Conmebol foge de polêmica e não elege craque da Copa América



07/07/2015

Depois que o Chile já havia se sagrado campeão da Copa América em cima da Argentina e estava esperando para comemorar no palco do Estádio Nacional de Santiago, a organização começou a anunciar vencedores de prêmios individuais. Bravo foi o melhor goleiro, Murillo foi o melhor jovem, o Peru foi o time Fair Play... mas, espera aí, não faltou alguma coisa? Quem, afinal, foi o craque do torneio, o famoso "Bola de Ouro" da competição?

A resposta: ninguém. Fontes da organização afirmaram ao Terra que a Conmebol optou por não eleger nenhum atleta como o melhor jogador da competição, evitando assim polêmicas como a de Lionel Messi no ano passado – o argentino foi escolhido pela Fifa como o craque da Copa do Mundo, em decisão contestada por parte do público. Muitos consideraram que nomes como o holandês Robben, o alemão Müller ou o colombiano James Rodríguez mereciam mais o prêmio.

Chilenos festejaram muito a conquista inédita
Foto: Miguel Tovar / Latin Content/Getty Images

O que os organizadores fizeram foi apenas um prêmio jogo a jogo, decidido pela votação de torcedores nas redes sociais – no caso da final, o chileno Vidal foi o escolhido como melhor em campo. Nem sempre a votação foi respeitada, aliás: na estreia da Argentina contra o Paraguai, Messi foi o eleito dos internautas, mas se recusou a receber a premiação, que acabou ficando com o adversário Haedo Valdez.

No domingo, a organização enfim divulgou a seleção da competição. Mas sem o craque. Veja como ficou


Fonte: Terra


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...