Fifa rejeita recurso sobre escolha das sedes das Copas de 2018 e 2022

Presidente da Fifa, Joseph Blatter anuncia Qatar como sede da Copa do Mundo de 2022 - AFP

16/12/2014

O comitê de apelação da Fifa considerou inadmissível o recurso do comitê de ética da entidade sobre a escolha das sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022. A decisão foi oficializada nesta terça-feira (16), e o órgão ainda orientou que responsáveis sejam punidos individualmente por irregularidades nos processos que definiram Rússia e Qatar como palcos dos eventos.

Em 13 de novembro de 2014, a câmara adjudicatória do comitê de ética da Fifa emitiu relatório de 42 páginas sobre o processo de escolha das sedes. O documento foi assinado por Hans Joachim Eckert, presidente do órgão, e concluiu que não houve irregularidades. Michael J. Garcia, presidente da câmara de investigação do mesmo comitê de ética, entrou com um recurso.

"O comitê de apelação da Fifa também lembra que o relatório feito pela câmara de investigação sobre o processo de candidatura das Copas de 2018 e 2022 não é um documento definitivo, em acordo com o artigo 68 do FCE [Código de Ética da Fifa, na sigla em inglês]. O texto tampouco cita violação de regra de pessoas acusadas e não contém nenhuma recomendação de sanção", escreveu a entidade, justificando a decisão tomada pela câmara adjudicatória.

Ainda de acordo com a Fifa, enquanto a câmara de investigação não apresentar uma versão definitiva e contundente do relatório, não há meios para encaminhar sanções previstas no FCE.

Fonte: UOL

Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...