Revezamento da Tocha Olímpica será momento de união para o estado

A Tocha Olímpica vai passar por 28 municípios gaúchos - Foto: Karine Viana/Palacio Piratini 

30/03/2016

O governo do Estado lançou oficialmente, nesta terça-feira (29), o Comitê Estadual de Revezamento da Tocha Olímpica do Rio Grande do Sul. Na cerimônia, a Tocha Olímpica, o maior símbolo dos jogos, foi apresentada a atletas e representantes dos municípios por onde ela passará a partir do dia 3 de julho. 

O governador José Ivo Sartori lembrou que mesmo em um momento de adversidades nos âmbitos federal, estadual e municipal, a realização dos jogos deixará um bom legado para os gaúchos. "Este é um momento importante para o nosso país, para a sociedade, os atletas, as escolas, para todo mundo. É um espaço de união e superação de muitos impasses existentes na nossa vida. A nossa gente tem capacidade de lutar. O esporte reúne a todos, não separa e não divide ninguém, sempre soma", afirma. 

Para o secretário do Turismo, Esporte e Lazer e presidente do Comitê Estadual de Revezamento da Tocha Olímpica, Juvir Costella, a passagem da Tocha Olímpica será marcada por ser um momento de enfrentar as dificuldades com entusiasmo. "Temos percebido que os responsáveis pela passagem da tocha servirão de exemplo para muitos outros estados. Não temos dúvida de que a crise se enfrenta com trabalho, transparência, criatividade, mas fundamentalmente com entusiasmo e isso não nos falta", disse. 

O diretor executivo de Operações da Rio 2016, Marco Aurélio Vieira, lembrou da história dos jogos olímpicos e citou o momento como de celebração do que vivemos. Para ele, o revezamento da tocha pode ser resumido em três momentos: 
1) oportunidade para apresentar a cultura brasileira para o mundo; 
2) celebração para mostrar como sabemos festejar, e; 
3) superação, através da celebração, em meio ao cenário atual de crise do país. 

O Comitê

O Comitê Estadual de Revezamento da Tocha Olímpica do Rio Grande do Sul foi criado a partir do decreto nº 52.947/2016 para organizar e garantir o controle, a segurança e o fluxo sem interrupções do comboio olímpico no percurso de mais de dois mil quilômetros nos seis dias de revezamento no Rio Grande do Sul. 

Coordenado pela Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, o comitê também tem a participação das secretarias Geral de Governo; da Justiça e dos Direitos Humanos; da Segurança Pública; de Comunicação; da Cultura; da Educação; dos Transportes; da Saúde; da Fazenda; da Casa Civil; da Casa Militar e do Gabinete de Políticas Sociais. 

O Comitê realizou, na manhã desta terça-feira (29) na Assembleia Legislativa, a primeira reunião com os 28 municípios que receberão o símbolo olímpico em julho. Na oportunidade, foram discutidas demandas específicas dos municípios para planejar e padronizar as ações no estado. Cerca de 30 mil mapas com o trajeto do revezamento e informações turísticas específicas de cada região estão sendo finalizados e serão distribuidos em todo o Rio Grande do Sul.

Participaram do evento, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti; a secretária de Políticas Sociais, Maria Helena Sartori; o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Alfeu Freitas; prefeitos e autoridades civis. 

Tocha Olímpica 

O símbolo máximo dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos chega ao Rio Grande do Sul no dia 3 de julho e permanece até o dia 9. O revezamento passará por 28 municípios gaúchos. Santa Maria, Pelotas, Caxias do Sul, Porto Alegre e Passo Fundo são as chamadas "Cidades de Celebração", onde a chama vai pernoitar, após eventos turísticos locais.   

A tocha será revezada por 329 cidades brasileiras e conduzida por 12 mil atletas das modalidades olímpicas que serão disputadas na Rio 2016. 

As datas do revezamento 

3 de julho – Erechim e Passo Fundo

4 de julho - São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí e Cruz Alta

5 de julho - Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul e Santa Maria

6 de julho - São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande/Cassino e Pelotas

7 de julho - São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba e Porto Alegre

8 de julho - Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis e Caxias do Sul

9 de julho - Bento Gonçalves e Torres


Texto: Letícia Bonato
Edição: Denise Camargo/Secom 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...