PRAÇA MEMORIAL EUCALIPTOS SERÁ INAUGURADA NESTA TERÇA-FEIRA

Espaço vai homenagear estádio que foi casa do Inter por 38 anos

Foto: Fabiano do Amaral

22/12/2015

Espaço vai homenagear estádio que foi casa do Inter por 38 anos

Vai ser inaugurada em cerimônia marcada para a manhã desta terça-feira uma praça temática no local onde existiu o Estádio dos Eucaliptos, no bairro Menino Deus, casa do Inter antes do Beira-Rio. O local, de uso público, será uma espécie de museu ao céu aberto que visa perenizar a história do antigo estádio colorado, que funcionou por 38 anos.

A iniciativa foi da construtora Melnick Even, em parceria com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre e Internacional. Sede porto-alegrense na Copa de 1950, o Eucaliptos foi inaugurado em 15 de março de 1931, tendo seu último jogo em 26 de março de 1969. A venda da área pelo clube para a Melnick Even ocorreu em 28 de agosto de 2010, para a construção de um empreendimento residencial. A construtura destaca ter tido preocupação em mostrar a trajetória deste místico estádio de futebol, palco de uma copa do mundo.

No espaço, um caminho de seis totens contará os diversos momentos emblemáticos do estádio, com histórias e curiosidades sobre os dois jogos Copa do Mundo ali disputada, em 1950, México x Iugoslávia e México x Suíça. Haverá duas goleiras do antigo estádio que foram recuperadas e um campo de futebol conceitual, com bancos estilizados remetendo à ideia de arquibancadas da época. Um eucalipto, original da época, que deu o nome ao estádio, foi mantido.

A empresa está firmando com a Prefeitura um contrato de adoção da praça, garantindo a manutenção da mesma.

O Estádio dos Eucaliptos

Em 15 de março de 1931, foi inaugurado o Estádio dos Eucaliptos. O nome foi mantido em referência as mudas de eucaliptos trazidas pelo ex-presidente Oscar Borda, da Escola Técnica de Agricultura de Viamão. A partida inicial foi um Gre-Nal, vencido pelo Inter por 3 a 0.

A partir de 1944, o estádio recebeu o nome oficial de Ildo Meneghetti, em homenagem ao seu fundador. O Eucaliptos tinha, inicialmente, um pavilhão de madeira na rua Silveiro e uma arquibancada de tijolo e cimento no lado oposto, na rua Dona Augusta.

A CBD solicitou que o Inter realizasse adequações, principalmente nas dimensões do gramado e ampliação da capacidade do estádio. O gramado foi cercado por tela e ampliado nos dois sentidos, passando a medir 108 metros de comprimento e 72 metros de largura. Foi feita, ainda, uma arquibancada de concreto, que elevou a lotação máxima do estádio de 10 mil para 35 mil torcedores.

A reinauguração do novo Eucaliptos foi em 25 de junho de 1950, com um grande festejo e amistoso contra o Grêmio, que ganhou de 1 a 0.

No dia 28 de junho de 1950, uma quarta-feira, o Estádio dos Eucaliptos recebeu o primeiro dos dois jogos da Copa do Mundo que ocorreram em Porto Alegre. A partida foi Iugoslávia 4 x 0 México, que faziam parte do grupo do Brasil, com a Suíça. O público foi de 11.078 pessoas. O segundo jogo da Copa no Eucaliptos foi em 2 de julho de 1950: Suiça 2 x 1 México.

O último jogo no Estádio dos Eucaliptos foi disputado em 26 de março de 1969, quando o Inter ganhou do Rio Grande por 4 a 1. Logo em seguida, em 6 de abril de 1969, foi inaugurado o Beira Rio.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...