Teste caseiro



29/01/2015

Após bater a França, em solo inimigo, Brasil enfrenta o Chile, em Londres, em prévia do que pode vir na Copa América

Após passar por um bom teste diante da França, vencendo, fora de casa, por 3 a 1, a seleção brasileira vai ter um raio X do seu próximo desafio oficial. Hoje, às 11h, horário de Brasília, o time do técnico Dunga enfrenta o Chile, em Londres, Inglaterra, em uma prévia do que vai ser encontrado na Copa América, que será disputada em junho.

Para essa partida, o técnico Dunga pode fazer mudanças na equipe, mais para realizar testes no time, do que realmente para consertar alguma coisa do bom jogo que o escrete canarinho fez no meio da semana.

Em função do pouco tempo de descanso entre os dois amistosos, Dunga deve promover algumas mudanças no time para o duelo com o Chile. O treinador ainda quer aproveitar para fazer observações antes definir a lista para a Copa América – a convocação sai em maio e o torneio começa em 11 de junho.

“Vou dar oportunidades a jogadores que estão vindo bastante à seleção, mas têm tido pouco espaço. Chegou a hora de dar espaço a esses atletas. Tem alguns que estão em final de temporada e, com a Copa América chegando, é preciso pensar neles”, declarou Dunga.

Na vitória sobre a França, o técnico apostou em Roberto Firmino (que elogiou) como substituto do lesionado Diego Tardelli ao lado de Neymar no ataque do Brasil. A surpresa ficou por conta da entrada de Elias no meio-campo, no lugar que seria de Fernandinho.

O último confronto entre Brasil e Chile, pelas oitavas de final da Copa do Mundo 2014, foi decidido apenas nos pênaltis. Depois de um empate, por 1 a 1, no Estádio do Mineirão, o lacrimejante time dirigido pelo técnico Luiz Felipe Scolari levou a melhor.

Empossado como treinador da seleção brasileira após o Mundial, Dunga está invicto desde que retornou ao comando do time nacional. Com 100% de aproveitamento, o ex-volante já ganhou de Colômbia, Equador, Argentina, Japão, Turquia, Áustria e França.

Chile

Em preparação para jogar como país-sede da Copa América, o Chile também entrou em campo na última quinta-feira e, jogando na cidade austríaca de Viena, acabou derrotado por 2 a 0 pelo Irã. Insatisfeito, o técnico Jorge Sampaoli pretende mexer no time.

O esquema 4-3-3, utilizado contra o Irã, deve ser trocado pelo 3-4-1-2. A tendência é que Arturo Vidal, poupado no último amistoso, comece como titular. Assim como Jaime Valdes, que jogaria no meio ao lado de David Pizzarro, utilizado apenas no segundo tempo do jogo de quinta-feira.

“Teremos uma linda partida contra o Brasil para superar a derrota e continuar a preparação para nosso desafio na Copa América”, declarou o respeitado Arturo Vidal, jogador da Juventus, escalado na derrota diante da seleção nas oitavas de final do mundial.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...