Tocha Olímpica projeta Santa Cruz do Sul no cenário mundial

Foto: Luiz Fernando Bertuol/PMSCS
05/07/2016

Santa Cruz do Sul viveu momentos de emoção na tarde desta terça-feira, 5. O município recebeu um evento histórico e que ficará marcado na memória de todos, a passagem da Tocha Olímpica, um mês antes da data oficial da abertura dos Jogos Olímpicos 2016. Mais de 15 mil pessoas assistiram de perto o revezamento, que percorreu as vias principais da cidade.

Uma grande festa foi realizada a partir das 13h no pórtico de entrada da Unisc, com a presença da comitiva da Oktoberfest, banda típica alemã e os bonecos Fritz e Frida. Um ônibus trouxe os condutores por volta das 13h55min e o comboio do comitê olímpico com a centelha chegou ao local às 14h20min. Estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Leonel de Moura Brizola, William dos Santos Limberger, Amanda Pereira de Borba e Pâmela Borges foram os responsáveis por acender a chama da tocha. Os alunos foram selecionados através de um concurso de redação e a escola obteve o maior Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de Santa Cruz. 

Após iniciou-se o percurso, com aproximadamente cinco quilômetros. No total foram 25 condutores, sendo quatro indicados pelo Executivo Municipal. Conduziram a tocha Rogério Klafke, Fabiano Peçanha, Sabine Letícia Heitling e Roberta Cristina Etges Schroeder. A primeira condutora foi a patinadora Roberta Etges e o percurso foi encerrado pelo atleta Fabiano Peçanha. 

Da Avenida Independência o trajeto seguiu pela Galvão Costa, Tenente Coronel Brito até a Senador Pinheiro Machado, ingressando na Marechal Floriano até a Sete de Setembro e entrando na Marechal Deodoro até a Rua Ramiro Barcelos, em frente à Catedral São João Batista, encerrando o percurso. No palco montado na Praça Getúlio Vargas, foi realizada a celebração oficial com a presença do prefeito Telmo Kirst e do secretário estadual do Turismo, Esporte e Lazer, Juvir Costella. 

Santa Cruz do Sul foi o único município do Vale do Rio Pardo e um dos 28 do Rio Grande do Sul a receber o revezamento. Em suas palavras o prefeito Telmo Kirst, enfatizou a participação de toda a comunidade. “Agradeço aos santa-cruzenses e aos moradores da região que prestigiaram este evento histórico e vieram para a praça receber a Tocha Olímpica. Um evento marcante que proteja nossa Santa Cruz para o mundo.”

Conforme o secretário Juvir Costella, Santa Cruz do Sul deu exemplo de receptividade. “Uma bela demonstração foi dada no acendimento da Tocha Olímpica na entrada da cidade e ao longo do trajeto. Parabéns ao prefeito Telmo e todo o secretariado por realizarem esta belíssima festa que trouxe para o município esperança em diversos aspectos.”

A celebração foi marcada por apresentações culturais pela Secretaria Municipal de Educação e Cultural (SMEC) e 6ª Coordenadoria Regional de Educação (6ª CRE). O encerramento da festividade contou com a premiação das Olimpíadas Escolas de Santa Cruz do Sul e show com Killy Freitas, oferecido pelo Sesc. 

Orgulho – Entre os 25 condutores, o coordenador da Defesa Civil de Santa Cruz do Sul, José Joaquim Dias Barbosa, indicado pela Nissan. “Este momento será um legado para a cidade. Tive o privilégio de ser um dos escolhidos para conduzir a tocha que passará por todo o país. Foi uma emoção indescritível.” 

A santa-cruzense Andreia Maria Fanfa, monitora da Escola Santa Cruz, prestigiou a festa com alegria. “Esta é uma grande oportunidade. Santa Cruz do Sul está de parabéns e é gratificante ver a alegria de todos, principalmente das crianças que acenavam com bandeirinhas nas cores do Brasil e o símbolo dos jogos, a tocha.”

Avaliação – Segundo o secretário de Segurança, Cidadania, Relações Comunitárias e Esporte (SMSCRCE), Délsio Meyer, o evento envolveu inúmeras pessoas de todo o Vale do Rio Pardo. “Santa Cruz do Sul abraçou a causa e vieram pessoas de diversas localidades prestigiar a passagem da tocha pelo município. O tempo também nos ajudou e foi um evento completo, podemos dizer o maior evento esportivo que nossa cidade pode ver.”

O coordenador geral da força-tarefa, Daniel Francisco da Silva, parabenizou a comunidade de Santa Cruz e regional. “Tivemos alguns transtornos iniciais e achávamos que teríamos algumas dificuldades, mas tudo ocorreu de forma perfeita. Nossa cidade respondeu muito bem e fizemos um belo evento com uma força-tarefa com mais de 150 pessoas e mais de 20 entidades envolvidas. Recebemos um grande apoio, bastava ver na alegria de todos quando o comboio passava.”

A comitiva da força-tarefa responsável pelo revezamento foi composta pelas secretarias municipais de Segurança, Cidadania, Relações Comunitárias e Esporte (SMSCRCE), de Educação e Cultura (Smec), de Comunicação Social (Secom), de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Ciência e Tecnologia (SMDETCT), de Saúde, de Transportes e Serviços Públicos (SMTSP), através da Fiscalização de Trânsito, Gabinete do Prefeito Municipal e 6ª CRE.

O revezamento da Tocha Olímpica – que seguiu posteriormente para Santa Maria – faz parte da cerimônia de abertura dos jogos. O evento envolveu 26 estados do Brasil e mais o Distrito Federal e mobiliza aproximadamente 300 cidades do Brasil, incluindo todas as capitais. Serão 12 mil condutores, ao longo de 20 mil quilômetros. O revezamento da Tocha Olímpica faz parte da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos 2016, marcada para o dia 5 de agosto, no Estádio do Maracanã. 

Esta é a primeira vez na história que os Jogos Olímpicos acontecem na América do Sul. Participam desta edição 10,5 mil atletas de 205 países que, durante 17 dias, em 33 locais de competições, disputam medalhas em 42 diferentes modalidades de 28 esportes. Os jogos envolvem ainda a participação de 45 mil voluntários.









Crédito das fotos: Luiz Fernando Bertuol/PMSCS



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...