MESMO COM VITÓRIA, EX-INTER PEDE DEMISSÃO DO COMANDO DA SELEÇÃO DO CATAR

Técnico Jorge Fossati durante entrevista coletiva da seleção do Catar
15/06/2017

A seleção do Catar conseguiu uma vitória suada sobre a Coreia do Sul por 3 a 2, na última terça-feira, pelas eliminatórias asiáticas para a Copa do Mundo de 2018.

Mesmo com o bom resultado, porém, o técnico uruguaio Jorge Fossati pediu demissão do comando dos catarianos. O ex-Internacional levou em conta que, mesmo com a vitória, o Catar está com chances remotas de ir à Rússia.

Com sete pontos e apenas duas rodadas para o fim da terceira fase, a seleção que será anfitriã da Copa do Mundo de 2022 está cinco atrás do Uzbequistão, atual terceiro colocado do grupo A e que hoje garantiria vaga na repescagem - Irã, com 20, já está classificado, enquanto a Coreia do Sul, 13, tem hoje a última vaga direta.

"Para mim, são emoções mistas: hoje nós estamos felizes por bater a Coreia do Sul e, ao mesmo tempo, nos sentimos tristes com a possibilidade de não classificar para a Copa do Mundo", disse Fossati, que estava havia oito meses no cargo.

"Os jogadores do Catar merecem elogios especiais e felicitações", falou.

O presidente da federação de futebol do país (QFA), Sheikh Hamad bin Khalifa bin Ahmed al-Thani, afirmou estar surpreso com o pedido de demissão do treinador uruguaio, mas agradeceu o trabalho feito por ele.

Fonte: ESPN 

 Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...