DE FÉRIAS, DOUGLAS COSTA VISITA ARENA DO GRÊMIO E SONHA COM COPA DO MUNDO

Douglas Costa recebeu camisa celeste do Grêmio (Foto: Grêmio / Divulgação)

27/05/2017

Meia do Bayern de Munique ressalta necessidade de superar lesões em ano decisivo para convocação para o Mundial da Rússia

Por Eduardo Moura, Porto Alegre

De férias em Porto Alegre após conquistar mais um Campeonato Alemão com o Bayern de Munique, o meio-campista Douglas Costa visitou a Arena do Grêmio na noite desta quinta-feira. O clube que o revelou decide sua classificação no Grupo 8 da Libertadores em partida contra o Zamora, da Venezuela. Além de reencontrar amigos tricolores, o jogador afirmou que a temporada 2017/2018 será fundamental para garantir uma vaga na Copa do Mundo da Rússia.

O meia-atacante não teve seu melhor rendimento no Bayern até a metade deste ano. Ele sofreu com lesões e acabou a Bundesliga na reserva do francês Franck Ribéry. Mesmo assim, marcou sete gols em 34 jogos. A imprensa italiana especula que a Juventus estaria interessada no atleta e poderia pagar quase R$ 100 milhões ao Bayern para levá-lo. Uma mudança de ares ajudaria Douglas a ganhar mais sequência em um ano que será fundamental para a disputa do Mundial de 2018.

– O tempo passou. Machuquei bastante nesse ano. Mas agora vou ter oportunidade. O que passou já se foi. Batalhar por uma vaga importante na Copa do Mundo – disse Douglas Costa em conversa com a imprensa na zona mista da Arena.

Douglas Costa cumprimentou presidente Romildo Bolzan Jr. 
Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com

O ídolo tricolor entrou no gramado da Arena e recebeu uma camisa celeste do Grêmio com seu nome e o número 11 às costas. Cumprimentou funcionários e dirigentes, bem como o presidente Romildo Bolzan Júnior. Douglas não escondeu sua admiração pelo clube gaúcho e promete voltar ainda "com pique". Há um sentimento de que o meia atuou pouco em Porto Alegre e gostaria de devolver o carinho recebido. Hoje aos 26 anos, poderia retornar até mesmo quando batesse na casa dos 30.

– Divulgo o Grêmio por onde eu passo. Falo mais para o Rafinha, o Thiago, pessoal que fala português. Acho que é importante vincular minha história do início ao fim. Foi aqui que surgi. Sempre que puder, virei aqui, estarei no campo. Sempre que eu solto algo no Twitter, torcedor comenta, participa bastante. O carinho é importante – disse. – Sempre ressalto que tenho a vontade de retornar. Mas tenho bastante tempo, 26 anos ainda, acho que dá para ficar um tempo lá (na Europa) e poder voltar com pique ainda.


Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...