A vez delas! Alemanha vence mais uma no Mineirão e Canadá disputará bronze com Brasil

Com a vitória nas quartas, Alemanha já garante a melhor colocação da história 
para o futebol feminino do país - Reprodução/Twitter Mineirão

17/08/2016

Não há estádio no mundo que traz mais sorte para os alemães do que o Governador Magalhães Pinto. O Mineirão presenciou mais uma vitória germânica no futebol. Desta vez, foram as mulheres que venceram o Canadá, por 2 a 0 na semifinal do torneio Olímpico.  Farão a decisão pelo ouro inédita contra a Suécia na próxima sexta-feira, no Maracanã.

Na disputa do bronze, o Brasil de Marta e Cia irão encarar as canadenses, no mesmo dia, no Itaquerão.  Alemanha e Suécia já garantem a melhor colocação da história para o futebol feminino dos países. Os germânicos haviam sido bronze por três edições olímpicas seguidas (2000 a 2008), e a Suécia alcançou, no máximo, um quarto lugar diante justamente da Alemanha.

O jogo

O Mineirão recebeu um público insignificante para o duelo. Rancorosos em relação aos 7 a 1 de 2014, os torcedores vibraram pelo Canadá. Mas não adiantou. As norte-americanas terminaram em primeiro lugar no grupo que tinha a Alemanha, venceram os europeus por 2 a 1, quando as duas equipes pouparam algumas jogadoras.

Um dejà vú daquele confronto no Mineirão. A volante Melaine Behringer havia aberto o placar numa cobrança de pênalti. Fez o mesmo no jogo eliminatório, em uma cobrança forte, de fazer inveja à Andressinha e Cristiane (as jogadores brasileira que erraram nas penalidades diante da Suécia).

O Canadá, mesmo tendo um ataque poderoso com Sinclair e Beckie, só foi assustar a goleira adversária no segundo tempo. Porém, já era tarde demais. A volante Sandra Däbritz completou ótima jogada coletiva com um chute seco no canto, indefensável.

A goleira alemã, Schult, fez duas ótimas defesas e teve sorte em uma tentativa da lateral Lawrence, de média distância. Saiu ilesa do confronto e garantiu a vitória rumo à final inédita.

Segunda colocada no ranking geral da Fifa, a Alemanha já venceu sete vezes a Eurocopa feminina. Tem no Wolfsburg o time mais forte, com um atual vice-campeonato da Champions. Agora, chega à final sem contar com as grandes artilheiras Prinz e Célia Sasic.


FICHA TÉCNICA

CANADÁ 0 x 2 ALEMANHA

Canadá: Labbe; Wilkison (Matheson), Buchanan, Zadorsky e Lawrence; Fleming, Scott (Rose) e Schmidt; Sinclair, Beckie e Tancredi (Prince). Técnico: John Herdman.

Alemanha: Schult; Maier, Krahn, Bartusiak e Kemme; Däbritz, Behringer, Leupolzn (Islacker) e Marozsan (Goessling); Popp e Mittag (Kerschowski). Técnica: Silva Neid.

Gols: Behringer, aos 21 minutos do primeiro tempo; Däbritz, aos 15 minutos do segundo tempo
Arbitragem: Ri Hyang Ok; auxiliada por Hong Kum Nyo e Allyson Flynn
Cartões amarelos:  Buchanan, Lawrence e Tancredi (CAN)

Fonte: Hoje em Dia

Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...