Porto Alegre: Campanha do Agasalho mobiliza voluntários e população

25/05/2016 

Peças recebidas são recolhidas, passam por 
triagem e depois vão para doação
Foto: Maia Rubim/PMPA
A Campanha do Agasalho, realizada há seis anos pela Prefeitura de Porto Alegre, beneficiou, em 2015, cerca de 69 entidades e arrecadou mais de 190 mil peças. Promovendo solidariedade e união entre os gaúchos, a ação deste ano, que foi lançada oficialmente no dia 4 de maio e se estende até o dia 3 de agosto, possui 15 pontos de coleta na Capital, mais as secretarias municipais. Para que as peças cheguem até as entidades parceiras, há um trabalho de cerca de seis voluntários fixos e, dependendo da demanda, a equipe chega a ter 12 integrantes, que atuam para que as peças sejam entregues aos beneficiados.

No primeiro passo, a pessoa que fará a doação pode levar a roupa até o ponto de coleta mais próximo. Kelly Alexandre da Silva, que é caixa em uma loja do Centro Histórico da Capital, se solidarizou e doou uma sacola cheia de casacos e blusões para o ponto de coleta do Shopping Rua da Praia. A funcionária disse que tem costume de doar roupas dela, de amigos e familiares, a quem, inclusive, incentiva a ajudar a Campanha do Agasalho. “É importante a doação, pois é cada ano mais frio e nunca sabemos em que situação as pessoas se encontram. Não custa doar se não estou mais usando as peças”, afirma.

Após esta etapa, a equipe de voluntários da prefeitura passa para recolher os agasalhos e levá-los até o Paço Municipal, onde acontece a triagem. Nesta etapa, são verificadas as condições das roupas e é determinado se elas podem seguir para doação ou não. Os sapatos precisam ter os pares, os casacos precisam estar em boas condições e as roupas, sem sujeiras ou rasgos. A triagem acontece duas vezes seguidas com as mesmas peças e tudo que não é apropriado para mulheres, homens ou crianças, é encaminhado para abrigos de animais onde essas peças são reutilizadas.

Tiago Reis, coordenador da ação, diz que a expectativa para este ano é superar a marca de 2015, que foi de 192 mil peças. Para ele, não é uma questão numérica, mas quanto mais peças forem coletadas, mais instituições serão beneficiadas. “A cada ano, a campanha tem crescido em colaboração e parceria, se tornando referência. Durante o ano, instituições nos mandam ofícios pedindo doações e se a Campanha do Agasalho não acontecer, são milhares de pessoas que dependem dela e não terão ajuda”, explica.

O último passo e o mais importante é a doação. Em 2016, um dos beneficiados foi a SOS – Casas de Acolhida, entidade que desde 1993 acolhe crianças de zero a seis anos em situação de vulnerabilidade e mantém um programa de proteção especial desde 1995. A casa abriga 25 crianças que são encaminhadas pela Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) por meio de determinação judicial e conta com doações para o seu sustento. Tais Cesca é a psicóloga responsável pelo atendimento na entidade e diz que as doações da campanha para a casa são muito importantes, pois as crianças dependem delas para se aquecer. “Como a nossa casa é referência na Capital em abrigos para crianças dessa faixa etária, a procura de abrigo é maior e se as pessoas não nos doam roupas ou alimentos, passamos por apertos”, afirma.

Pontos de coleta:

1. Paço Municipal - Praça Montevidéu, 10
2. Usina do Gasômetro - Avenida Presidente João Goulart, 551
3. Secretarias municipais;
4. Supermercado Zaffari Fernando Machado - Rua Fernando Machado, 560
5. Supermercado Zaffari Otto Niemeyer – Avenida Otto Niemeyer, 601
6. Supermercado Zaffari do Bourbon Country - Avenida Túlio de Rose, 80
7. Ônibus da Carris
8. Shopping Rua da Praia - Rua dos Andradas, 1001.
9. Óticas Carol – Av. Sertório, 6600 LJ 20, Porto Alegre 
10. Óticas Carol - Av. Sertório, 8000 LJ 113, Porto Alegre
11. Posto Ipiranga - Av. Protásio Alves com Ary Tarragô
12. Sindicado dos Despachantes (Sindergs) - Rua Santana, 1479, Bairro Santana
13. Academia Ponto Saúde - Rua Antão de Farias, 67 - Bairro Bom.
14. Escola de Pakua – Av. Cristóvão Colombo, 364. Bairro Floresta
15. Escola Estadual Julio Brunelli - Rua Fernando Camarano, 220 - Rubem Berta.
16. Colégio Província de São Pedro - Rua Marechal Andrea,345  Bairro Boa Vista.

Entidades beneficiadas até o momento:
1. Associação Estrela Gaúcha
2. Associação dos Moradores Residencial João Pessoa
3. Centro De Avivamento das Nações
4. Associação dos Moradores Vila Ipê E São Borja
5. Creche Paineiras
6. Associação dos Amigos - Atlético Futebol Clube
7. Associação de Mulheres Jardim Novo Amanhã - AMUJANA
8. Associação Dos Moradores Da Vila Minuano
9. Igreja Pentecostal Deus é toda Verdade
10. Inamex
11. Amparo Santa Cruz

Informações sobre a SOS – Casas de Acolhida: http://www.acolhida.org.br/

Coordenação da Campanha do Agasalho 2016:
Contatos: (51) 3289-3722 - agasalho@gp.prefpoa.com.br
Praça Montevidéo, 10.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...