Seleção Feminina: Não faltou garra!

Créditos: Ricardo Stuckert/CBF

20/08/2016

Na despedida dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a Seleção Brasileira Feminina foi empurrada pela torcida na Arena Corinthians, nesta sexta-feira (19), diante do Canadá, e se empenhou até o fim para conquistar a medalha de bronze. Diante de uma equipe mais descansada fisicamente, o Brasil se mostrou incansável em campo, mas não conseguiu evitar a derrota por 2 a 1.

As meninas do Brasil encerram as Olimpíadas em quarto lugar.

O jogo

Na Arena Corinthians, a Seleção Brasileira encontrou uma equipe canadense bem descansada para a partida. Na fase mata-mata da Olimpíada, o Canadá venceu a França por 1 a 0 e perdeu para a Alemanha por 2 a 0, enquanto o Brasil passou por duas prorrogações, seguidas de disputa de pênaltis. Aos oito minutos, Sinclair cobrou falta no travessão da goleira Bárbara. Na sequência, Marta cobrou escanteio, Andressa Alves tentou o chute dentro da área, mas a bola explodiu na defesa adversária. Aos 25, após cobrança de falta da Seleção Brasileira, a bola sobrou para Lawrence, que arrancou em contra-ataque pela esquerda e passou para Rose finalizar: 1 a 0. Buscando a recuperação, Mônica arriscou de longe, e a goleira canadense defendeu. Depois, Marta cobrou falta no meio do gol, e Labbé novamente defendeu. Armando as melhores jogadas brasileiras, Marta e Fabiana foram muito perseguidas em campo. Só no primeiro tempo, o Canadá cometeu nove faltas.

No segundo tempo, Debinha entrou no lugar de Cristiane – que retornou ao time após recuperação de lesão na coxa direita. Logo no primeiro minuto, o Brasil apertou a marcação e a camisa 7 conseguiu cortar Lawrence, que cometeu falta dura em Fabiana na sequência. Aos sete minutos, Rose cruzou rasteiro para a capitã Sinclair, que ganhou da zaga e ampliou para o Canadá.

Mesmo atrás no placar, as meninas do Brasil não desanimaram e lutaram até o fim. Aos dez minutos, após bate-rebate, Formiga cabeceou para o meio da área, e Rafaelle completou para o gol. A bola passou raspando pela trave esquerda. Na sequência, Poliana e Érika entraram no jogo, nos lugares de Andressa Alves e Tamires, respectivamente. Incansável, a veterana Formiga buscava o jogo a todo momento, aparecendo bem no ataque e na marcação. Persistindo, o Brasil chegou ao gol aos 33 minutos. Após bola lançada na área, Érika desviou para trás, e Beatriz girou bonito para diminuir: 2 a 1.

Empurrada pela torcida na Arena Corinthians, a Seleção Brasileira seguiu empenhada em campo. Até o apito final, a equipe criou chances com Marta, Érika, Beatriz, Debinha e Formiga, mas não conseguiu reverter o placar.

Brasil: Bárbara; Fabiana, Rafaelle, Mônica e Tamires (Érika); Thaisa, Formiga e Marta; Andressa Alves (Poliana), Cristiane (Debinha) e Beatriz.

Fonte: CBF

Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...