Fifa confia na Rússia para organizar a Copa de 2018, afirma Blatter

28/10/2014

A Fifa confia nas autoridade russas para a organização da Copa do Mundo de 2018 e rejeita a ideia de que o conflito na Ucrânia seria motivo para boicotar a competição, afirmou o presidente da entidade, Joseph Blatter.

"A Fifa apoia de forma incondicional o Mundial na Rússia. Confiamos no país, confiamos em suas autoridades", declarou Blatter em uma cerimônia em Moscou para apresentar a logomarca oficial da Copa de 2018.

"Um boicote nunca terá qualquer efeito positivo. O futebol pode não apenas unir a Rússia, mas mostrar ao mundo que é mais forte que qualquer movimento de protesto", disse Blatter.

"Quando recebemos cartas da América do Norte (com pedidos para a retirada do Mundial da Rússia, NDR), respondemos que era futebol", completou.

Vários senadores americanos pediram em março a Blatter que retirasse a sede do torneio da Rússia em consequência do papel de Moscou no conflito ucraniano.

Blatter também se mostrou satisfeito com os avanços da Rússia nos preparativos para a Copa, que será disputada em 11 cidades do país.

"Posso dizer que, comparada ao Brasil, a Rússia está muito adiantada com o programa", disse o presidente da Fifa.

Blatter lembrou o sucesso dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, no início de 2014, apesar das críticas.

O dirigente também afirmou que não pretende acabar com a partida de disputa do terceiro lugar na Copa de 2018. Ele disse que considera os jogos "muito importantes e sempre espetaculares".

Também afirmou que a cerimônia de abertura pode acontecer um dia antes da primeira partida da Copa, ao invés de alguns minutos antes.

"É possível. Tentamos fazer isto na Copa de 2006 na Alemanha, mas não funcionou bem. Acredito que em 2018 a cerimônia acontecerá antes. Três estádios em Moscou podem receber a cerimônia de abertura", concluiu Blatter.

Fonte: Terra


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...