Dunga curte folia e não vê problema que jogadores façam o mesmo

16/02/2015

Técnico da seleção brasileira esteve em camarote de uma cervejaria na Sapucaí neste domingo

Dunga curte Carnaval na Sapucaí 
(Foto: Jessica Mello)
Se o técnico pode, então os seus comandados também. Assim é a lógica de Dunga, treinador da seleção brasileira. Acompanhado da família - incluindo a filha Gabriela Verri, que ficou conhecida por ser a sua estilista durante a Copa do Mundo de 2010 -, ele esteve no camarote de uma cervejaria na Sapucaí, na noite deste domingo, para a primeira noite de desfiles do Grupo Especial. E diz não ver nenhum problema que os jogadores também curtam a folia nesta data do ano. Claro, sem exageros.

- Não vejo problema nenhum. Pode curtir, sim. Tem de ser feliz. Claro, só não pode exagerar - diz.Dunga chegou cedo, mais de uma hora antes do começo dos desfiles. Vestiu o abadá da empresa e usou como adereço um chapéu da mesma. Nesta segunda-feira, o carnaval será comemorado bem longe do Brasil. Estará em Paris. Segundo ele, a trabalho - porém, sem maiores explicações.

Questionado se acompanhou as partidas do Sul-Americano Sub-20 e se conversou com Alexandre Gallo, que ainda não tem sua permanência garantida pela CBF, sobre o desempenho (o Brasil foi quarto colocado; a campeã foi a Argentina), Dunga foi sucinto: "sim" e "não".

- Eu sempre acompanho tudo. Acompanhei (o Sub-20) também. Não falamos (ele e Gallo) - afirma, completando ainda sobre a possibilidade de ter algum jogador que possa ser aproveitado na equipe principal no futuro: 

- Claro que pode ter algum. Mas ainda tem muito tempo (até a Copa de 2018).

A seleção brasileira volta a campo apenas no fim de março. No dia 26, encara a França. Três dias depois, encara o Chile. Ambos por amistosos internacionais. A Copa América inicia em junho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...