PORTO ALEGRE - 243 ANOS

Crédito: Divulgação

18/03/2015

A Prefeitura promove, entre 21 e 29 de março, a 56ª Semana de Porto Alegre. A data, em 2015, comemora os 243 anos de fundação da cidade e homenageia o centenário do cantor e compositor Túlio Piva. Mesmo natural de Santiago, onde nasceu em dezembro de 1914, Piva construiu sua vida e sua carreira artística em Porto Alegre, onde criou obras-primas da música popular brasileira, como “Gente da Noite” e “Pandeiro de Prata”. 

O tema da edição 2015 é o “Encontro”, e, entre os pontos altos da programação, está o tradicional Baile da Cidade, que este ano muda de local, para o Largo Glênio Peres, ao lado do Mercado Público: um “reencontro” com o coração da cidade. E, em meio a eventos culturais, como a apresentação da Ospa e da Orquestra Villa Lobos ou o show da cantora Gal Costa, no Araújo Vianna, o destaque fica por conta das entregas importantes que acontecem ao longo da semana.

No dia 26, a data do aniversário da cidade, será liberada para o trânsito de automóveis a elevada da III Perimetral sobre a Avenida Bento Gonçalves. Reata-se, assim, a ligação viária entre os bairros Partenon e Jardim Botânico: um “reencontro” entre as zonas Sul e Norte da cidade. No dia 27, a cinemateca do Capitólio será liberada ao público, depois de uma ampla recuperação, que resgatou alguns dos aspectos originais do prédio centenário: um “reencontro” com a História.  

E este é o espírito dessa Semana de Porto Alegre: promover o encontro entre as pessoas e os recantos mais queridos de nossa cidade... entre a arte e a cultura... entre os artistas e o seu público... entre as torcidas... entre o passado, o presente e o futuro da metrópole. Uma cidade que, se já tinha um lugar garantido no coração dos gaúchos, depois de sediar uma Copa do Mundo deixou milhares de corações partidos, pelos quatro cantos do mundo, todos a espera do próximo encontro. 

Confira a programação:

22  de março
Oh! Os Belos Dias - teatro adulto
Oh os belos dias. De Samuel Beckett. Peça em dois atos. Num deserto, sob um sol escaldante, uma mulher, enterrada até a cintura num monte de terra, dedica-se a suas tarefas cotidianas e fala sem cessar com seu marido. Com Sandra Dani e Luiz Paulo Vasconcellos. Direção e tradução: Rubens Rusche.
20h - Teatro Renascença
Entrada Franca

22 de março
Aprenda a Meditar
Meditação livre não-religiosa conduzida por Paulo Stekel (Pema Dorje), responsável pelo Projeto "Aprender a Meditar" e  - Lama Jigme Lhawang , diretor espiritual para o Brasil da Linhagem Drukpa do Budismo dos Himalaias. Focada em respiração, atenção e concentração que ajuda muito na redução do estresse, da ansiedade e da falta de concentração e atenção tão comum hoje em dia. Vários estudos científicos têm demonstrado os benefícios da meditação na redução da ansiedade, da dependência de medicamentos antidepressivos, no combate à drogadição e aos estados de ansiedade e depressão. 
Das 10h30 às 11h30
Pátio dos fundos do Centro Municipal de Cultura (em caso de chuva será transferido para área interna)
Entrada Franca

24 de março
Divulgação da Pesquisa Consumo Cultural 
Com Fátima Ávila, CPH-SMC; Prof. Caleb Faria Alves, IFCH-Ufrgs; Profa. Mariana Aydos, Fac. Senac, e Álvaro Santi, Observatório/SMC (GT da pesquisa)
A pesquisa Usos do Tempo Livre teve início em 2013, após a aprovação do projeto no Edital 3/2012 do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-RS) do Governo do Estado, que responde por 50% do seu financiamento, sendo o restante recursos próprios da SMC. Foram entrevistados em domicílio 1200 residentes na Capital, com 14 anos ou mais, sendo a amostra distribuída pelas 17 regiões do OP, e conforme cotas de idade e sexo. As perguntas respondidas dizem respeito aos hábitos de consumo de bens e serviços culturais, bem como outras alternativas de lazer existentes. No evento serão apresentados resultados preliminares da pesquisa que, após analisados em maior profundidade, irão dar origem a uma publicação, a ser lançada no segundo semestre.
Financiamento: Pró-Cultura RS (FAC) - Governo do Estado do RS   (obrigatório constar esta informação)
 2oh, Sala Álvaro Moreyra
Entrada Franca

27 de março
Cabaret Valentin - Circo
São diferentes linguagens artísticas que se reencontram para celebrar a arte, em um clima descontraído, numa atmosfera que remonta a Belle Époque, os personagens deste cabaré conduzem seu público de forma  lúdica e poética a interagir com o espetáculo e defrontar-se com situações inusitadas e irreverentes que trazem o caos e a desconstrução aos espetáculos tradicionais, finalizando num show com uma banda convidada, convidando o público para dançar.
Realização e produção: Circo Híbrido (Tainá Borges, Luís Cocolichio e Lara Rocho)
21h, Teatro Renascença
Entrada Franca

28 de março
Circo de Horrores e Maravilhas - teatro de rua
Farsa baseada nos tradicionais circos dos horrores do início do século passado, que exibiam pessoas 'diferentes' como objetos de diversão. O espetáculo reflete sobre a exclusão, de uma forma divertida e poética. A barbada, a gigante, as siamesas, são algumas das atrações internacionais que descortinam suas histórias.
Grupo Oigalê
15h30, Arquivo Histórico Moysés Vellinho
Entrada Franca

Viva Cores por Todo o Lugar - teatro infantil
A linguagem acessível mostra a vida de habitantes de uma rua muito diferente que descobrem a importância da amizade e do respeito às diferenças. Entre eles estão Boni, o jardineiro, Floriano com suas engenhocas e invenções, Minuano, o viajante e Poca que com seus desenhos, cria estranhos construtores que mudam toda a rua de lugar.
Grupo Ato Espelhado
Centro Cultural Vila Flores – Rua Hoffmann, 459 – Bairro Floresta
15h-  Brincadeiras com  a artista Eliane Bruél
16h-  Apresentação do espetáculo 
Entrada Franca

Um Guri Colorido - teatro infantil
Uma homenagem ao autor Carlos Urbim, com fragmentos de alguns espetáculos infantis que estiveram em cartaz nas últimas décadas no RS:  Uma graça de traça, de Dinorah Araújo, Piá Farroupilha, de Bob Bahlis, Um Guri Daltônico, de João Carlos Castanha, Um Menino chamado Carlos, do grupo Teatro Nó Cego e  Sacoletras, de Adriane Azevedo e Liane Schüler.  Apresentação do ator mirim Dênis Carvalho.
Direção: Bob Bahlis
Às 16h30, Teatro Renascença
Entrada Franca

29 de março
Orquestra de Brinquedos - teatro infantojuvenil
Orquestra de Brinquedos, projeto do premiado músico Yanto Laitano, apresenta um espetáculo músical voltado ao público infantojuvenil, com músicas inteiramente tocadas por instrumentos “de brinquedo”. Os músicos-soldados apresentam canções do folclore popular como Marcha Soldado, Pezinho, Peixinhos do Mar, Boi Barroso entre outras surpresas, em meio a divertidas performances interativas com os pequenos. Um espetáculo para todas as idades!
16h, Sala Álvaro Moreyra
Entrada Franca

Anjo da Guarda - teatro adulto
Homem contrata garoto de programa e propõe a ele que o mate. A proposta faz com que os 2 confrontem suas histórias de vida com final inesperado.
20h, Sala Álvaro Moreyra
Entrada Franca

Regiões Descentralizadas - ações gratuitas

Os Dez Mandamentos da Capital - teatro de rua
Retrata a saga de um bando insatisfeito com o modelo de cidade que aprisiona, angustia e coisifica sentimentos e afetos. Insatisfeito e movido por uma utopia, o grupo decide partir em busca da Terra Prometida, e lá, construir uma cidade ideal. No entanto, as coisas não saem como o planejado. As brigas pelo poder e a burocratização são os maiores obstáculos para a realização do sonho.
Grupo Povo da Rua
Lomba do Pinheiro (CPCA – Centro de Promoção da Criança e do Adolescente, Rua João Oliveira Remião, 4444, em frente a parada 10).

Mira - Extraordinárias Diferenças, Sutis Igualdades - teatro de rua
Bonecos Gigantes, livremente  inspirados nas obras do artista plástico Espanhol Joan Miró, representam estranhas formas de vida com  capacidade de mostrar a realidade de forma simples e simbólica. Relações lúdicas, corriqueiras sugerem o desprendimento da aparência real dos bonecos , nos fazendo mergulhar na nossa própria identidade.  Esta metáfora composta pela sutileza de contrastes de cada personagem, sugere  as diferenças com leveza,  cor, luz e poesia. Mirar estas figuras em situações tão puras e cotidianas, embaladas por uma trilha sensível e empolgante nos aproxima, nos faz  voltar a ser criança ou simplesmente nos traz um colorido a vida.
Duração: 40 minutos
Grupo De Pernas pro Ar
22 de março,  às 10h30, Ilha da Pintada (Praça Salomão Pires de Abrahão s/nº)
28 de março, às 16h, Ilha Grande dos Marinheiros ( Rua Santa Rita de Cássia, 56- em frente a Creche Tia Jussara)
Nova Chocolatão - 29 de março, às 16h




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...