Valcke anuncia que deixará Fifa junto com Blatter



26/07/2015

Secretário-geral afirma que vai deixar a organização após eleição que vai definir sucessor do atual presidente, Joseph Blatter. Ele reiteirou que não é responsável pelas irregularidades na crise que abalou a entidade.

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou nesta sexta-feira (24/07) que deverá deixar seu cargo na entidade máxima do futebol após a realização da eleição que vai definir o sucessor do atual presidente, Joseph Blatter, em fevereiro do ano que vem.

"Quem se tornar o novo presidente da Fifa deverá ter um novo secretário-geral, porque esse é o relacionamento mais importante", afirmou Valcke em São Petersburgo, na Rússia, na véspera do sorteio das eliminatórias da Copa de 2018. Ele pediu privacidade sobre o que fará no futuro, depois de trabalhar por oito anos como secretário-geral da entidade.

Valcke disse, ainda, que não é responsável por qualquer irregularidade na crise que abalou a diretoria da organização, que está no centro de investigações criminais por autoridades americanas e suíças devido a um esquema de corrupção que inclui a escolha de Rússia e Catar como sedes das Copas de 2018 e 2022, respectivamente.

O peso da corrupção e preocupações de patrocinadores levaram Blatter a anunciar sua saída da Fifa, que ele comanda desde 1998. Nove meses depois de ser reeleito para realizar seu quinto mandato à frente da organização, Blatter deixará a entidade após a eleição de 26 de fevereiro.

Valcke afirmou, ainda, que a crise abalou a busca por novos patrocinadores para a Copa do Mundo. Com uma expectativa de receitas de quase 6 bilhões de dólares no torneio de 2018, a Fifa ainda não assinou contratos com nenhum novo patrocinador desde a última Copa realizada no Brasil.

"Definitivamente, a situação atual não ajuda a finalizar qualquer novo acordo. Isso é um fato", sublinhou Valcke.

Fonte: DW


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...