Eliminatórias: Frasqueirão será a casa da Seleção Brasileira durante passagem por Natal



22/09/2016

O duelo entre Brasil e Bolívia na Arena das Dunas, no dia 6 de outubro, será apenas o ápice da passagem da seleção por Natal. É que o time canarinho permanecerá durante uma semana na capital potiguar, segundo o presidente da Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), José Vanildo. O cronograma da CBF prevê que a equipe permaneça em solo potiguar entre os dias 3 e 9 de outubro. 

Natal já começa a vivenciar esse momento. Uma reunião será realizada na Arena das Dunas nesta quinta-feira, às 10h, entre integrantes da federação local e da confederação para definir as pendências do jogo, como preço e locais de venda dos ingressos, logística e segurança do evento. 

O que já está definido é que a equipe comandada pelo técnico Tite fará toda a preparação para o embate contra a seleção boliviana no estádio Frasqueirão. A informação também foi confirmada ao NOVO pela assessoria do Alvinegro. Na terça-feira passada (13), uma equipe de análise da CBF fez uma vistoria no estádio nos moldes do que aconteceu às vésperas da Copa do Mundo pela Fifa.

E, mesmo depois do jogo na Arena das Dunas, a seleção seguirá em Natal. A intenção da comissão técnica brasileira é de que parte dos treinamentos para o jogo contra a Venezuela, fora de casa, que será no dia 11, também aconteça no estádio Frasqueirão. “Natal será a capital do mundo nestes dias”, comemorou o presidente da FNF, José Vanildo.

Antes dos trabalhos nas quatro linhas, a parte burocrática ainda toma conta do dia a dia. A reunião de hoje entre membros da CBF, FNF e Arena das Dunas irá tratar de “tudo relacionado ao jogo”, segundo explicou José Vanildo.

“Vamos discutir questões de ordem de segurança e todos os trabalhos que serão realizados para permitir o confronto. É algo que agrega tudo relacionado à partida”, sintetizou. 

A equipe que chegará a Natal será comandada por Manoel Flores, diretor de competições e membro forte da CBF. Mas já na terça-feira passada, Arena das Dunas e Frasqueirão foram avaliadas por uma equipe técnica da Confederação. “As visitas foram para uma avaliação de qualidade”, resumiu o presidente José Vanildo. 

Segundo a assessoria do ABC, uma parte da grama do estádio Frasqueirão foi levada pela equipe técnica da CBF para saber as reais condições de jogo, além de servir como base para a medição da altura do gramado, que tem um padrão para a delegação canarinho. Os tamanhos das traves, do campo e os vestiários também foram alvos de análises.

O que mais interessa ao torcedor potiguar é saber quanto custará o ingresso da partida entre Brasil e Bolívia, dia 6 de outubro, na Arena das Dunas. Essas informações, segundo a FNF, serão detalhadas também na reunião que acontece hoje na Arena das Dunas. O presidente, no entanto, antecipou quanto pode ser cobrado nas entradas. 

“O que eu posso dizer, por enquanto, é que não será nenhum show de Wesley Safadão e nem de Marília Mendonça”, comparou em contato telefônico com a reportagem do NOVO.

De acordo com o dirigente, a tendência é de que, em média, os ingressos custem cerca de R$ 200. “Esse não é o preço mais baixo ou mais alto. É a média. Deve girar em torno de 200 reais”, explicou.

Na última rodada das eliminatórias, em que o Brasil enfrentou a Colômbia na Arena da Amazônia, os ingressos mais baratos custaram R$ 220 (inteira) e R$ 110 (meia), na arquibancada superior. Na inferior, os ingressos chegaram a R$ 260 e nos camarotes os preços variaram de R$ 300 a R$ 400.

A tendência é de que a média de preços se mantenha – ou até cresça. Isso porque a Arena da Amazônia tem capacidade para cerca de 45 mil torcedores. Em Natal, a Arena das Dunas comporta pouco mais de 31 mil, o que deve dificultar a busca por ingresso e pode alterar o preço cobrado.

Fonte: Novo Jornal

Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...