Jogo da Seleção terá distribuição de repelentes e reforço contra o Aedes

Arena Pernambuco será o palco da partida (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

24/03/2016

Secretaria Estadual de Saúde distribuirá repelentes e material informativo, além
de vistoriar locais de circulação de jogadores e turistas na luta contra o mosquito

O confronto entre Brasil e Uruguai na Arena Pernambuco, na próxima sexta-feira, terá um esquema especial não só para os torcedores chegarem ao estádio, mas também para combater o Aedes aegypti e evitar a proliferação de doenças como dengue, zika e chikungunya. Entre as ações elaboradas pela Secretaria Estadual de Saúde estão a distribuição de folders, vistoria de locais de circulação de jogadores e turistas e distribuição de repelentes aos mais de 40 mil torcedores que assistirão à partida. 

De acordo com a secretária executiva de Atenção à Saúde, Cristina Mota, o Governo irá distribuir, em parceria com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), 50 mil sachês de repelentes aos torcedores antes do jogo. Também serão entregues panfletos com orientações em português, inglês e espanhol para evitar os focos do mosquito. Entre as dicas estão o descarte de lixo em locais adequados e os cuidados com o armazenamento de água. 

Ainda de acordo com Cristina Mota, fiscais da Vigilância Sanitária irão vistoriar a Arena Pernambuco nos dias que antecedem a partida para erradicar possíveis focos do Aedes. Além do estádio, a fiscalização também acontece nos hotéis em que as delegações brasileira e uruguaia ficarão hospedadas. Já que 21% dos ingressos foram vendidos a torcedores de outros estados do país e do Uruguai, outros estabelecimentos da área hoteleira do Recife também serão vistoriados. 

Durante a partida, duas ambulâncias estarão disponíveis para atender torcedores em caso de necessidade. O Corpo de Bombeiros também estará a postos para prestar primeiros socorros. O atendimento será feito inicialmente nos postos de saúde fixos e, em casos mais graves, o paciente poderá ser encaminhado para a rede assistencial. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...