Dois hospitais de Porto Alegre serão referência para turistas na Copa

Prefeitura divulgou planejamento para ações de saúde durante a Copa (Foto: Renan Silveira/G1)

27/05/2014

HPS e Presidente Vargas vão centralizar atendimentos durante o evento. 
Ambulâncias do Samu terão reforço e ficarão em pontos estratégicos.

Turistas que precisarem de atendimento médico em Porto Alegre durante a Copa do Mundo serão direcionados para dois hospitais: Hospital de Pronto Socorro (HPS) e Presidente Vargas. O plano de ação da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) para atender a demanda do evento esportivo foi apresentado nesta segunda-feira (26).

De acordo com o assessor técnico da pasta, Diego Leite, o plano foi articulado em conjunto com o governo do Estado para atender desde os casos mais simples até emergências, sem afetar os atendimentos de rotina. “Creio que conseguiremos atender a todos os turistas sem prejudicar a população local”, afirmou.

O HPS será a unidade referência para atendimento de traumas (ferimentos graves e outros), não só para turistas. Por isso, a emergência e o bloco cirúrgico foram reformados. Já o Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas será a referência para atendimento pediátrico, contando também com áreas de apoio para situações de abuso de menores.

Além da frota normal de 15 ambulâncias, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) municipal terá o reforço de outras 10 unidades com equipes completas cedidas pelo Samu estadual nos cinco dias de jogos em Porto Alegre (15, 18, 22, 25 e 30 de junho) e quatro unidades nos demais dias. Serão 400 profissionais envolvidos com essa área.

As ambulâncias ficarão posicionadas em pontos estratégicos, como o entorno do Estádio Beira-Rio, o Parque da Harmonia, onde será realizado o Acampamento Farroupilha Especial de Copa, e o Anfiteatro Por do Sol, que vai receber a Fifa Fan Fest, entrou outros pontos. Na Fifa Fan Fest, também será implantada uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), para atender ao público da própria Fan Fest e também os visitantes do Acampamento Farroupilha. O serviço também atenderá demanda de catástrofes.

O “Caminho do Gol”, trajeto que unirá o centro da Capital ao Beira-Rio, também receberá atenção especial, com agentes de saúde e socorristas. A prefeitura vai organizar ações informativas para orientar os turistas onde buscarem atendimento médico. Além disso, um aplicativo para smartphones e dispositivos móveis, batizado de Doctor Poa, foi lançado, com informações sobre o sistema de saúde na capital.

Fonte: G1 RS


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...