Fifa vai liberar relatório do Comitê de Ética das Copas de 2018 e 2022

Sepp Blatter é o presidente da Fifa (Foto: Sebastien Bozon/ AFP)

20/12/2014

Mas de antemão, Blatter garante Mundiais na Rússia e no Qatar

A Fifa divulgou nesta sexta-feira mais um comunicado em relação à polêmica com o seu relatório. Durante esta semana, Michael Garcia, advogado que elaborou o documento de 430 páginas para o Comitê de Ética, pediu demissão do seu cargo, já que o seu trabalho não foi divulgado, e ainda questionou a transparência da entidade. Agora, Joseph Blatter, presidente do órgão, decidiu mostrar o que tem em mãos. De qualquer forma, ele garantiu que os Mundiais serão nos próprios países.

A investigação é em cima das candidaturas de Rússia e Qatar para as Copas do Mundo de 2018 e 2022, respectivamente. Há a suspeita de compra de votos e corrupção. O relatório não ser divulgado de forma integral, para assim preservar o anonimato de algumas fontes.

- Sempre estivemos determinados em buscar a verdade, e que ela fosse conhecida - disse Blatter em seu comunicado.

- Isto é, afinal, o motivo de montarmos este Comitê de Ética independente, com uma câmara de investigação que tem todos os meios necessários para empreender investigações por sua própria iniciativa.

Inicialmente, a Fifa não iria divulgar o material, apenas o sumário. Trata-se de uma política da entidade. Mas Michael Garcia acabou entrando com uma apelação para o seu trabalho ser mostrado, o que foi negado. E então o americano acabou se demitindo, causando essa reação de Blatter.

Fonte: Lancenet

Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...