Comissão técnica faz viagem de trabalho importante na preparação para a Copa

Foto: Divulgação / CBF
15/04/2014

O trabalho da comissão técnica não se limita às atividades de treinamentos e jogos da Seleção. Tão importante quanto é acompanhar o que está acontecendo com os adversários, observar jogos de uma competição como a Liga dos Campões da Europa, para poder testemunhar in loco o nível tático e técnico do que será enfrentado na Copa do Mundo. 

Foi o que fizeram o técnico Felipão, o coordenador Carlos Alberto Parreira e o assistente técnico Flávio Murtosa. Durante 11 dias, eles passaram por cinco países da Europa, em um trabalho exaustivo, mas ao mesmo tempo prazeroso de observar o desempenho de jogadores brasileiros e europeus.

A viagem de trabalho foi considerada excelente pelos integrantes da comissão técnica. Em um aspecto, em especial, ela atingiu completamente o seu objetivo: o de uma maior aproximação com os jogadores brasileiros que poderão ser convocados.

Nesse sentido, desde o dia 5 de março, a data do último amistoso, até o dia 26 de maio, o dia da apresentação na Granja Comary, havia um intervalo a ser preenchido.

- Aproveitamos esse período como uma grande oportunidade de estreitar o relacionamento com os nossos jogadores. Para isso, nada melhor do que um contato pessoal, em que conversamos longamente com eles.

David Luiz, Ramires, William e Oscar (Chelsea), Paulinho (Totenham), Thiago Silva, Marquinhos, Alex, Maxwell e Lucas (PSG), Lucas Leiva (Liverpool), Rafinha e Dante (Bayern) e Luiz Gustavo (Wolfsburg) foram contactados. A conversa foi franca e serviu para ratificar uma mútua confiança.

- Evidentemente que não garantimos a convocação de ninguém. Mas os estimulamos a continuar trabalhando e treinando com empenho em seus times à espera da chamada do dia 7 de maio e que a CBF está pronta para recebê-los com a melhor estrutura na nova concentração.

Parreira completou expressando o sentimento que é o de Felipão e Murtosa.

- Ficamos muito felizes com o contato. Tenho certeza que os jogadores, também.

Mais do que felizes, os jogadores se sentiram prestigiados com a visita. David Luiz falou em nome dos companheiros do orgulho que sente quando veste a camisa da Seleção. Da ansiedade pela convocação para concretizar o sonho de disputar a Copa do Mundo e ainda da satisfação pessoal e profissional que sentiram em ser procurados.

- Eles puderam comprovar a inteira confiança da comissão técnica. Foi uma conversa muito franca, que os deixou tranquilos e satisfeitos.  

 Os integrantes da comissão técnica, no total, assistiram a seis jogos. Três da Liga dos Campeões da Europa - Barcelona x Atlético de Madrid, PSG x Chelsea e Bayern de Munique x Manchester United -, dois do campeonato inglês - West Ham x Liverpool e Chelsea x Stoke City - e um jogo do Benfica em Lisboa.

Nesse universo de confrontos estavam envolvidos dezenas de jogadores que estarão representando suas seleções na Copa do Mundo.  Barcelona e Bayern possuem de cinco a seis jogadores que deverão ser convocados pela Espanha e Alemanha.

A mesma possibilidade, talvez em menor número, está com os ingleses Manchester, Liverpool e West Ham, além do francês PSG.

- Nessas equipes estavam os destaques das seleções dos seus países. Não poderíamos desperdiçar a oportunidade de vê-los em ação nos estádios – disse Parreira.

Além do desempenho individual, as partidas da Liga dos Campeões da Europa serviram para a comissão técnica brasileira constatar o nível tático que a Seleção enfrentará a partir do dia 12 de junho, o da estreia contra a Croácia. 

- Em síntese, o que se pode dizer é que, apesar de cansativa, foi uma viagem extremamente proveitosa. Valeu muito a pena a inciativa, foi um trabalho que será útil na preparação para a Copa - finalizou Parreira. 

Fonte: CBF 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...