Sem verba, desfile temático da Semana Farroupilha é cancelado

Carros alegóricos representam temáticas dos Festejos Farroupilhas 
(Foto: Daniel Bittencourt/G1)

24/08/2014

MTG não conseguiu captar recursos necessários para realizar evento.
Apresentações serão feitas com o desfile tradicional no dia 20 de setembro.

Ao contrário dos últimos anos, o desfile temático dos Festejos Farroupilhas não terá um dia exclusivo nesta edição. De acordo com o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), será realizado no dia 20 de setembro, juntamente com o desfile tradicional. Serão 40 minutos exclusivos para as invernadas e grupos de dança, a partir das 10h. As razões são exclusivamente financeiras, segundo o presidente da entidade, Manoelito Savaris.

“É uma notícia triste, mas priorizamos a sustentabilidade financeira dos Festejos e da entidade”, afirmou em comunicado oficial.

Normalmente, o evento reúne invernadas e grupos de dança dos principais Centro de Tradições Gaúchas (CTG) do estado na noite de 19 de setembro. Assim como um desfile de carnaval, conta uma temática e tem uma evolução pela avenida. Os participantes já estão com as coreografias prontas, os ensaios foram iniciados em maio. Além disso, nove carros alegóricos que foram desenhados para este ano não sairão do papel.

Três eventos são organizados pelo MTG em Porto Alegre em parceria com governo municipal e estadual. O primeiro, o Acampamento Farroupilha, tem apoio da prefeitura da capital, que fica responsável pela organização e estrutura do Parque Mauricio Sirotsky Sobrinho. São R$ 330 mil investidos no local.

Orçamento Festejos Farroupilhas  
- Desfile tradicional:governo estadual + MTG  
- Desfile temático:cotas de patrocinadores + MTG  
- Acampamento Farroupilha:prefeitura + MTG

Já o desfile tradicional, que ocorre no 20 de Setembro, é feito pela Fundação Cultural Gaúcha, na figura do MTG, e pelo governo do estado. Só que, como o desfile temático usa parte da estrutura do tradicional, por ser realizado na mesma avenida, os valores para construir iluminação, som e arquibancadas são rateados entre estado e município.

"A Secretaria Municipal da Cultura faz convênios com o MTG para realização dos Festejos Farroupilhas. Ficamos com a organização do Acampamento e o resto é captado a partir de patrocínios, pela renda do estacionamento, área de comércio e área de feira. Essas são as receitas que temos", afirmou ao G1 o coordenador de tradição e folcore da Secretaria Municipal da Cultura, Giovani Tubino.

A outra parte da arrecadação vem de patrocínios, que não foram vendidos. Com isso, o MTG se viu obrigado a cancelar a data exclusiva. Para que as invernadas e grupos de dança não sejam prejudicados, as apresentações ocorrerão junto com o desfile dos tradicionalistas e de cavalos, no dia 20.

"Os CTGs farão as apresentações sem os carros temáticos, já que estão ensaiando desde maio e junho. Não queremos perder o esforço de 900 a 1,1 mil pessoas", explicou Josemar Basso, responsável pela produção do desfile temático há pelo menos 10 anos.

A ideia de contar a história do Rio Grande do Sul na avenida surgiu em 2003. A partir da temática da Semana Farroupilha, que neste ano é "Sou do Sul", as performances são organizadas. "O objetivo era solidificar o evento em 10 anos. Talvez a gente tenha no ano que vem, se a prefeitura colocar no orçamento", apontou o produtor, que tem esperanças que a verba possa ser arrecadada até sexta-feira (22). "Teve um ano que produzimos 13 carros em 26, 28 dias", disse esperançoso.


Croquis dos carros alegóricos já haviam sido desenhados para o desfile 
temático dos Festejos Farroupilhas de 2014 (Foto: Divulgação/MTG)

Para o MTG, no entanto, não há chances que os croquis saiam do papel. Questionado pelo G1 sobre o custo para montar o evento, o órgão preferiu não se manifestar.

"Perde o municipio, o estado. Não é um evento cultural, é turístico também. Já estava trazendo turistas de outros estados para cá para assistir", lamentou Basso.

Já a Secretaria da Cultura acha difícil que, nos próximos anos, o valor para a realização da apresentação artística entre no orçamento dos festejos. A mudança no sistema atual de convênio garantiria que imprevistos não afetassem a realização do evento. "Acho difícil. Nossa verba vem para o acampamento exclusivamente. É um pleito bom, a justificativa está pronta, mas não podemos garantir", completou Tubino.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...