Blatter: Ucrânia e Rússia podem ser separadas em sorteio da Copa-2018

29/10/2014

Durante lançamento do logo oficial do Mundial de 2018, presidente da Fifa reitera o apoio aos russos, que vão sediar o Mundial, apesar dos conflitos na região

Durante o lançamento do logo oficial da Copa do Mundo, nesta terça-feira, em Moscou, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, não escapou dos questionamentos sobre os conflitos na região. Indagado sobre um possível confronto entre russos e ucranianos no Mundial, o dirigente sugeriu que as duas seleções devem ser separadas no sorteio. As duas nações passam por momentos de tensão. 

- Você pode ter certeza disso – disse Blatter, em resposta a um jornalista que sugeriu a separação das duas seleções em eventual sorte da Copa do Mundo com os dois países.

Por ser o país-sede, a Rússia é a única seleção garantida no na Copa do Mundo de 2018. A Ucrânia terá de disputar as eliminatórias europeias. 

Joseph Blatter ainda rechaçou a possibilidade de boicote ao Mundial na Rússia e reiterou o total suporte da Fifa ao país, eleito como sede da Copa do Mundo de 2018.

- Um boicote nunca leva à nada e não tem efeito positivo. A Fifa apoia plenamente a Copa na Rússia. Quando recebemos as cartas dos americanos, respondemos que isso é futebol. Nós acreditamos no país (Rússia) e em seu governo. 

Blatter se mostrou preocupado com tensão na Rússia, mas reiterou o apoio ao país (Foto: AFP)

Em outubro a Europa presenciam tumultos em estádios por conta de problemas diplomáticos. Primeiro, em um confronto entre Sérvia e Albânia, um drone (equipamento guiado por controle remoto, semelhante a um pequeno helicóptero) com uma bandeira albanesa sobrevoou o gramado do Estádio Partizana, durante as eliminatórias da Eurocopa. Um jogador sérvio retirou a bandeira, e a atitude causou revolta nos jogadores albaneses, que reprovaram a ação do rival e partiram para a briga iniciando uma confusão generalizada no local. 

Na semana passada, em partida da Liga Europa, as torcidas de Slovan Bratislava e Sparta Praga protagonizaram uma briga generalizada Estádio Pasienky. A confusão foi parar no gramado aos 40 minutos primeiro tempo, e o duelo foi paralisado.

Rússia e Ucrânia vivem uma crise política desde o início do ano por conta de disputas territoriais. O conflito foi agravado justamente durante os Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi, em fevereiro. Existe a suspeita de que separatistas ucranianos pró-Rússia tenham derrubado um avião civil. O Estádio do Shakhtar Donetsk, na Ucrânia, foi bombardeado recentemente.

Projeto de estádio para a Copa do Mundo de 2018 (Foto: Getty Images)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...