Na contramão de astros, Neymar terá companhia de coadjuvantes no Rio

Neymar terá companhia de coadjuvantes nos Jogos Olímpicos do Rio 2016

10/04/2016

Neymar, Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Zlatan Ibrahimovic. Além de astros do futebol mundial, os quatro têm em comum o fato de suas seleções terem dois torneios no meio do ano - um continental, outro olímpico. O brasileiro deve ser o único, porém, a brigar por medalha no Rio de Janeiro.

Apesar do desejo da CBF, o Barcelona afirma que só liberará Neymar para uma das competições, deixando o jogador fora da Copa América Centenário, para tentar o ouro inédito no torneio masculino de futebol. Já na via oposta, outros craques - como Ronaldo, Messi e Ibra - abrirão mão dos Jogos.

Nas Américas, disputarão a Copa América e também o torneio de futebol olímpico, além do Brasil, as seleções de Argentina, Colômbia e México. Na Europa, Dinamarca, Alemanha, Portugal e Suécia virão à Rio 2016, mas as três últimas terão suas principais estrelas envolvidas com Eurocopa, semanas antes.

DESFALQUES CERTOS

O torneio olímpico permite jogadores de até 23 anos - no caso de 2016, nascidos a partir de 1 de janeiro 1993 - e três acima dessa idade. Neymar, com 24, por exemplo, será um dos "experientes" escolhidos do Brasil; outras seleções, contudo, preferem não fazer essa opção, ou esbarram nos clubes.

Messi, provavelmente a maior estrela da atualidade, já teve sua participação na Olimpíada descartada pelo técnico Tata Martino, que priorizará os jovens no Rio - o craque do Barcelona vai para a Copa América. Ainda assim, os argentinos, talvez, tenham o grande astro europeu com idade olímpica: Paulo Dybala.

O atacante da Juventus, 22, já foi citado por Martino como favorito para ser o craque olímpico, em time que pode contar também com Jonathan Calleri, atualmente no São Paulo; Giovanni Simeone, do Banfield e filho de Diego; e Ángel Correa, do Atlético de Madri - os dois últimos lideraram a classificação aos Jogos, no sub-20.

Na Alemanha, o técnico Horst Hrubesch já adiantou que não quer contar com nomes acima de 23 anos, descartando por exemplo, estrelas como Thomas Muller, 24, no Rio. Segundo ele, a prioridade será para os jogadores que classificaram a seleção no Campeonato Europeu sub-21, disputado em 2015.

Entre esses, até estavam nomes conhecidos, como o goleiro Marc-André ter Stegen, do Barcelona; Emre Can, do Liverpool; e Max Meyer, do Schalke 04, que deve liderar o time olímpico. O badalado Julian Draxler, do Wolfsburg, tem idade para estar nos Jogos, mas deve ir para a Euro e ficar fora.

OUTRAS SELEÇÕES

Quando Portugal assegurou a vaga para os Jogos, Cristiano Ronaldo chegou a manifestar desejo de defender o país. Com o time na Euro, porém, a possibilidade do craque de o Real Madrid viajar ao Brasil é quase nula. Mesmo jovens como Renato Sanches, do Benfica, e André Gomes, do Valencia, devem priorizar o torneio na França.

Sobram para o técnico Rui Jorge opções de qualidade, mas menos conhecidas: Tiago Llori, defensor contratado pelo Liverpool e atualmente no Aston Villa; Diogo Jota, meia-atacante do Paços de Ferreira já contratado pelo Atlético de Madri; e Gelson Martins, do Sporting.

Na Colômbia, James Rodriguez, por exemplo, é nome certo no time profissional e dificilmente participaria também dos Jogos. A equipe olímpica tem como destaque o novo reforço do Internacional Juan Fernando Quintero, que, embora já tenha sido chamado para a equipe principal, deve estar no Rio.

FAVORITOS AO OURO, MAS SEM ESTRELAS

Algoz do Brasil na final olímpica dos Jogos de Londres, em 2012, o México convocará três nomes acima de 23 anos, mas nenhum pode ser considerado um astro do nível de Neymar. Entre as possibilidades do técnico Raul Gutierrez, está Jesus Corona, do Porto; já entre os jovens, os principais nomes são Hirving Lozano, do Pachuca; e Erick Torres, do Houston Dynamo-EUA.

As seleções africanas, que sempre protagonizam boas surpresas em torneio com idades inferiores, serão representadas na Rio 2016 por Argélia, África do Sul e Nigéria. Apesar da força e de não terem a concorrência de torneios profissionais, nenhuma dessas equipes trará jogadores de grande renome aos Jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...