2016 recheado de futebol na Terra do Tio Sam: Copa América Centenário é principal atração

12/04/2016

Florida Cup, Amistosos internacionais, Ligas Profissionais Americanas e Copa América Centenário

Por Paulo Lofretta - USA. Yes, nós temos futebol 

Florida Cup, Amistosos internacionais, Ligas Profissionais Americanas, retorno de Adriano Imperador contra o time de Ronaldinho Gaúcho e uma COPA AMÉRICA CENTENÁRIO com provável ausência de estrelas.

Os Estados Unidos realmente querem massificar o futebol e para isso, estão promovendo uma dose cavalar de torneios em todo o país.

O calendário de futebol nos Estados Unidos teve início em 2016 com a realização da segunda edição do torneio Florida Cup, disputado em Orlando, no complexo ESPN World Wide Sports e em Fort Lauderdale, no estádio do Strikers, de 10 a 20 de janeiro.

GALO CAMPEÃO

O Atlético Mineiro sagrou-se campeão desse torneio que foi organizado pela empresa brasileira 2SV em parceria com a Disney. Além do Atlético Mineiro, participaram também Corinthians, Fluminense, Inter de Porto Alegre, Shalk 04, Bayer Leverkusen, Shaktar Donetsk, Santa Fé da Colômbia e Fort Lauderdale Strikers.

Atlético Mineiro levantou o Florida Cup no início da temporada de 2016

No final de fevereiro começou a temporada 2016 da MLS - Major League Soccer (considerada a Primeira Divisão Profissional) que deve terminar no início de dezembro de 2016. Estrelas como Kaká, Drogba, Lampard, Gerrard, Giovani dos Santos, Pirlo, David Villa, Julio Batista, entre outros, são as principais atrações do campeonato.

A MLS está sendo disputada por 20 equipes, em duas chaves (Leste e Oeste) com 10 times cada. Classificam-se os 6 primeiros times de cada chave que jogam em sistema mata-mata (play offs) até a final. São conhecidos os campeões de cada conferência (leste e oeste) que disputam a grande final, chamada ‘MLS CUP’.

Em 2015 o Portland Timbers (campeão da conferência oeste) sagrou-se campeão da MLS Cup ao derrotar o Columbus Crew (campeão conferência leste) pelo placar de 2 a 1. Na MLS não existe sistema de acesso e descenso.

NASL COM O IMPERADOR

Adriano Imperador ganha nos EUA nova 
chance para recomeçar
No início de abril, teve início a temporada da NASL - North American Soccer League (considerada segunda divisão profissional). Disputada por 12 equipes, o campeonato tem como principal atração neste ano o retorno do brasileiro Adriano Imperador aos gramados jogando pelo Miami United.

Também disputam o campeonato o Fort Lauderdale Strikers, comandado pelo brasileiro Ronaldo Fenômeno e o tradicional New York Cosmos, aquele mesmo onde jogou Pelé e Carlos Alberto torres, o capitão da seleção de 1970.

Preparando-se fisicamente para fazer um bom papel no campeonato, Adriano Imperador retornará oficialmente ao futebol, no dia 01 de maio contra o Miami Fusion na estreia do Miami United na Conferência Sunshine da NPLS - National Premiere Soccer League.

Um outro jogo muito esperado na volta de Adriano acontecerá no dia 14 de maio, em um amistoso onde o Miami United enfrentará o Las Vegas City, no Sam Boyd Stadium, em Las Vegas. O Las vegas City que disputa a liga da quarta divisão profissional, é presidido pelo brasileiro Marcio Granada, tem como treinador o experiente Valdir Espinosa e contará em campo para esse jogo exibição com ninguém menos que Ronaldinho Gaúcho.

NCAA É REVELADORA

Os torneios Universitários organizados pela NCAA - National Collegiate Athletic Association, Associação de todas as Universidades e Colleges do país, também têm grande importância nos EUA porque dali é que os times profissionais buscam os novos atletas.

A grande maioria dos clubes americanos não possui categorias de base uma vez que a formação dos atletas nos Estados Unidos, em todas as modalidades esportivas, fica a cargo das escolas e universidades. O atleta que não der sequência na carreira esportiva sai formado pela universidade e pronto para o mercado de trabalho. Um dia o Brasil vai chegar lá.

A partir de maio, nas férias de verão, clubes, escolas e universidades em todos os cantos do país promovem clínicas de futebol (os chamados Soccer Camps) para crianças e adolescentes com a finalidade de melhorar a técnica e os fundamentos do esporte e principalmente massificar o futebol no país.

DISNEY APOIA FUTSAL

Vislumbrando esse crescente mercado de crianças e adolescentes que amam futebol, a Disney também promove dentro do seu complexo esportivo ESPN World Wide Sports, mais de 15 torneios de futebol por ano recebendo uma quantidade cada vez maior de atletas e clubes de diferentes nacionalidades atraídos pela vontade de jogar futebol e ao mesmo tempo poder se divertir nas dezenas de parques de Orlando.

Em agosto deste ano, a Disney dará um grande passo para a implantação também do Futsal nos EUA, promovendo o World Futsal Championship. Torneio direcionado para crianças e adolescentes que contará com a presença de clubes de diferentes países e também com um jogo de exibição de atletas profissionais de Futsal, com a presença do brasileiro Falcão.

Imagine uma Olímpiada sem a presença de duas das principais estrelas da NBA como Stephen Curry e Lebron James. Agora imagine a comemoração de 100 anos de um dos torneios mais importantes do futebol das Américas, sem a presença de Neymar e James Rodrigues.

É o que pode acontecer se realmente os clubes europeus decidirem não liberar para a disputa da Copa América Centenário os atletas que também disputarão as Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Tudo isso porque quem organiza os campeonatos da Comebol consegue ser mais incompetente do que os organizadores dos campeonatos no Brasil. Faz mais de 100 anos que acontecem os Jogos Olímpicos, sempre de 4 em 4 anos e sempre no meio do ano.

Mesmo assim, os iluminados da Comebol conseguiram inventar mais um torneio caça níqueis e ainda por cima agendar esse torneio para acontecer a menos de um mês de diferença dos jogos Olímpicos.

Mesmo com a má fase da seleção brasileira e com os adversários fracos que a seleção enfrentará na primeira fase de grupos da Copa América Centenário (Haiti, Perú e Equador), a expectativa de ver Neymar em campo gerou uma grande procura por ingressos dos jogos da seleção brasileira.

TVS ABREM ESPAÇO

Messi o maior jogador da atualidade é 
atração nos Estados Unidos
Os canais de esportes americanos estão divulgando diariamente a participação de Neymar, Messi e James Rodrigues no Torneio e sem dúvida nenhuma será um grande problema tanto para os organizadores do evento como para mídia local explicar a ausência de alguns desses atletas aos telespectadores, que certamente se sentirão enganados.

O país que deu início à faxina ética no futebol mundial começa a conviver com as barbeiragens de dirigentes incompetentes que insistem em se manter no poder mesmo com o FBI nos calcanhares.

Todas essas ações para massificar o futebol masculino no país e a grande quantidade de atletas descendentes de países com tradição no futebol como América Latina e também da África, não tenho dúvidas que os Estados Unidos serão uma grande potência futebolística mundial.

Creio que o principal entrave para a evolução do futebol profissional dos Estados unidos será incluir os times das ligas americanas na agenda dos campeonatos internacionais da Fifa. As ligas são fechadas e não se submetem às regras da entidade máxima do futebol. Melhor pra eles.

Bye Bye Brasil

Paulo Lofretta

Empresário, Administrador de Empresas e Amante do Bom Futebol

Comentários e observações poderão ser enviados para paulo@pl-usa.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...