Futebol Feminino entra em debate na Comissão do Esporte

14/10/2015

As dificuldades que o futebol feminino enfrenta na parte de legislação trabalhista e previdenciária, formação de atletas e suporte financeiro foram apontadas durante audiência pública nesta quarta-feira na Comissão do Esporte. O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que preside a Subcomissão Permanente do Futebol, destacou a importância desse debate e a necessidade organizacional do setor para busca de políticas efetivas para o setor.

O parlamentar aproveitou para convidar a proponente da audiência, deputada Flavia Morais, para integrar uma das relatorias da Subcomissão. Hamm aborda sobre a necessidade do futebol feminino entrar em debate durante o Fórum Legislativo do Futebol, marcado para o dia 24 de novembro, na Câmara dos Deputados, em Brasília. “Queremos atuar pela valorização do futebol feminino”, assinala Hamm ao argumentar que o futebol feminino também deve ter especial atenção na formação de atletas para impulsionar a participação feminina no futebol.

Os desafios e iniciativas para o desenvolvimento do esporte feminino foram pautados pelo coordenador de Futebol Feminino da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Aurélio Cunha; coordenadora geral de Futebol Profissional do Ministério do Esporte, Mariléia dos Santos (Michael Jackson); a capitã licenciada da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, Bruna Benites; o diretor de Futebol da Ferroviária Futebol Feminino, Danilo Zero dos Santos; o técnico de futebol feminino da Sociedade Esportiva do Gama, Célio Lino de Oliveira e a campeã mundial de futevôlei, Lana Miranda. O Rio Grande do Sul estava representado pelo presidente da Associação Gaúcha de Futebol Feminino, Carlos Alberto de Souza e o coordenador-geral de Futebol Feminino do Esporte Clube Pelotas/RS, Marcos Planela Barbosa.

O presidente da Associação Gaúcha relatou sobre as dificuldades que o setor enfrenta. Ainda informou que a entidade, fundada em 2010, é formada por 20 clubes de futebol feminino, sendo que 14 são filiados na Federação Gaúcha de Futebol. Ainda informou que há 10 anos a associação realiza o Campeonato Estadual e também já promoveu Fórum Brasileiro sobre Futebol Feminino, curso para arbitragem feminina e exposição sobre o “futebol e a mulher no país da Copa”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...