Passo Fundo recebe a Tocha Olímpica neste domingo

Passo Fundo recebe a Tocha Olímpica neste domingo

03/07/2016 

Município organizará eventos antes do início do revezamento, que começa às 19h. Percurso será de 7,5 km e termina no Parque da Gare

A Tocha Olímpica chega a Passo Fundo na noite deste domingo (3). O revezamento tem início às 19h, no Largo da Literatura, na Avenida Brasil Leste: 36 pessoas se revezarão no percurso de 7,5 km, que passará por locais históricos e culturais da cidade. A pira de celebração será acesa às 20h30, no Parque da Gare.

Antes de chegar ao município, a tocha passa pelas cidades catarinenses São Lourenço do Oeste, Chapecó, Concórdia. Depois, a tocha entra no Estado por Erechim e chega a Passo Fundo no início da noite. No início do revezamento, no Largo da Literatura, a orquestra da Universidade de Passo Fundo fará uma apresentação. Na Praça Torchetto, a cultura de rua estará presente com apresentações de grafiteiros, hip hop e partidas de basquete para o público. Na Praça Monumento do Teixeirinha, grupos da tradição gauchesca fazem a recepção do comboio com danças e músicas da cultura regional.

No palco da cerimônia de celebração, localizado no Parque da Gare, haverá apresentações de grupos de coral da APAE, show de rock com a banda Rudine e os Impostores, e da dupla Osvaldir e Carlos Magrão, ícones da cultura gaúcha.

Das 36 pessoas que farão o revezamento da tocha, três atletas foram indicados pela prefeitura de Passo Fundo, todos nascidos no município. Veja abaixo quem são eles.

Cláudio “Cacau” Ricci, 45 anos, piloto de automobilismo.

“Para mim é uma honra muito grande. É um momento histórico. Agradeço a oportunidade de carregar a tocha perto dos meus amigos e da minha família.”

Tem mais de 30 anos dedicados ao automobilismo e conquistas na Stock Car, GTR3, Endurance Brasil e campeonatos gaúchos de automobilismo. Em 1998 foi Campeão Brasileiro e Sul-Brasileiro (1998) de Kart, da Pick-Up Racing (2006). Em 2010, correndo na Stock Car Brasil pela equipe Crystal Racing, o piloto tornou-se o primeiro gaúcho a disputar uma corrida no Velopark.


Marcos Daniel, ex-tenista, 37 anos.

“É um momento importante para mim. É uma honra ter sido lembrado pela cidade. É um momento muito emocionante.”

Participou dos Jogos Pan-Americanos Rio 2007 e Jogos Olímpicos Pequim 2008. Foi considerado o melhor tenista brasileiro em 2007, chegou ao 56º lugar no ranking mundial, em 2009. Já enfrentou nomes importantes no esporte como o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal. Realizou seu último jogo em abril de 2011. Atualmente, é consultor técnico da Federação Paranaense de Tênis.

Gustavo Endres, ex-jogador de vôlei, 39 anos.

“É uma expectativa enorme de poder participar do revezamento, de alguma maneira participar de uma Olimpíada novamente. É uma honra e um orgulho de poder carregar a tocha na minha cidade. Eu nunca imaginei que chegaria à seleção, participaria de uma Olimpíada, conquistaria uma medalha de ouro e, agora, carregaria a chama olímpica.”

O ex-jogador tem duas medalhas olímpicas pela seleção: uma de ouro em Atenas, em 2004, e outra de prata nas Olimpíadas de Pequim, em 2008. Em 1997 foi convocado para a seleção principal pela primeira vez. Jogou na Itália e voltou ao Brasil, onde jogou em várias equipes. Ganhou diversos títulos individuais como melhor na função. Anunciou a aposentadoria em 2015


A TOCHA NO BRASIL

Mais de 300 cidades recebem o Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, envolvendo 90% da população brasileira em todos os 26 estados além do Distrito Federal.

12.000 condutores, escolhidos por meio de campanhas públicas ou nomeações diretas (do Rio 2016 e dos patrocinadores oficiais)

São 95 dias circulando pelo Brasil, desde a saída em 3 de maio, em Brasília. A chegada ao Rio de Janeiro será em 4 de agosto. No dia seguinte, as ruas da cidade olímpica serão palco do Revezamento até a chegada ao Estádio do Maracanã, quando o último condutor acenderá a pira Olímpica na Cerimônia Oficial de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Serão percorridos 20 mil quilômetros por estradas e 10 mil milhas aéreas no trecho ao Norte e Centro-Oeste, entre Teresina e Campo Grande. Essa distância é mais da metade de uma volta ao redor da Terra pela linha do Equador (40.075km).

Fonte: O Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...