Convocado, Robinho revela saudade de Neymar e quer 3ª Copa

Neymar e Robinho comemoram um dos gols da vitória sobre o Japão
Foto: Edgar Su / Reuters

05/03/2015

O atacante Robinho não escondeu a empolgação pela nova convocação para a Seleção Brasileira, anunciada nesta quinta-feira pelo técnico Dunga - o chamado causou polêmica e gerou críticas ao jogador no Twitter.

O camisa 7 santista confessou, inclusive, sentir saudades de Neymar, amigo pessoal e principal astro da equipe, e avisou que a idade não o inibirá de postular um lugar definitivo no grupo que disputará a Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia.

"É bom (reencontrar o Neymar), estava com saudade dele, pois só nos falamos por mensagens, por telefone, e faz tempo que não nos vemos. Jogar com ele não tem dificuldade nenhuma pelo talento que tem. Mas a saudade não é só dele, tem os outros companheiros e o fato de vestir a amarelinha", afirmou.

Neymar e Robinho afinaram relação durante a segunda passagem do campeão brasileiro de 2002 e 2004 pela Vila Belmiro, no primeiro semestre de 2010. Na ocasião, ambos lideraram o Santos aos títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil em uma das melhores equipes da história recente do clube. Além disso, nos bastidores, eram sempre vistos juntos.

A parceria aumentou com o início das convocações de Neymar para a Seleção. O craque do Barcelona, inclusive, sempre disse que Robinho é o seu ídolo de infância e que jamais será melhor que ele.


Dunga chamou jogadores para dois amistosos, contra França e Chile, que acontecerão em 26 e 29 de março, em Paris e Londres, respectivamente, mas já pensa na montagem do elenco que participará da próxima Copa América, que começa em junho, no Chile.

"O Dunga me conhece há muito tempo, fui campeão com ele de uma Copa América (em 2007), da Copa das Confederações (2009) e só não conquistei a Copa do Mundo (2010). Tenho potencial para estar na Seleção, agradeço a confiança dele e espero mostrar o meu valor", disse o atacante, antes de falar se acredita na possibilidade de disputar mais uma Copa do Mundo - ele já jogou duas, em 2006 e 2010.

"Claro que sim (posso disputar uma outra Copa). Sempre me cuidei bastante, a Copa (de 2018) é meu objetivo e o de todo o jogador. Eu nunca fui campeão do mundo, quem sabe não vai ser dessa vez", completou.

Fonte: Terra


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...