Di María quer vencer Copa América para dar alegria aos torcedores argentinos

Di Maria quer conquistar Copa América e dar alegria à torcida argentina
Foto:  Reuters

10/02/2015

Meia lamenta não ter jogado a final da Copa do Mundo 2014, mas acredita no título da Argentina no Chile, em junho

O meio-campo do Manchester United Ángel Di María, que não disputou a final da última Copa do Mundo por causa de uma lesão, lamentou "as milhões de possibilidades desperdiçadas" por seus companheiros frente à Alemanha e desejou dar alegrias à torcida da Argentina na Copa América.

"Espero que as coisas ocorram da melhor maneira possível e que possamos dar uma alegria à Argentina de uma vez por todas. Eu gostaria de ganhar algo com a seleção principal. Já venci os Jogos Olímpicos e o Mundial Sub-20, mas seria muito especial fechar esse ciclo com uma Copa", afirmou o jogador em entrevista divulgada nesta segunda-feira pela Fifa.

"Acredito firmemente que as coisas acontecem por uma razão. Se foi vontade de Deus que eu não jogasse a final é porque eu não deveria estar lá. Os jogadores deram absolutamente tudo. Tivemos a chance de ganhar a partida e várias chances de marcar, mas a bola não entrou. Eles tiveram duas oportunidades: uma bateu na trave e outra entrou. Isso é futebol", acrescentou o jogador.

Apesar de respeitar a vontade divida e destacar o empenho dos companheiros de seleção, Di María acredita que a decisão contra a Alemanha poderia ter sido diferente caso estivesse em campo.

"Tanto Pocho (Ezequiel Lavezzi) como Léo (Messi) levaram a melhor sobre eles na velocidade. Eu acho que poderíamos ter tido um jogo diferente com alguém da minha posição. Eu tinha um bom entrosamento com o Léo (Messi) ao longo da Copa, mas isso é o futebol", analisou.

A Copa América, que será disputada no Chile em junho, dará a oportunidade ao grupo liderado pelo atacante do Barcelona Lionel Messi a oportunidade de dar alegrias à torcida argentina após a derrota na Copa do Mundo. Di María, contudo, destaca que vencer o torneio não será fácil.

"Será difícil. Temos vários times fortes, incluindo o Brasil, a Colômbia e o Uruguai. Espero que tudo ocorra bem e que, finalmente, nós possamos dar à Argentina algo para celebrar", afirmou.

O meio-campo também falou sobre a decisão de deixar o Real Madrid rumo ao Manchester United: "Fiz tudo o que tinha que fazer: ganhei uma Supercopa, a Copa do Rei, a Liga dos Campeões e o Campeonato Espanhol. Venci todos os títulos, exceto o Mundial de Clubes, porque eu já tinha deixado o Real Madrid".

Após quatro anos na capital espanhola, Di María achou que era preciso mudar de ares. E disse que jogar na Inglaterra era um sonho de infância: "Eu realmente queria jogar o Campeonato Inglês, que eu assistia desde criança todo sábado ou domingo antes de jogar pelo Rosário Central. Sempre foi um sonho e um objetivo meu tentar atuar no futebol inglês".

Fonte: Odia.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...