Recordar é preciso: Ronaldo de Assis Moreira (Ronaldinho Gaúcho)



Irmão do meia Assis, uma promessa de craque que chegou a ter bons momentos no Grêmio no final dos anos 80, Ronaldinho ganhou as primeiras chances no clube gaúcho em 1998. Em 1999, seu primeiro grande ano, virou dono da camisa 10 e marcou 22 vezes. Destacou-se tanto que chegou à seleção brasileira, fazendo, na sua estréia, um gol antológico nos 7 a 0 sobre a Venezuela, na Copa América.

No início da temporada 2000, vários clubes europeus ameaçaram contratá-lo. Apesar da disposição do Grêmio em mantê-lo, Ronaldinho assinou um pré-contrato com o Paris Saint-Germain. Após uma briga jurídica, que deixou o atleta cerca de seis meses afastado dos gramados, o meia voltou a atuar somente no segundo semestre de 2001 pelo time francês.

Os problemas extra-campo acabaram influindo na carreira do jogador na seleção brasileira durante as Eliminatórias. Com boas atuações nos amistosos que antecederam a Copa, porém, Ronaldinho Gaúcho iniciou o Mundial de 2002 como uma das estrelas do elenco e titular absoluto, formando a linha de frente dos "três erres", ao lado de Ronaldo e Rivaldo.

Seu melhor momento foi na partida contra a Inglaterra, quando deu passe para Rivaldo marcar o gol de empate da seleção e fez, de falta, o gol que acabou dando a vitória ao time. Na mesma partida, entretanto, foi expulso em razão de uma entrada violenta.

No ano seguinte, após uma disputa entre Manchester United e Barcelona, o jogador optou por jogar na Espanha. Ronaldinho liderou o Barcelona na conquista da Liga dos Campeões da Europa em 2006.
No entanto, a maré virou na carreira de Ronaldinho a partir da Copa de 2006, quando o Brasil fracassou na Alemanha. Todos esperavam que ele fosse o melhor jogador da Copa, mas só amargou críticas depois de suas exibições apáticas. Desde então, o astro caiu no Barcelona e passou por uma série de problemas físicos.

Para completar a má fase, perdeu o Mundial de Clubes de 2006 logo para o Internacional, antigo rival gaúcho. Depois de uma temporada de baixa na Espanha, Ronaldinho acertou a transferência para o Milan em julho de 2008.

Na Itália, teve dificuldades em sua primeira temporada, por não conseguir achar seu espaço ao lado de Kaká no ataque do time do Milan. Depois da saída do companheiro de seleção para o Real Madrid, Ronaldinho voltou a jogar bem e conseguiu reerguer sua carreira internacional.

Dados técnicos:

Nome completo: Ronaldo de Assis Moreira
Posição: Meia-atacante
Data de nascimento: 21/03/1980
Nacionalidade: Brasileira
Local de nascimento: Porto Alegre (RS)
Altura: 1,82m
Peso: 80kg
Estreia: Grêmio 8 x 0 Ortopé, em 18/01/1998

Clubes
Grêmio (RS): 1998-2000
Paris Saint-Germain (FRA): 2001-2003
Barcelona (ESP): 2003-2008
Milan (ITA): 2008-2010
Flamengo (RJ): 2011-2012
Atlético (MG): 2012-2014
Querétano (MEX): 2014

Títulos
Mundial Sub-17 (1997)
Campeonato Gaúcho (1999)
Copa Sul (1999)
Copa América (1999)
Copa do Mundo (2002)
Copa das Confederações (2005)
Campeonato Espanhol (2005, 2006)
Supercopa da Espanha (2006, 2007)
Liga dos Campeões (2006)
Campeonato Carioca (2011)
Campeonato Mineiro (2013)
Copa Libertadores (2013)

Feitos
Chuteira de Ouro - 1999 - Brasil
Copa das Confederações
Bola de Ouro da Fifa (artilheiro) - 1999 - Brasil
Copa das Confederações
Revelação do ano - 1999 - Grêmio
Campeonato Gaúcho
Revelação do ano - 1999 - Grêmio
Canal Sportv
Artilheiro - 1999 - Grêmio
do Campeonato Gaúcho com (15 gols)
Artilheiro - 2000 - Brasil
do Torneio Pré Olímpico (8 gols)
Melhor jogador do Mundo (Fifa) - 2004
Melhor jogador do Mundo (Fifa) - 2005
Bola de Ouro (melhor jogador da Europa) - revista "France Football" - 2005

Fonte: UOL


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...