CBF demite Gallo e seleção olímpica será treinada por Dunga

Julio Cesar Guimarães/UOL

09/05/2015

Alexandre Gallo está fora da CBF e Dunga será o treinador do Brasil nos jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. Depois de 27 meses no cargo preparando a equipe para a medalha de ouro olímpica, o treinador deixa o cargo após o quarto lugar no Sul-Americano sub-20.

Assim, Dunga é quem vai assumir o time sub-23 na Rio-2016. Esta será a segunda oportunidade do treinador, que conquistou a medalha de bronze nos jogos de Pequim-2008. Em março, o treinador da seleção principal havia desconversado sobre a possibilidade de ir para sua segunda Olimpíada como técnico.

"A seleção sub-20 e a seleção olímpica têm um treinador, que é o Gallo. Estou muito focado no que é o meu trabalho [a seleção principal]. Não seria justo eu me pronunciar se aceitaria treinar a seleção olímpica quando já um treinador", disse Dunga, na ocasião.

A demissão de Gallo chega a causar surpresa, pois ele convocou no último dia 29 de abril a seleção brasileira que irá disputar do Mundial Sub-20. Já com o grupo formado, Mario Rogério Reis Micalle, técnico da base do Atlético-MG, vai assumir o comando do time às pressas - o Brasil estreia no próximo dia 31.

Gallo chegou à CBF junto com Felipão com o cargo de coordenador das categorias de base, substituindo Ney Franco. Durante sua passagem, ele treinou a seleção sub-15, sub-17, sub-20 e sub-23 e foi olheiro da seleção durante a Copa do Mundo de 2014. Ao todo, ele conquistou duas vezes o Torneio de Toulon e um Torneio Internacional da China.

O problema do treinador foram as competições oficiais: no Sul-Americano Sub-17 em 2013, o Brasil foi vice-campeão, com os mesmos nove pontos da Argentina, que venceu o torneio. No Mundial Sub-17, no mesmo ano, o Brasil caiu nas quartas de final, nos pênaltis, para o México.

O estopim para a demissão foi o quarto lugar no Sul-Americano Sub-20, no começo deste ano: o Brasil ficou atrás da Colômbia, Uruguai e da campeã Argentina, que fez seis pontos a mais que o time de Gallo, muito criticado durante o torneio por conta das constantes trocas no time titular (ele não repetiu nenhuma escalação) e do desempenho bastante abaixo do esperado.

Fonte: UOL


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...