Dilma Rousseff vota ao lado de Tarso Genro na Zona Sul de Porto Alegre

Após o voto, Dilma e Tarso posam com Olívio | Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

06/10/2014

A presença da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) causou alvoroço na Escola Estadual Santos Dummont, no bairro Vila Assunção, em Porto Alegre. Após tomar café da manhã no hotel Plaza São Rafael, votou acompanhada do governador e também candidato do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), que votou no mesmo local, e do candidato petista ao Senado, Olívio Dutra.

Repórteres, fotógrafos e cinegrafistas de todo o país já se acumulavam na entrada traseira da seção 160 da zona de mesmo número, para aguardar a chegada de Dilma. Na frente da escola, alguns militantes empunhavam bandeiras do PT. Os candidatos petistas Adão Villaverde, Henrique Fontana e o presidente do PT gaúcho Ary Vanazzi estavam entre os que esperavam na frente da escola, e entraram no corredor para acompanhar Dilma em seu caminho até a urna.

Dilma votou na seção 160, no colégio Santos Dummont | Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Agindo com simpatia e tranquilidade, Dilma, acompanhada de Tarso e Olívio, caminhou pelo corredor sorrindo e cumprimentando as pessoas que votam na mesma zona eleitoral. Ela chegou às 8h45 na zona eleitoral 160 e levou cerca de um minuto para registrar seu voto.

A presidente posou para algumas selfies e entrou na sala com Tarso Genro, onde cada um votou em uma urna, simultaneamente após cumprimentar os mesários. As seções 160 e 36 foram colocadas na mesma sala para permitir que os dois candidatos votem juntos. Depois de votar, Dilma mostrou aos fotógrafos seu comprovante de voto, posou fazendo o “v da vitória” e se retirou pela mesma entrada por onde entrou.

Quando o carro preto onde a presidente se retirava, escoltado pela Polícia Federal, todos os que aguardavam na rua correram para tentar vê-la e alguns foram bem sucedidos, pois ela passou de janela aberta por alguns segundos. Quando o carro saía, houve um corre-corre de repórteres e militantes, que tentavam acompanhar o ritmo do carro.

Algumas das pessoas que foram votar na mesma sessão do que a presidente não sabiam que ela tinha acabado de passar por lá. Por outro lado, moradores da região e militantes em geral foram até o local só para vê-la. “Nós conseguimos ver a Dilma, mas já conhecíamos ela. Ela morava aqui na outra esquina”, contou Haroldo Britto, apontando em direção à rua onde a presidente morava com seu ex-marido. “Ela nos viu pela janela e abanou, sorriu”, relatou ele, que já trabalhou com Carlos Araújo , ex-marido de Dilma.

Após Porto Alegre, Dilma ruma para São Bernardo do Campo, onde acompanha o voto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e retorna para Brasília, de onde acompanha a apuração dos votos.

Apesar de ter nascido em Minas Gerais, Porto Alegre foi a cidade escolhida por Dilma em 1972 para reconstruir sua vida após passar três anos presa durante o regime militar. Na capital gaúcha, seu companheiro Carlos Araújo cumpria o final da pena e, após sua saída da prisão, ela continuou morando na cidade, onde teve seus primeiros cargos políticos, só se mudando para Brasília quando foi nomeada ministra por Lula.

Confira mais fotos de Dilma votando:

Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Fonte: Sul21

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...