Inglaterra 1 x 2 Itália - Balotelli marca e Azzurra leva a melhor

Foto: Divulgação

15/06/2014

Os italianos jogaram a pressão para os inglesses na próxima rodada
  
Por mais contestada que ela seja, a Itália sempre cresce nas horas decisivas. Mesmo sem contar com o experiente Buffon, vetado pelo departamento médico em cima da hora, a Azzurra levou a melhor sobre a Inglaterra na partida mais aguardada deste sábado e, com a vitória por 2 a 1, largou na frente no "Grupo da Morte" da Copa do Mundo. O confronto que reuniu duas seleções campeãs mundiais aconteceu na Arena da Amazônia e foi válida pela primeira rodada do Grupo D.

Os italianos comemoraram bastante a vitória, já que podem se classificar para as oitavas de finais na próxima rodada dependendo da combinação de resultados, enquanto os ingleses correm o risco de serem eliminados prematuramente. Com três pontos, a Azzurra é a vice-líder, ficando atrás da Costa Rica no saldo de gols (2 contra 1). Sem pontuar, o English Team é o terceiro colocado.

TUDO IGUAL

A Itália começou querendo ditar o ritmo de jogo, mas quem esteve mais perto de abrir o placar foi a Inglaterra, em dois chutes de fora da área. Aos três minutos, Sterling puxou contra-ataque e arriscou de longe. A bola foi na rede pelo lado de fora, enganando alguns torcedores presentes na Arena da Amazônia. Logo depois, Henderson soltou a bomba e Sirigu - o titular Buffon se lesionou de última hora - espalmou.

Foto: Divulgação
Apesar de ter mais posse de bola, a seleção italiana encontrava dificuldades para entrar na área adversária, principalmente porque Balotelli ficava muito isolado lá na frente. Tanto que a primeira finalização aconteceu de longa distância. Candreva chutou no meio do gol e Hart espalmou. Na sequência, Balotelli recebeu de Marchisio, dominou e soltou a bomba. A bola passou por cima do travessão.

As jogadas pela linha de fundo eram as principais armas do English Team, que chegou com perigo novamente aos 24. Welbeck tabelou com Henderson e cruzou rasteiro. Na tentativa de tirar, Barzagli desviou de carrinho e quase fez gol contra. Dez minutos depois, a Itália abriu o placar. Cobrança de escanteio ensaiada para trás, Pirlo deixou passar e a bola ficou com Marchisio, que dominou e bateu no cantinho de Hart.

No entanto, a alegria azzurra durou apenas três minutos. Rooney fez boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou para dentro da área. Livre de marcação, na segunda trave, Sturridge apenas completou. A partida continuou equilibrada e a Itália quase ficou novamente na frente do placar no fim do primeiro tempo. Aos 46, Balotelli recebeu dentro da área e, mesmo sem ângulo, bateu por cima de Hart. Jagielka salvou de cabeça em cima da linha. Na sequência, Candreva finalizou e a bola explodiu na trave.

BALOTELLI É O CARA

O segundo tempo começou igual a etapa inicial, com a Inglaterra chegando com perigo em finalizações de fora da área. Aos três minutos, Welbeck bateu rasteiro e Sirigu se esticou no cantinho para evitar a virada. No entanto, a Itália não desperdiçou na primeira vez que chegou ao ataque, dois minutos depois. Candreva cruzou na medida para Balotelli, que subiu livre e cabeceou no cantinho de Hart, fazendo a festa da torcida azzurra presente na Arena da Amazônia.

A Inglaterra foi em busca do empate e levou perigo em chute colocado de Sturridge, mas a bola passou raspando a trave. Aos 15, Rooney recebeu dentro da área, dominou e bateu rasteiro. Sirigu já estava batido e viu a finalização sair com muito perigo. O jogo estava bastante aberto e os dois times buscavam o ataque. Barkley puxou para o pé direito e chutou no canto do goleiro azzurra, que se esticou todo e evitou o empate.

Aos 31, Balnes cobrou falta por cima da barreira e Sirigu espalmou para escanteio. Com dificuldades para escapar da forte marcação italiana, a Inglaterra apostava nos lances de bola parada. Depois foi a vez de Gerrard mandar por cima do travessão. Nos minutos finais, os ingleses foram tudo para cima dos adversários, mas pecava demais nas finalizações.

E quem quase marcou o gol no finalzinho foi a Itália. Aos 48 minutos, Pirlo cobrou falta por cima da barreira com muita curva e a bola explodiu no travessão. Totalmente batido, Hart apenas torceu.

PRÓXIMOS JOGOS

A Inglaterra volta a campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta o Uruguai, às 16 horas, na Arena Corinthians, em São Paulo. Na sexta, a Itália terá pela frente a Costa Rica, às 13 horas, na Arena Pernambuco, em Recife.

FICHA TÉCNICA

INGLATERRA 1 X 2 ITÁLIA

INGLATERRA – Hart; Glen Johnson, Cahill, Jagielka e Balnes; Gerrard, Henderson (Wilshere) e Sterling; Rooney, Sturridge (Lallana) e Welbeck (Barkley). Técnico: Roy Hodgson.

ITÁLIA – Sirigu; Darmian, Barzagli, Paletta e Chiellini; De Rossi, Pirlo, Verratti (Thiago Motta), Candreva (Parolo) e Marchisio; Balotelli (Immobile). Técnico: Cesare Prandelli.

GOLS – Marchisio aos 34 e Sturridge aos 37 minutos do primeiro tempo; Balotelli aos cinco minutos do segundo tempo

ÁRBITRO – Bjorn Kuipers (Holanda)
ASSISTENTES – Sander van Roekel (Holanda) e Erwin Zeinstra (Holanda)
CARTÃO AMARELO – Sterling (Inglaterra)
PÚBLICO - 39.800 torcedores
RENDA - Não disponível.
LOCAL – Arena da Amazônia, em Manaus.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...