RS teve 52 cidades visitadas por estrangeiros da Copa

14/08/2014

O estado foi o terceiro do país em número de cidades visitadas. Os destaques foram Porto Alegre, Gramado, Torres e Novo Hamburgo

Além da cidade-sede Porto Alegre, outros 51 municípios gaúchos foram visitados por turistas estrangeiros durante a Copa do Mundo, conforme pesquisa do Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O Rio Grande do Sul foi o terceiro do país em número de cidades visitadas.

As quatro cidades mais procuradas pelos visitantes internacionais foram a capital gaúcha, Gramado, Torres e Novo Hamburgo. A pesquisa ouviu 10.513 pessoas em 12 aeroportos e 10 fronteiras terrestres brasileiras (cinco delas no RS).

O Rio Grande do Sul, assim como o Paraná, foi porta de entrada dos estrangeiros que viajaram ao Brasil por via terrestre, foram cerca de 15,4% dos visitantes. Desse percentual, 52,9% utilizaram o carro como meio de transporte, outros 24,2% usaram as linhas de ônibus regular e 10,3% ônibus urbanos regulares.

Porto Alegre foi a oitava cidade brasileira mais visitada pelos turistas internacionais com 11,1%. O Rio de Janeiro ficou em primeiro lugar com 70,7% e São Paulo em segundo com 43,3%.

Os estrangeiros que estiveram no país durante o Mundial, citaram 479 cidades brasileiras, além das 12 cidades-sedes da competição (total de 491). O principal meio de hospedagem foram os hotéis, flats ou pousadas, com 49% das preferências, seguido pela casa de amigos e parentes (15,1%) e imóveis alugados (11,9%). 

O índice de satisfação com a infraestrutura da cidade ficou acima de 90% em setores como segurança pública, serviço de táxi, limpeza e transporte. Itens como hospitalidade, diversão noturna, gastronomia e restaurantes também receberam avaliações positivas acima de 92%. Pelo menos 95% dos estrangeiros disseram que tem intenção de retornar ao Brasil.  

A movimentação de brasileiros também foi grande no país, conforme revela pesquisa do Ministério do Turismo a em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. O Rio Grande do Sul foi o décimo estado que mais emitiu viajantes para outros estados do país. Ao todo foram 113.208 gaúchos sendo 85.534 com perfil de turistas, por pernoitarem no local de destino, e outros 27.674 excursionistas, que viajaram para assistir ao jogo e retornaram ao destino de origem no mesmo dia. 

Entre os turistas nacionais que foram a Porto Alegre para assistir às partidas do Mundial, mais da metade (59,2%) era do próprio estado. Outros 12,7% vieram de Santa Catarina, 9,6% de São Paulo e 6,6% do Rio de Janeiro. Pelo menos 34,2% dos turistas domésticos usaram o carro como meio de transporte e 28,1% viajaram de avião. Ainda 32% usaram linhas regulares de ônibus. Já o meio de hospedagem mais usado dos brasileiros foi a casa de parentes e amigos com quase 61% das preferências.

Os turistas nacionais também avaliaram a infraestrutura turística de Porto Alegre. O estádio recebeu o maior índice de aprovação (96,6%), seguido pelo atendimento e receptividade (94,3%). A infraestrutura geral do aeroporto, as opções de hospedagem e o acesso aos estádios também receberam avaliações positivas acima de 92%. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...