Presidente Marin participa de evento na Rio 2016

Presidente da CBF, José Maria Marin, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando 
Pezão, presidente do COB e do comitê organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman
Créditos: CBF

15/02/2015

O evento de anúncio das cidades-sedes do Torneio de Futebol dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 foi marcado em sua grande parte pelo tom de reconhecimento e homenagem à CBF. Resultado das parcerias e atos relativos à Copa do Mundo de 2014, no engajamento para a disputa do Torneio de Futebol dos Jogos Olímpicos, além da construção e fixação da nova sede da entidade no Rio de Janeiro - fato este destacado como muito positivo pelo governador Luiz Fernando Pezão.

O governador do Estado do RJ disse que se sentia honrado em participar do evento na cidade anfitriã de uma competição da grandiosidade das Olimpíadas, quando serão recebidas 205 delegações e uma multidão, milhares de turistas.

Logo em seguida, Pezão fez questão de agradecer ao presidente Marin pela parceria bem-sucedida entre o governo do Estado e a CBF, a quem parabenizou pela construção da nova sede e do Museu da CBF, localizados na Barra da Tijuca.

- Tive a honra de participar da inauguração da sede e do Museu, o que representa um enorme ganho para a cidade e o Estado do Rio de Janeiro.

O presidente José Maria Marin parabenizou Luiz Fernando Pezão pelo início que chamou de "promissor" da sua administração à frente do Estado e agradeceu ao presidente do COB e do Comitê Organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, pelo convite para participar do evento desta quinta-feira na sede da Rio 2016.

- É dever da CBF dar toda a colaboração e fazer um trabalho integrado com o presidente Nuzman, que, tenho certeza absoluta, fará uma grande Olimpíadas, assim como conseguimos fazer uma grande Copa do Mudo. Já temos um trabalho integrado com o Comitê Organizador da Rio 2016, com os representantes da CBF, o Fernando Sarney e o Leonardo Ferraz.

Carlos Arthur Nuzman considerou muito importante o evento de anúncio - feito pela Rio 2016 - das cidades-sedes - Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Manaus e Salvador -, que ainda serão submetidas à aprovação da FIFA. Ele destacou também a parceria bem-sucedida com o governo estadual e a CBF e agradeceu as presenças do governador Pezão e do presidente Marin.

Nuzman chegou a fazer um pedido, em tom de brincadeira.

- Presidente Marin, sem nenhuma pressão, mas todos nós temos o sonho de ganhar a medalha de ouro inédita tanto no masculino quanto no feminino.

Além do governador Pezão, dos presidentes Marin e Nuzman, o diretor executivo de Operações da Rio 2016, Marco Aurélio Costa Vieira, compôs a mesa do evento. Estiveram presentes, entre outras autoridades, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e o vice-governador do Amazonas, Henrique Oliveira.

Ao responder às diversas perguntas sobre o desempenho do Brasil no Sul-Americano Sub-20, em que terminou na quarta colocação, o presidente Marin foi enfático na sua consideração.

- Não gostei nada do que vi. Assisti a todos os jogos e fiquei muito chateado. Futebol é um esporte coletivo e não foi isso que aconteceu com a nossa Seleção. Ao contrário, prevaleceu o lado individual. Fiquei insatisfeito também como torcedor e, como presidente da CBF, muito decepcionado pelo grande apoio que foi dado à montagem da Sub-20 sem que houvesse o retorno esperado.

Fonte: CBF



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...