Marta apoia luta contra grama sintética na Copa do Mundo Feminina

Foto: Divulgação

23/10/2014

A luta das jogadoras contra a grama sintética na Copa do Mundo Feminina de 2015, no Canadá, ganhou uma aliada de peso. A brasileira Marta, eleita cinco vezes seguidas a melhor do planeta (de 2006 a 2010), confirmou à coluna que apoia o movimento liderado pela americana Abby Wambach, outra craque premiada pela Fifa, em 2012.

Mesmo de longe, ela está a par dos últimos passos do grupo, que entrou com uma ação judicial contra a Fifa pedindo a mudança do piso dos seis estádios do Mundial.

“Como atleta, eu não posso ficar contra as minhas companheiras. Mesmo sendo adversárias, este é o nosso trabalho, e eu estou junto com elas, sim", afirmou a camisa 10 do Brasil, por telefone, da Suécia, onde atua pelo Rosengard, que acaba de conquistar o título nacional.

Embaixadora da Boa Vontade da ONU desde 2010, Marta concorda com o argumento de Wambach, de que a escolha do gramado artificial representa um preconceito contra o futebol feminino.

“Não deixa de ser uma discriminação. A gente vê, realmente, uma desigualdade de gênero. Uma das coisas que a gente trabalha, na ONU também, é essa questão de as mulheres terem os mesmos direitos dos homens. Infelizmente, esse é um ponto negativo", disse ela.

Recentemente, em visita aos estádios da Copa, uma dirigente da Fifa indicou que o piso sintético será mantido. A menos de oito meses da competição, tudo indica que a batalha está apenas no começo e o assunto ainda deve render muita discussão até o início do Mundial, no dia 6 de junho.

Fonte: O Globo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...