Fluminense e vinha sendo convocado pelo técnico Alexandre Gallo para a Seleção Sub-23, que formará a base da equipe que disputará os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O jovem participou de dois amistosos da Seleção olímpica no Catar nesta semana e deverá chegar aos EUA na próxima segunda-feira.

Crédito da foto: Jean Cristophe Magnenet/AFP

O volante Luiz Gustavo, que também foi convocado por Dunga e jogou a última edição da Copa do Mundo, disse que não podia comentar sobre o que havia ocorrido com Maicon, mas afirmou que o corte já mostra uma diferença entre a atual comissão técnica e a que comandou a Seleção Brasileira no Mundial.

"Foi uma decisão interna, então nem posso falar, até porque que não sabemos de muita coisa. Mas, sem dúvidas, uma notícia dessas mostra um exemplo, que nós, jogadores, temos que nos adaptar a este estilo da nova comissão", afirmou.

Maicon, curiosamente, foi um dos poucos jogadores convocados por Dunga em seu retorno à Seleção Brasileira que disputou a Copa do Mundo de 2010, também sob o comando do capitão do tetra. Apesar da idade avançada, ele foi lembrado pelo técnico e ganhou a disputa pela titularidade contra o jovem Danilo, do Porto, para a partida contra a Colômbia, realizada na sexta-feira.

Fonte: Terra



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...