ELIMINATÓRIAS DA ÁSIA: A CORRIDA RUMO À COPA DO MUNDO

Crédito da imagem: Divulgação / FFA - Federação de Futebol da Austrália

03/09/2016

Setembro começou a todo vapor para as seleções que disputam as vagas da Ásia nas eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018. Seis jogos agitaram a rodada nesta quinta (1º).

Austrália 2 x 0 Iraque

O favoritismo e o mando de campo prevaleceram em Perth. Luongo e Juric balançaram as redes da equipe da Oceania. Até o momento a equipe conquistou oito vitórias e apenas uma derrota no campeonato – 2 a 0 para a Jordânia, fora de casa, em outubro de 2015.

Japão 1 x 2 Emirados Árabes

O árbitro do Qatar Abdulrahman Al Jassim se destacou como o principal personagem do jogo realizado em Saitama. Ele marcou o pênalti polêmico que definiu o placar e anulou gol japonês que frustrou os 65 mil torcedores presentes no estádio. O gol de honra dos japoneses saiu após cabeçada do astro Honda. A virada aconteceu com dois gols de Ahmed Khalil em cobranças de bola parada – uma falta aos 20min do primeiro tempo e a penalidade na etapa final.

Coreia do Sul 3 x 2 China

Um gol contra marcado por Zhi Zheng aos 20min de jogo abriu o placar em Seul. Os outros gols saíram apenas no segundo tempo, quando Chungyong Lee e Jacheol Koo ampliaram para explodir a torcida no Sangam Stadium. Os chineses fizeram dois gols em três minutos, mas a reação tardia evitou a virada.

Uzbequistão 1 x 0 Síria

Geynrikh marcou o único gol do jogo disputado em Tashkent, na casa do Bunyodkor, time treinado pelo técnico Felipão entre 2009 e 2010. O camisa 15 saiu do banco de reservas para dar a vitória à seleção uzbeque aos 29min da etapa final.

Irã 2 x 0 Qatar

O país que vai receber a Copa em 2022 aposta no intercâmbio para fortalecer sua equipe. Desta vez, no entanto, os brasileiros naturalizados Luiz Júnior e Rodrigo Tabata, ex-Santos, e uma série de estrangeiros incluindo o técnico uruguaio Daniel Carreño foram insuficientes para evitarem a derrota fora de casa da seleção rubra do Oriente Médio. O goleiro francês Lecomte-Addani vacilou na saída de bola e Ghoochannejad aproveitou para abrir o placar, sendo que Bakhsh ampliou no segundo tempo e fechou o placar.

Arábia Saudita 1 x 0 Tailândia

Palco da Copa das Confederações de 1997, vencida pelo Brasil, o Estádio Internacional Rei Fahd sediou a vitória saudita com gol de pênalti marcado por Nawaf Al Abed aos 39min do segundo tempo.

Apesar de geograficamente pertencer a outro continente (Oceania), australianos disputam competições oficiais pela Ásia. A região tem quatro vagas garantidas na Copa do Mundo – os dois primeiros colocados de cada grupo e os terceiros disputam jogos de ida e volta para definir o país que vai para a repescagem contra o representante da Concacaf – América do Norte e Central.


Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...