À espera de Dunga, comissão técnica para Olimpíada é incógnita para a CBF

Participação do treinador Rogério Micale ainda está indefinida nas Olimpíadas
William Volcov/Brazil Photo Press/Folhapress

29/03/2016

As partidas disputadas em Maceió, no domingo, e Vitória, na última quinta, encerraram o período de preparação do Brasil para os Jogos Olímpicos. Mas, a aproximadamente três meses da convocação, só existe uma definição: Dunga será o treinador. A situação gera ansiedade entre os funcionários da CBF, que aguardam por uma definição a respeito da programação para o torneio.

Depois de vencer a África do Sul por 1 a 0, no último dia 27, o treinador Rogério Micale foi sincero ao ser perguntado do tema em entrevista coletiva. Ele comanda a seleção sub-20, mas acumulou a incumbência de liderar a sub-23 em sete amistosos realizados em datas Fifa nos últimos meses, já que ocorreram em períodos similares aos compromissos da seleção principal.

"Não tenho essa resposta", disse Micale ao ser perguntado qual seria seu papel na Olimpíada. "Estou com o Dunga semanalmente e vou trabalhar como sempre trabalhei. Eu sou da Sub-20 e tive a incumbência de preparar a Sub-23. Hoje fiz o último jogo e está se encerrando. Eu retorno à CBF, à Sub-20, e farei da mesma forma, como até então, o monitoramento dos atletas. Continuarei fazendo esse trabalho conjunto com o Dunga", comentou.

Na comissão técnica montada para os jogos da seleção olímpica, há expectativa a respeito de quem estará, de fato, no Rio de Janeiro para a disputa da medalha de ouro. Uma das preocupações é justamente sobre a possibilidade de se alterar métodos de trabalho dos profissionais que lidaram com os garotos ao longo de todo período preparatório.

Além de Rogério Micale, compõem essa equipe o auxiliar técnico André Luís Ferreira, contratado justamente por indicações de Dunga e Gilmar Rinaldi, o preparador físico Marcos Seixas, o preparador de goleiros Rogério Maia, o analista de desempenho Maurício Dulac e o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, entre outros.

Em sua entrevista, Micale contou um pouco sobre a rotina que tem como definida para as próximas semanas. "Farei relatórios individuais envolvendo todas as questões que achamos importantes para servir como um dado interno. Nos reuniremos em um período que será marcado e isso será passado ao Dunga e ao Andrey (auxiliar da seleção principal). Conversaremos sobre o desenvolvimento de cada um e o Dunga vai tomar decisões".

Brasil tem mais de meio grupo praticamente fechado para a Olimpíada

Aproximadamente 11 dos 15 jogadores com menos de 23 anos que serão chamados já estão praticamente definidos na cabeça da comissão técnica. Além deles, três mais velhos estarão no grupo se liberados: Miranda (Inter de Milão) e Neymar (Barcelona) são prioridades definidas e devem ser acompanhados por Alisson (Internacional) ou William (Chelsea).

Os nomes quase certos são: 

Ederson (goleiro/Benfica) 

Fabinho (lateral/Monaco)

Douglas Santos (lateral/Atlético-MG) 

Rodrigo Caio (zagueiro/São Paulo) 

Marquinhos (zagueiro/PSG)

Fred (volante/Shakhtar)

Rafinha (volante/Barcelona) 

Felipe Anderson (meia/Lazio) 

Gabriel (atacante/Santos)

Gabriel Jesus (atacante/Palmeiras) 

Luan (atacante/Grêmio)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...