Após apoiar Infantino na eleição presidencial, Sudão do Sul disputa vaga no Conselho da Fifa

Infantino e Chabur Goc em evento da FIFA
ALBERT GONZALEZ FARRAN

30/08/2016

Chabur Goc está entre os sete candidatos aos dois assentos disponíveis

O único país africano a apoiar publicamente o presidente Gianni Infantino na sua campanha eleitoral vai disputar uma vaga no Conselho da Fifa. O presidente da federação de futebol do Sudão do Sul, Chabur Goc, está entre os sete candidatos aos dois assentos disponíveis na eleição marcada para 29 de agosto, no Cairo, anunciou a Confederação Africana de Futebol (CAF).

A CAF disse, nesta segunda-feira, através de documentos enviados para seus 54 países-membros, que todos os candidatos foram submetidos a verificações de integridade pela Fifa para serem confirmados como elegíveis às vagas.

O Sudão do Sul apoiou Infantino durante sua campanha, enquanto o comando da CAF aconselhou seus membros a votarem no presidente da Confederação Asiática de Futebol, o xeque Salman, do Bahrein.

Depois, o Sudão do Sul foi a primeira federação filiada a ser visitada por Infantino ser eleito. Ele ganhou a votação no segundo turno, após uma disputa bastante acirrada no primeiro, em que teve apenas dois apoios a mais do que Salman.

Dos seis adversários de Goc, quatro são membros do Comitê Executivo da CAF. São eles: Almamy Kabele Camara (Guiné) Ahmad (Madagáscar), Kwesi Nyantakyi (Gana) e Suketu Patel (Seychelles). Os outros candidatos são Djibrilla Hima Hamidou (Níger) e Augustin Senghor (Senegal).

A África agora tem direito a sete dos 36 assentos do Conselho da Fifa, criado recentemente em substituição ao seu comitê executivo.


Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...