Internacional 3 x 2 Emelec-EQU - Em um belo jogo, Colorado se supera e vence de virada

Emelec e Internacional fizeram um belo jogo no Gigante da Beira-Rio
Crédito: Divulgação/FI

05/03/2015

Com a vitória, o time gaúcho empatou em número de pontos com os equatorianos e ficam tranquilos para a próxima rodada

 Em um dos melhores jogos da Libertadores até agora, o Internacional recebeu o Emelec-EQU pela terceira rodada do Grupo 4. Em partida de cinco gols e duas viradas, o Colorado venceu os equatorianos por 3 a 2 e empatou em número de pontos com os adversários. Agora, os gaúchos também somam seis pontos e perdem a liderança apenas no saldo de gols.

O Colorado manteve a freguesia do adversário. Em sete jogos entre os dois times, contando com o desta quarta-feira, os gaúchos levaram a melhor cinco vezes e empataram duas.

O JOGO


A partida começou com a torcida colorada cantando alto e empurrando o time. Embalado pelo som da massa, os jogadores gaúchos começaram pressionando e não dando espaço para o Emelec. Logo aos dois minutos de partida, Eduardo Sacha recebeu passe de Freitas, invadiu a área e chutou forte de perna esquerda, mas a bola foi para fora.

O Inter continuava pressionando. Aos seis minutos, Vitinho cobrou falta com força, a bola passou da barreira e explodiu na trave. No rebote, Nilton mandou a bola por cima.

Com maior volume de jogo, o Inter chegou ao gol bem cedo. Aos dez minutos, D’alessandro deu um passe típico de um camisa 10 e deixou Nilmar na cara do gol. O atacante se livrou da marcação e tocou com categoria para abrir o placar. Com o gol, o time feçou a jogar de igual para igual. icou ainda mais confiante e continuou jogando na pressão, mas o Emelec acordou e começou a jogar de igual para igual.

O Inter começou a recuar e deu espaço aos equatorianos, que cresceram na partida. Constantemente no ataque, o Emelec chegou ao empate aos 22 minutos. Burbano recebeu lindo passe por trás da zaga do Colorado, limpou Alisson e tocou para o fundo da rede.

O Emelec passou a tomar conta do jogo. Enquanto torcedores do Inter brigavam entre si nas arquibancadas, os equatorianos queriam jogar bola e chegaram ao segundo gol ainda antes do intervalo. Aos 46 minutos, o ataque fez uma troca de passes à moda Tick-Tacka, Mena recebeu cara a cara com Alisson e tocou sem chances para o goleiro.

HAJA CORAÇÃO!

O Inter voltou a campo ainda abalado com o gol da virada, mas tentava superar o golpe e saia para o jogo. No primeiro lance do segundo tempo, Alex enfiou boa bola para Nilmar, mas o goleiro Dreer foi mais rápido e salvou o Emelec.

No minuto seguinte, aos dois, os equatorianos responderam. Bagüi cruzou, mas Alan Costa afastou o perigo. Aos três, novamente Bagüi. O lateral cruzou, a bola foi desviada e Mena, livre, perdeu a chance de fazer o terceiro gol.

O jogo era movimentado e as duas equipes tinham boas chances de gols, mas pecavam na finalização. Alex entrou bem na partida e foi dele o gol de empate colorado. Aos 14 minutos, o meia recebeu bom passe de Nilmar, entrou em velocidade e tocou por cima do goleiro Dreer.

Alex faz lindo gol em cima do Emelec - Crédito: Divulgação/FI

Com a igualdade no placar, o jogo ficou melhor ainda. Emelec jogava de igual para igual e sabia administrar a pressão do Inter e da torcida. Por sua vez, o Colorado crescia na partida e ia para o tudo ou nada, pois sabia que a vitória era crucial, já que o time só tem mais uma partida em casa na fase de grupos.

No abafa, o Colorado chegou à virada. Após cobrança de escanteio, o goleiro Dreer socou para o alto e, na sobra, o zagueirão Réver soltou a bomba. A torcida foi à loucura nas arquibancadas.

O Emelec ainda tentou pressionar no fim do jogo, mas não conseguiu o terceiro gol. O Colorado se fechou bem e administrou o resultado. Que jogo no Gigante da Beira-Rio.

PRÓXIMOS JOGOS

O Internacional volta a campo pela Libertadores dia 18 de março, às 19h45, novamente diante do Emelc, no estádio George Capewell.

FICHA TÉCNICA

Internacional-BRA 3 x 2 Emelec-EQU

Fase: Fase de Grupos
Rodada: 3ª rodada
Data: 04/03/2015
Horário: 22h00
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RN)
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Renda: R$ 1.230.390
Assistentes: John Belatti (ARG) e Lucas Germanotta (ARG)
Público: 29.752 pagantes

Cartões Amarelos
Internacional-BRA: Nicolás Freitas, Réver, Jorge Henrique
Emelec-EQU: Narváez, Pedro Quiñónez, Bolaños, José Quiñonez

Gols
Internacional-BRA: Nilmar 10' 1T, Alex 14' 2T, Réver 36' 2T
Emelec-EQU: Burbano 22' 1T, Mena 46' 1T

Internacional-BRA
Alisson;
Léo, Alan Costa, Réver e Fabrício;
Nilton, Nico Freitas (Jorge Henrique), D'Alessandro (Alex), Vitinho (Martín Luque) e Eduardo Sasha;
Nilmar.
Técnico: Diego Aguirre

Emelec-EQU
Dreer;
Burbano (Mauro Fernández), José Quiñonez, Achilier e Bagui; 
Narváez, Lastra (Escalada), Pedro Quiñonez e Mena; 
Bolaños e Gimenez.
Técnico: Gustavo Quinteros








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...