Fifa rejeita recurso e mantém punição à Bolívia nas Eliminatórias

Claudio Reyes/AFP

04/02/2017

A Fifa anunciou nesta sexta-feira (03) que rejeitou o recurso e manteve a punição à Bolívia nas Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2018. A seleção do país perdeu os pontos conquistados contra Chile e Peru por escalar o jogador Nelson Cabrera irregularmente.

Nos duelos em questão, a Bolívia havia vencido o Peru por 2 a 0 no dia 1º de setembro de 2016 e, cinco dias depois, empatado por 0 a 0 com o Chile. Com a punição mantida, a Fifa declarou os dois jogos com o placar de 3 a 0 a favor dos adversários dos bolivianos.

Nascido no Paraguai, Nelson Cabrera defendeu o time boliviano nas duas partidas, o que rendeu uma denúncia das federações do Chile e do Peru. Na reclamação feita à Fifa, os denunciantes disseram que Cabrera não vive há cinco anos na Bolívia, período mínimo exigido pela entidade para aceitar a naturalização de um atleta.

Desta forma, a classificação das Eliminatórias não sofre novas alterações. Com os quatro pontos perdidos, a Bolívia segue com sete, na nona colocação. O Peru tem 14 e é o sexto, enquanto que o Chile só está na zona de classificação para a Copa - é o quarto colocado com 20 - por conta dos dois pontos herdados no confronto.

No comunicado, a Fifa ainda informa que manteve a multa de 12 mil francos suícos (cerca de R$ 40 mil) à Bolívia por violação ao parágrafo 1º do artigo 55 do Código Disciplinar da FIFA (FDC) e do artigo 8º do Regulamento da Copa do Mundo da Rússia-2018. Os dois tratam de violação das regras de elegibilidade para jogar nas equipes nacionais.

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...