TITE MINIMIZA MÉRITOS POR CLASSIFICAÇÃO À COPA 2018 E SUGERE DEBATE ENTRE TÉCNICOS E JORNALISTAS

Tite durante o “Somos Futebol: 2ª Semana de Evolução do Futebol Brasileiro”, 
na sede CBF (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

09/05/2017

Treinador critica supervalorização de técnicos no Brasil e pede por mais aproximação com os profissionais de imprensa

O treinador da Seleção Brasileira, Tite, participou na manhã desta segunda-feira (8) do “Somos Futebol: 2ª Semana de Evolução do Futebol Brasileiro”, evento realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro, para debater assuntos relacionados a conceitos técnicos e táticos do futebol. Ao lado de técnicos gabaritados no cenário futebolísticos como o argentino Marcelo Bielsa e o italiano Fabio Capello, o brasileiro fomentou o debate sobre o futuro do esporte mais popular do mundo e sua evolução.

Entre vários assuntos, Tite destacou o alto reconhecimento que treinadores recebem no Brasil. O ex-comandante do Corinthians se mostrou contra a essa cultura e pediu mais tempo para os técnicos trabalharem. Ele ainda minimizou o fato de ter classificado o Brasil para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

“Há uma supervalorização dos técnicos no Brasil. Não me iludo de estar classificado para Copa do Mundo. Não é o técnico o único responsável por isso. É toda uma estrutura onde cada um tem suas autonomias e méritos pela conquista. Não quero que os técnicos fiquem em média três meses no cargo. A gente quer tempo para trabalhar, não quer mídia”, afirmou.

O treinador também comentou sobre assuntos que envolvem a imprensa esportiva. Ele revelou certo desconforto ao conceder entrevista coletiva após as partidas. “É muito difícil a gente estar aqui na frente e falar com todos vocês [imprensa] e dar uma entrevista coletiva. Tenho muita dificuldade pós-jogo, confesso para vocês. Eu tenho que estar dentro da minha casinha, com os conceitos táticos, técnicos, físicos e emocionais, para trabalhar. É muito difícil, é muito desafiador”, explicou.

Tite ainda sugeriu uma aproximação maior entre técnicos e jornalistas para que haja melhora na discussão do jogo. “Aqui fica uma sugestão: tem um espaço para melhoria muito grande na relação técnico e imprensa. Há um espaço para nós melhoramos muito. Talvez nós realizarmos uma conversa, um simpósio, sei lá, para que haja um pouquinho mais de aproximação com ideias e autonomias”, concluiu.

Fonte: Vavel.com


Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...