Rússia defende plano de alojar algumas seleções da Copa de 2018 na Chechênia



30/04/2015

Os organizadores da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, defenderam nesta quarta-feira a possibilidade de algumas seleções participantes da competição se alojarem em regiões do turbulento Cáucaso norte, como a Chechênia, durante o período de disputa do torneio e da parte final de preparação para o grande evento.

Grozny, a capital da Chechênia, está em uma lista preliminar de sedes para as concentrações das seleções, apesar do fato de que ao menos 20 pessoas morreram em dezembro passado na cidade em um tiroteio entre policiais e milicianos islâmicos.

Outra possível sede para abrigar equipes é a Makhachkala, que fica na região vizinha do Daguestão, onde também há uma insurgência islâmica. Nos últimos anos, a Uefa obrigou o clube local Anzhi Majachkalá a jogar suas partidas em competições europeias em Moscou, tendo em vista os problemas de segurança em Makhachkala.

"Haverá inspeções, mas estou seguro de que haverá seleções que iriam preferir Grozny ou Majachkalá ou outras cidades onde tenham boas relações com os administradores (do Mundial)", disse nesta quarta-feira à agência de notícias Associated Press o diretor-executivo do Comitê Organizador Local da Copa de 2018, Alexei Sorokin, que enfatizou: "Temos todas as garantias das autoridades regionais de que a segurança será de nível máximo".

A cidades que abrigarão seleções têm de ser aprovadas pela Fifa, disse Sorokin, que enfatizou também que o processo de escolha das mesmas também está ligada à disponibilidade e qualidade dos hotéis.

A ideia de hospedar equipes nacionais que disputarão o Mundial em cidades como Grozny também conta com o apoio do ministro do Esporte, Vitaly Mutko. "Respaldaram a Grozny e eu gostei", afirmou a autoridade, em entrevista coletiva nesta quarta.

A Fifa disse à Associated Press, por meio de um comunicado, que a entidade e os organizadores russos "seguem o processo de elaborar uma lista de sedes de concentração para a Copa do Mundo de 2018" e que no momento "não está em condições de dar maiores detalhes" sobre o assunto.

(Estadão Conteúdo)  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...