Lucro da FIFA na Copa do Mundo deve retornar para construção dos Centros de Treinamentos para futebol brasileiro

08/07/2014

Primeiro Centro de Treinamento para formação de Atletas foi inaugurado no domingo

A concretização de um dos artigos da Lei Geral da Copa ocorreu no domingo, dia 6, em Belém do Pará. Nesta data, foi inaugurado o primeiro Centro de Treinamento (CT) para formação de atletas, no Centro Esportivo de Juventude, localizado ao lado do Estádio Olímpico do Pará, conhecido como Mangueirão. A proposta de que parte do lucro da FIFA, obtidos na Copa do Mundo de 2014, seja direcionado para construção dos CTs, inserida no artigo 29, é de autoria do deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que estava presente na inauguração.

A solenidade contou com a presença do secretário geral da FIFA, Jérôme Valcke; o presidente da CBF, José Maria Marin; o vice-presidente, Marco Polo Del Nero; o presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes, o capitão do penta Cafu, entre outras lideranças.

O CT Juventude foi dotado de quatro campos de futebol – três de gramado artificial e um natural, dedicados ao futebol de base e ao futebol feminino.

Durante discurso, Valcke ressaltou que este foi o primeiro passo do Fundo do Legado da Copa do Mundo da FIFA 2014. Ele relatou que a escolha por Belém foi com intuito de ver o outro lado da Copa do Mundo, em Estado que não foi sede e para verificar como o recurso é aplicado em desenvolvimento. “A Copa do Mundo tem de ser para todos. Começamos em Belém, mas vamos inicialmente para os 15 estados que não foram contemplados como cidades-sedes da Copa e depois para os demais Estados”, assinalou.

Inclusão Social

Já, o presidente da CBF, José Maria Marin, destacou a satisfação para todos Estados que se transformarão cada vez mais em celeiros de formação de craques para o futebol brasileiro. “Vejo estes campos sendo construídos e fico imaginando quantos novos craques podem surgir”, observou.

Afonso Hamm, que já foi jogador profissional de futebol, salientou que o ponta pé inicial da proposta de sua autoria é visto como um grande legado da Copa e por estar validando a iniciativa legislativa. Ele explicou que proposta teve como objetivo promover a inclusão social através do esporte. Além disso, visa fortalecer o futebol e as categorias de base, trabalhando a formação dos futuros craques, evitando que os jovens sigam os descaminhos das drogas. “Defendo a construção de CTs nos pequenos e médios clubes do interior, em cidades polos na área esportiva. A intenção é de fortalecer o futebol, os clubes e promover a inclusão social”, sintetizou.

No Brasil, o aporte inicial será de US$ 20 milhões (aproximadamente, R$ 44,3 milhões). Após a Copa, com o resultado total financeiro, a expectativa é de que o investimento alcance a marca de US$ 100 milhões (média de R$ 221 milhões).

Fonte: Assessoria de Imprensa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...