Marin diz que a Seleção vai se sentir em casa na Copa América do Chile

Foto: Divulgação

19/12/2014

O presidente da CBF, José Maria Marin, está com grande expectativa em relação à Copa América de 2015, no Chile. Para o mandatário, o Brasil vai se sentir em casa no país onde conquistou o bicampeonato da Copa do Mundo, em 1962. Marin também evitou apontar rivais mais difíceis para o Brasil.

- Quando o Brasil conquistou o título mundial no Chile, jogou como se estivesse em sua própria casa, com sua própria torcida. Sempre houve uma proximidade muito salutar em todos os sentidos com o Chile – disse Marin ao site oficial da Copa América Chile 2015 após o sorteio que definiu os grupos do torneio continental.

Confira a entrevista do presidente da CBF com o site oficial da competição:

Como vê o grupo do Brasil, com Colômbia, Peru e Venezuela?

José Maria Marin - Não existe hoje em dia, principalmente no futebol sul-americano, adversário fraco. Todos são fortes e com um outro objetivo também: todos querem vencer o Brasil, por ser o pentacampeão do mundo. Essa é a verdade.

A Colômbia é o adversário mais forte do grupo?

José Maria Marin - Não é a primeira vez que enfrentamos a Colômbia e sempre foram partidas disputadas. A Colômbia sempre teve junto ao futebol brasileiro o maior respeito. O Brasil encara todos os adversários com o maior respeito e preocupação. A Copa América será uma festa do futebol latino-americano.

Como vê o reinício de trabalho de Dunga?

José Maria Marin - O Dunga até hoje ganhou todas as partidas. E sofremos apenas um gol. Isso nos dá confiança pra ter um grande desempenho na Copa América.

O Brasil iria ser sede da Copa América 2015, mas passou a condição ao Chile por ser o anfitrião do Mundial e da Olimpíada...

José Maria Marin - Realmente cedemos a data de 2015 ao Chile. Sempre houve uma perfeita união entre Brasil e Chile. Quando o Brasil conquistou o titulo mundial no Chile, jogou como se estivesse em sua própria casa, com sua própria torcida. Sempre houve uma proximidade muito salutar em todos os sentidos com o Chile. Foi com muito prazer que, atendendo ao presidente Sergio (Jadue, da Associação de Futebol do Chile), não tivemos dúvida e concordamos. Voltaremos a ter a Copa América no Brasil em 2019.

O Chile está pronto para receber a Copa América?

José Maria Marin - Acredito que sim. O Chile tem uma potencialidade muito grande em todos os sentidos, e a torcida gosta do futebol. Nos estivemos aqui há muitos anos, é verdade, em 1962, quando conquistamos o bi mundial, e de lá para cá houve uma evolução muito grande, com excelentes praças esportivas. Tenho certeza absoluta de que não só o Brasil como todas as seleções se sentirão muito bem no Chile.

Fonte: O Povo

Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...